Bem-vindo ao Blog Celso Branicio -

Pesquisar dentro deste blog

Crônica Dominical 29-06-2014 – Professora de Guaira-SP é presa traficando drogas para aluna e deixa região perplexa diante da possibilidade da disseminação de casos como este

 Crônica Dominical 29-06-2014 – Professora de Guaira-SP é presa traficando drogas para aluna e deixa região perplexa diante da possibilidade da disseminação de casos como este

Esta semana nossa região foi surpreendida com a notícia da prisão de uma professora e seu filho em Guaira-SP, o fato ocorreu segundo a Rádio Cultura FM de Guaíra-SP na terça-feira 24/06/2014 a noite, onde a professora R.M.F., de 53 anos, e seu filho G.F., de 22 anos, moradores no Jardim Elisa, em Guaíra, foram presos acusados de tráfico de drogas.

A questão é que estas prisões foram frutos de uma investigação que começou na apreensão de uma menor de apenas 14 anos de idade que foi detida pela Policia Militar portando dois pinos de cocaina. Ao ser interrogada a menor alegou que comprou a droga da Professora.

Toda esta operação policial ocorreu na residência dos acusados, onde foi encontrada grande quantidade de maconha, distribuídas em 30 papelotes e houve uma quantidade ainda maior encontrada no vaso sanitário ond epelo visto estava sendo dispensado no momento em que foram presos.

A professora foi enviada para a Cadeia Pública feminina de Colina-SP e seu filho para a cadeia de Severínia-SP.

No momento o caso ainda está sendo investigado, existem pessoas dizendo que a professora é inocente e foi envolvida por causa do filho que dizem ser traficante, a verdade é que foram pegos com drogas em grande quantidade e existe o depoimento desta menor que alega ter comprado a droga desta professora.

Ainda que não exista uma condenação judicial em definitivo deles, tudo indica que esta professora de fato estava traficando drogas com base no resultado do trabalho da Policia Militar, mas o que deixa todos perplexos é o fato do envolvimento de uma educadora vendendo drogas a uma menor, imagina então quantos adolescentes e crianças podem ter comprado drogas através de sua Mestre, lamentável, pois, deveria estar transmitindo conhecimento e ajudando a formar o caráter destas crianças.

No meu ponto de vista a transmissão de valores é obrigação maior dos pais e da família como um todo, ainda assim os professores deveriam a priori ajudar no mínimo com bons exemplos, exatamente o contrário do que ocorreu aqui, sem contar os riscos de atos como este para o futuro de nossos jovens, onde profissionais da educação envolvidos diretamente com crianças e adoslecentes se aproveitando do fato de terem fácil acesso a eles passarem a trabalhar para o tráfico de drogas, isto poderá aumentar e muito o domínio que o narcotráfico já tem sobre menores, tanto levando eles ao vício e consumo de drogas tais como cocaína, maconha, cracks, etc. como a venda e também usando-os como sentinelas nas famosas "bocas de fumo", uma realidade triste e infelizmente presente na maioria dos grandes bairros em nossas cidades, se duvidam é só observar os grupinhos de jovens em algumas esquinas famosas.

Em Barretos eu tenho observado que uma matinha presente na entrada do bairro Nadir kenan e dos Prédinhos tem sempre uma grande quantidade de jovens vendendo drogas em qualquer horário e quando a policia chega saem todos correndo e avisando os demais comparsas "olha o bicho", realidade infelizmente presente  em vários bairros tanto de Barretos, Guaira como das demais cidades da região, afinal hoje em dia isto ocorre até mesmo nas pequenas cidades do interior.

O tráfico de drogas tem crescido muito na região e precisamos entre outros de mais policiais para darmos um basta nisto ou a nossa juventude estará seriamente comprometida, sem contar que leva também a prostituição infantil e o aumento da violência e assassinatos em nossa região, bem como ao aumento de furtos e assaltos para manterem o vício das drogas.

O que é mais grave é a falta de perspetiva de futuro destes jovens e de projetos sérios para tirá-los desta realidade, a principal aposta na solução de tudo isto é de fato a Educação e bons projetos, mas o poder público precisa ser mais duro e rápido na solução deste problema grave, um câncer em nossa sociedade, o governador Alckmin anunciou recentemente que criou um novo projeto de policiamento permanente em torno das escolas, visando combater o tráfico de drogas, se for um projeto oriundo de discussões junto a comunidade, ouvindo suas necessidades e realidades, pode até dar certo, mas normalmente projetos como este esbarram no fato de serem feitos de forma unilateral, impondo regras e condições que nem sempre condizem com a realidade de cada comunidade, só espero que desta vez tenham ouvido a população.
A Diretoria de Ensino de Barretos também tem tido um péssimo desempenho e deixado a desejar no que tange a termos um trabalho sério para combate a este problema através da Educação e este episódio com o envolvimento desta professora deixa isto bem claro, no mínimo existem sérias falhas que devem ser corrigidas, falta experiência a Dirigente de Ensino.

É um absurdo ver uma professora envolvida num crime como este, a profissão de professor é tida na maioria dos países como a mais importante entre todas, pois, toda profissão necessita do professor em sua formação, sem contar que a Educação é de fundamental importância na luta para mudarmos esta realidade cruel e se problemas como este se disseminarem geraria um caos, pois, o que poderia ser a solução do problema pode estar sendo usado para aumentá-lo ainda mais, porém, acredito que seja apenas um caso isolado, afinal temos uma grande maioria de bons educadores, e o magistério é um sacerdócio, uma profissisão de guerreiros, abinegados e  muito mal pagos e desvalorizados diante da importância estratégica que tem para a sociedade e a formação dos jovens e futuro da nação.

Só espero que este tenha sido um caso isolado e que os Professores possam ter salários e condições dignas de trabalho, mas não é por causa deste caso isolado que deixaremos de acreditar e valorizar o trabalho destes profissionais que tem grande importância no desenvolvimento de nosso país, ainda acredito que com a educação poderemos mudar nossos destinos e até reverter este quadro macabro de domínio do narcotráfico sobre nossos jovens.


Barretos, 29 de junho de 2014.


Celso Rodrigo Branicio
Conselheiro da APPP (Associação de Participação Popular na Política)
(Ex soldado da Guarda Civil de Guaíra-SP)
Licenciado em Educação Física pela UnB



Tags: Guaira, Guaira-SP, Polícia, Polícia Civil, Policia Militar, Geraldo Alckmin, Solange de Oliveira Belline, Dimas Narciso, Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, Diretoria Regional de Ensino, Diretoria Regional de Ensino de Barretos, Política, PSDB, PSDB de Barretos, Professores, Educadores, Magistério, Professor, Mestre, Drogas, Cocaína, Maconha, Crack, Tráfico de Drogas, Narcotráfico, Prisão, Cadeia Pública Feminina de Colina-SP, Cadeia Pública de Severinia-SP, Segurança Pública, Escola, Educação, Professora Traficante, Traficante, Menor Infrator, Drogado, Nóia, Drogadição, #psdb, #foratucano, #educação, #policia, #policiacivil, #policiamilitar, #drogas, #política.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

POSTAGEM DE DESTAQUE

UnBHoje - 6 a 12 de novembro de 2020 (Universidade de Brasília)

  06 A 12 DE NOVEMBRO 2020 ANO 35 Nº 6212 ...