Bem-vindo ao Blog Celso Branicio -

Pesquisar dentro deste blog

Crônica Dominical 30/03/2014 - Dicas e estratégias para você arrasar nos concursos (Celso R. Branicio)

Crônica Dominical 30/03/2014 - Dicas e estratégias para você arrasar nos concursos (Celso R. Branicio)

Caros colegas internautas eu inauguro neste domingo uma série de crônicas, contos e textos que sempre na medida do possível pretendo publicar todos os domingos para trocar ideias e experiências com vocês, todas as postagem de comentário serão bem vinda e enriquecerá ainda mais nossa discussão do tema semanal. 

Nesta semana vou reproduzir um comentário que fiz aos meus amigos servidores da Educação que fizeram prova neste domingo de Promoção do QAE, uma prova interna para promoção e que faz parte do plano de carreira deles.

Segue abaixo uma série de dicas que aprendi estudando e principalmente ralando nos concursos públicos que fiz até hoje, sempre fui promovido nos locais onde trabalhei e usando o conhecimento adquirido e o estudo para ser aprovado e subir de cargos, é claro que muitas vezes quebrei a cara outras vezes consegui passar em primeiro ou entre os primeiros, mas tudo serve como experiência para melhorarmos cada vez mais, eu fiquei um pouco estagnado nos últimos anos me dedicando a terminar a faculdade de Educação Física, mas agora estou de volta à vida de concurseiro, as dicas são apenas umas sínteses de várias outras, em breve postarei outras dicas de grandes profissionais do mercado e concurseiros experientes, mas segue abaixo minha humilde contribuição. 

Vamos às dicas: 

Procure dormir bem e comece pelas questões mais fáceis para ganhar mais confiança, se terminar antes do tempo, procure analisar uma a uma as questões em que teve dúvida e se for chutar faça estatística de quanto deu em cada opção e qual opção (A,B,C,D ou E) foi mais anotada e qual foi menos anotada, normalmente existe um certo equilíbrio.

Um exemplo, se temos 60 questões com cinco alternativas, então teremos em média 12 questões com cada opção (A,B,C,D e E), mas muitos elaboradores de prova costumam em alguns casos alterar este equilíbrio, então se tiver até 14 ou 10 em uma opção estará normal, acima disto ou abaixo disto dificilmente ocorrerá, e se ocorrer é porque você errou alguma questão e se houver um desiquilíbrio muito grande numa opção a mais ou a menos verifique as distorções, normalmente se tem 20 respostas com opção “A” neste exemplo de prova com 60 questões, e 20 respostas com opção “E”, por exemplo, certamente haverá grande possibilidade de que algumas repostas de ”A” na verdade serem “E”.

Veja que se você teve alguma questão com dúvida entre “A” e “E” e acabou anotou “A”, por exemplo, a resposta teoricamente deveria ser “E”, é claro que tudo isto é muito relativo, mas muitas vezes isto pode te orientar e ajudar na hora “H”, já cheguei a acertar uma questão de Direito no concurso do Detran e era a mais difícil daquele concurso, apenas usando esta tática e eu não sabia quase nada da questão.

Se houver prova à tarde, procure não comer nada pesado para não causar sonolência por causa da digestão mais lenta, coma alimentos bem leves de fácil digestão ou almoce bem mais cedo, procure também levar uma garrafinha de água para se hidratar e uma barra de chocolate se tem hábito de comer de 3 em 3 horas e de repente baixar sua taxa de glicose.

Outro detalhe importante verifique também o gabarito oficial com o rascunho e se são iguais, procure também marcar a lápis primeiro só no final passe para caneta quando tiver acabado ou se for daquelas questões cravadas que você tem 100% de certeza aí por estratégia é bom ir anotando em definitivo para ganhar tempo, mas se assegure de que tem certeza mesmo para não se arrepender depois, pois, normalmente não dão outro gabarito se errar.

Procure também no final analisar as respostas de seu caderno de questões com o que foi colocado no gabarito, muitas vezes nós fazemos a conferência do gabarito oficial com o rascunho só que podemos sem querer errar na transcrição do caderno de respostas para o gabarito rascunho, eu já perdi uma questão desta forma no último concurso que fiz e perdi 4 posições, mas como tinha muitas vagas não fui prejudicado, mas poderia ser a diferença entre ser aprovado dentro do número de vagas ou não, fiquem espertos e principalmente não tenham pressa.

Tire o dia apenas para o compromisso do concurso, esqueça outros afazeres e programas ainda que familiares, certamente eles vão compreender isto e é importante para você, a maioria das pessoas que saem mais cedo não vão estar entre as primeiras colocadas e se ficarem, pode ter certeza de que se utilizassem o tempo restante ficariam ainda melhores ou até em primeiro.

O tempo foi programado para vocês fazerem tudo de forma confortável em 4 horas, é claro que se não estudou nada, nem deveria estar fazendo a prova e aí de fato não adianta muito ficar até o fim, mas na média ainda que a prova esteja fácil, raramente alguém conseguiria fazer tudo e gabaritar em duas ou três horas, não se preocupe com os examinadores, eles são pagos para isto e se for o caso para ficarem até o término da prova, pense em responder todas as questões com segurança e fazendo tudo da melhor maneira possível.

Nunca se esqueça de levar o material estritamente permitido no concurso, caneta preta e azul se o edital permitir, assim como lápis e borracha se for permitido, relógios só analógicos e mesmo assim se constar esta permissão no edital.

Procure levar sempre mais de uma caneta, pois, se estragar poderá ser prejudicado ou no mínimo perder tempo.

Fique atento ao horário de fechamento dos portões, procure chegar antes, já perdi concurso por não ter Moto taxi na hora e eu havia me esquecido de reservar antes, já perdi um concurso em Rio Preto e outro em Ribeirão porque o motorista do ônibus da empresa de cursinho que eu usei não conhecia a cidade e chegou atrasado ao local e não pude fazer a prova, então seja prevenido e organizado para evitar tais incidentes, certamente em alguns casos isto não tem como prever, como estourar um pneu ou uma pane em veículo, mas sempre que possível temos de analisar a questão tempo de transporte e logística para não termos surpresas desagradáveis e não podermos fazer uma prova da qual poderíamos ser aprovados.

Analise o enunciado da pergunta, mesmo nas questões objetivas com múltiplas escolhas, não são as respostas que te interessa e sim as perguntas, parece óbvio, mas muitos caem nesta e se perdem nas opções de respostas sem terem entendido direito as perguntas, quando você vai fazer uma prova dissertativa aí você percebe claramente a importância de prestar atenção na pergunta, pois, não vai ter resposta para escolher, mas o que importa é analisar bem as perguntas, se teve dúvida anote e verifique no restante da prova se tem alguma outra pergunta semelhante sobre este tema, muitas vezes achamos a resposta como alternativa em outras questões.

Veja que tem provas em que isto ocorre duas, três ou mais vezes, mas na maioria ocorre pelo menos uma vez, raramente deixa de ocorrer e você acaba acertando mesmo sem saber quase nada sobre aquela questão, só na técnica e na lógica, normalmente elas estão no final e você só as vê quando já respondeu a pergunta, então pesquise rapidamente sempre.

Procure assim que for liberado fazer a questão dissertativa, não deixe de responder. Veja que na prova objetiva com múltiplas escolhas você pode encontrar questões que te ajude na elaboração da resposta, verifique questão por questão se tem alguma que falou sobre o assunto da prova dissertativa, se tiver e muitas vezes têm, procure não copiar com as mesmas palavras, mas interprete o que entendeu e escreva a resposta.

Em breve postarei mais matérias sobre este assunto, no próximo domingo postarei outro texto com o assunto mais relevantes da semana, espero que tenham gostado da matéria desta semana e até o próximo domingo.

Barretos, 30 de março de 2014.




Celso Rodrigo Branicio

Licenciado em Educação Física pela UnB e Pós Graduado em Análise de Sistemas pela Universidade Federal de Uberlândia-MG.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

POSTAGEM DE DESTAQUE

UnBHoje - 6 a 12 de novembro de 2020 (Universidade de Brasília)

  06 A 12 DE NOVEMBRO 2020 ANO 35 Nº 6212 ...