Bem-vindo ao Blog Celso Branicio -

Pesquisar dentro deste blog

Crônica Dominical 28/01/2018 - MEU CALVÁRIO DE ASSÉDIO MORAL NO SAAE BARRETOS E DICAS PARA O NOVO CONCURSO COM 79 VAGAS

Crônica Dominical 28/01/2018 - MEU CALVÁRIO DE ASSÉDIO MORAL NO SAAE BARRETOS E DICAS PARA O NOVO CONCURSO COM 79 VAGAS

Na sexta-feira passada dia 26/01/2018 foi anunciado pelo Superintendente do SAAEB Silvio de Ávila em entrevista na Vale TV o novo concurso do SAAE Barretos com setenta e nove vagas para diversos setores esperado a muitos anos inclusive até mesmo na área administrativa, químico e os Auxiliares de Leitura que a população tanta reclama a anos, pois, desde quando foi terceirizado este serviço a cidade passou a ter um péssimo serviço com reclamações constantes de leitura mal feita. Veja a entrevista no vídeo do Youtube https://youtu.be/OF17Pfd-g7Y.


O Superintendente Silvio de Ávila fala no final da entrevista para a Vale TV (antiga Tv Barretos) que haverá estágio probatório e o concurso é aberto a participação de todos os cidadãos de qualquer lugar do Brasil como é de praxe nos concursos hoje em dia.


Estágio probatório, veja as Injustiças e o calvário de Assédio Moral que sofri No SAAEB:

No que tange a Estágio probatório na verdade todos os concursos da Prefeitura e concursos públicos em geral para ingressar na carreira pública seja municipal, estadual ou federal tem o estágio probatório de três anos e durante este estágio temos 6 avaliações e só é aprovado quem consegue aprovação em pelo menos 3 avaliações e na Prefeitura e na maioria dos concursos grande parte nem percebe isto, se a pessoa passou no concurso ela já está efetivada e com segurança e acima de tudo estável para o resto da vida, isto é uma realidade na Prefeitura de Barretos e em várias. Veja que algumas vezes até chegamos a perceber que em alguns casos tem servidores folgados e despreparados e que deveriam ser exonerados nesta fase de estágio probatório ou que o estágio fosse mais sério e não só para "inglês ver", mas são efetivados sem problemas nenhum, até acho que deveria se seguir a lei e ter alguma seriedade nisto, só que no SAAE a realidade é outra e existe claramente uma máfia instalada lá dentro e com uso político partidário e se você não for bem visto por eles, ou se não tiver "costas quentes" eles usam o estágio probatório como arma política e te persegue até te exonerar. 

Assédio Moral é CrimeEu reclamei como vários servidores de marmita com baixa qualidade da comida servida em 2014, chegamos a detectar e fotografar carne com bigatos, aqueles vermes de carne, salada com aquelas lagartinhas verdes e depois caramujos pequenos, fizemos um abaixo-assinado e enviamos para a Direção e eu fiz um requerimento reclamando com mais detalhes o caso e me puniram por protocolar o requerimento e por ter demorado alguns minutos na fila na hora do almoço para não prejudicar a fila da cidadãos que tinha lá e não ter privilégio, sem contar que me descontaram a parte da tarde e me puniram com uma advertência que perde muitos pontos na avaliação do estágio probatório e também por ter saído na hora do almoço e ido até a uma lan house que existia em 2014 na frente da Rodoviária imprimir o tal requerimento e na hora do almoço você faz o que quiser, mas lá não, para ganhar mais horas extras os chefes se tiver de fazer um serviço com 15 minutos a mais, eles colocam como hora extra e levavam todos para a sede do SAAE para almoçar e aí considerava duas horas extras, só que neste horário se você saísse do refeitório e do prédio do SAAE era considerado falta e fui advertido por isto e pela demora no protocolo do requerimento, aliás, um esquema criminoso de horas extras que hoje graças a orientações do Tribunal de Contas do Estado parece ter acabado ou pelo menos diminuído, os funcionários eram obrigados a isto e ganhavam pouco, mas os chefes boa parte com salários na faixa de R$ 10 mil ou quase isto tinham seus salários quase dobrados sem contar as horas extras dos finais de semana 20 hs que valiam por 35. 

Como eu fui Sindicalista da AFuse o Sindicato dos Servidores da Educação do estado de SP e Diretor da APPP - Associação de Participação Popular na Política e venho sempre criticando todos os erros da administração Municipal a cúpula desta máfia do SAAE resolveu me perseguir e fazer assédio moral contra mim, usando um chefe de equipe que estava para se aposentar e se sujeitou a isto no final de carreira para não ter sua aposentadoria atrasada. 

O SAAEB usa o Estágio Probatório como arma política para perseguir críticos e inimigos políticos do Prefeito e seus aliados. 

Eu sou a prova de tudo isto, pois, fiz o concurso de Auxiliar de Serviços Operacionais no final de 2013 e assumi o cargo no final de abril de 2014 e fui exonerado injustamente no começo de setembro de 2015, depois de me reprovarem nas 3 primeiras avaliações das 6 existentes, não adianta recorrer, trazer provas, eles fazem o que querem, a legislação que ampara é o plano de carreira de 2010 feito pelo Paçoca quando foi Superintendente lá criando vários dispositivos injustos e inconstitucionais.

Existe uma Comissão formada por vários servidores, só que no meu caso não tinha nenhum servidor da minha área para me avaliar, aí você fala mas é só pegar o relatório do chefe imediato, só que a legislação que o Paçoca fez e até hoje nada modificaram, não fala em relatório de chefe, servidores públicos só fazem ou deixam de fazer o que a lei manda, portanto, por lei não existe relatório de chefe imediato e aí como que uma comissão que não tem um servidor ou chefe pode me julgar e exonerar, aliás ninguém que tenha acompanhado meu trabalho que era externo realizado nas ruas, como pode estas pessoas dizerem se eu sou ou não competente ou incompetente, segundo uma delas eles me deram notas baixas a mando do engenheiro Leone Wilman Filho que na prática comanda a instituição e todos o classificam como "dono do SAAE" junto com o assessor financeiro do PSDB recentemente demitido Sebastião Ribeiro Filho das Finanças. 

Este engenheiro covarde, só porque não gostava de mim por questões políticas, resolveu me perseguir e orientar esta comissão formada muito mais para ajudar estes servidores e boa parte deles "peixinhos" dele a poderem ganhar 10% a mais no salário e conseguirem os super salários de marajás e alguns com mais de R$ 10 mil reais mensais ou próximo a isto e o líder desta comissão o chefe do RH Amilcar Vicentini Filho hoje ganha salário em torno de R$ 20 mil reais mensais por comandar o Departamento Pessoal, ainda que ele seja veterano e já vai completar a segunda sexta parte é muito grande seu salário para o cargo que ocupa, fruto de várias gratificações em cascata, são legais, mas imorais e inclusive com a participação dele nesta comissão de avaliação de estágio probatório que por lei ele não poderia participar.

Tribunal de Justiça do estado de São Paulo
Eu fui exonerado e levei o caso até a Defensoria Pública do estado de São Paulo que entrou com ação contra o SAAE em janeiro de 2016 e estamos aguardando uma sentença do Juiz para reintegração ao cargo e eles terão de pagar os salários destes dois anos e meio parado injustamente.

Processo Digital 1000287-83.2016.8.26.0066 - Procedimento do Juizado Especial Civil - Demissão Exoneração - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Comarca de Barretos - Foro de Barretos-SP.

Também foi exonerada injustamente uma colega minha a Carmélia Gomes de Oliveira que ocupava o cargo de Auxiliar de Serviços Gerais, a perseguiram principalmente porque ela cursa o curso de Serviço Social na Unifeb e algumas servidoras antigas que não tem nível superior e nem cursa faculdade resolveram perseguir a mesma e sabotar o serviço dela para passar a imagem de incompetente e chata só por orgulho e inveja e os Superiores ao invés de acabar com o assédio moral resolveram apoiar e dar margem a demissão dela e o caso está na Justiça também, no caso dela existe uma Auxiliar de Serviços Gerais veterana a Dinorá Neves e o cargo dela ainda tem a nomenclatura de Agente de Serviços Gerais, pelo tempo de serviço foi considerada como superior hierárquica, ainda que não conste como chefe de equipe e ela faz parte da Comissão de Avaliação de Estágio Probatório e segundo disse ela a minha amiga, a mesma não opinou nada contra a colega e que ela só teria assinado as avaliações tidas como dela mas preenchidas pelo engenheiro Leone Wilman Filho e que os demais membros desta Comissão de Avaliação de Estágio Probatório fazem o mesmo que ela, só assinam.

Fica claro que ela e os demais fizeram o mesmo comigo e o pior no caso da Carmélia é controverso se a Dinorá Neves é ou não superior a ela, mas no meu caso não, o cargo Auxiliar de Serviços Operacionais é tecnicamente superior ao cargo de Auxiliar de Serviços Gerais e mesmo que se classifique no mesmo nível juridicamente, a questão é que ela não é minha superior hierárquica e só pode julgar o servidor quem é superior hierarquicamente a ele e ela não é e estava impedida legalmente de me julgar e julgou junto com o Amilcar Vicentini Filho também impedido legalmente e até o engenheiro Leone Wilman Filho por todo o histórico de perseguições a minha pessoa agindo e articulando junto a seus subordinados que são meus superiores, o chefe imediato e o chefe dos chefes de equipes de rua, agindo assim como um inimigo e que claramente teria intenções claras de me prejudicar, todos me julgaram e ajudaram a me exonerar injustamente.

Logo Concurso Público SAAE Barretos de 2013
Eu fui um dos primeiros colocados no concurso SAAEB 2013 E passei em sétimo lugar e tínhamos 26 vagas na época, como duas pessoas desistiram de assumir na prática entrei como 5º colocado e só não fui o primeiro, porque na hora de transcrever uma resposta correta do caderno para o gabarito eu acabei copiando errado e também porque de todos os recursos que eu apresentei e com provas, não anularam nenhuma questão, mesmo apresentando perguntas copiadas da internet, perguntas de uma legislação com resposta de outra, se fossem anuladas todas eu certamente seria o primeiro colocado ou bem próximo a isto, não havia pela legislação nenhuma vantagem para os primeiros, mas merecemos pelo menos mais respeito e na prática só era respeitado quem tinha padrinho Vereador ou era amiguinho de servidores veteranos de lá, como este engenheiro e o ex assessor Sebastião Ribeiro Filho ou outros de alta hierarquia. 

Alegaram nas minhas avaliações que eu chegava muito atrasado, só que eu estava claramente sofrendo assédio moral, deixavam todos os Auxiliares de Serviços Operacionais que na prática é um Auxiliar de Encanador, aprender não só a fazer buraco, limpar canos, como o serviço de encanador junto com o encanador da equipe que normalmente era o próprio chefe, menos eu é claro, raramente me deixavam aprender um pouco deste serviço em pura perseguição e aí chegar atrasado para um inferno deste chega a ser normal, o problema é atrapalhar a comunidade, só que o expediente começa lá as 07hs30 e o trabalho nas ruas, as equipes saem às 08hs00 para não acordar as pessoas mais cedo e atrasos abaixo de 30 minutos jamais iria atrapalhar o atendimento ao público, porque estes 30 minutos era de café da manhã, ainda assim me descontaram todos os minutos atrasados e sendo que provei que todos estes minutos foram compensados, eu tinha meses em haver de minutos repostos em vários atrasos e em outras oportunidades em que eu não me importava em trabalhar alguns minutos a mais e não consideraram nada só para poderem descontar pontos valiosos e me reprovarem no estágio probatório, tudo planejado estrategicamente.

Eu tive um episódio elucidador quando eu já estava reprovado nas 3 avaliações do estágio probatório meados de 2015 e aguardando a publicação no Diário Oficial do Município, bem eu estava no RH quando um colega o Samuel da minha turma que entrou em 2014 e que estava negociando entrar nesta máfia de protegidos do SAAEB para melhorar o salário, ele perguntou se poderia fazer hora extra no plantão do final de semana (sábado 10 horas de 50% e domingo 10 horas de 100%) e depois descontar um dia falta durante a semana e uma servidora do Departamento de Recursos Humanos alegou que sim, então eu perguntei se eu poderia fazer o mesmo e ela concordou e eu fiz de fato e provei juridicamente, pois, o livro de ponto é eletrônico passando se um cartão digital e com câmera te filmando em cima, pedimos na Justiça os holerites destes servidores e de vários outros novatos protegidos e alguns veteranos considerados privilegiados os "costinhas quentes" e todos eles de janeiro a dezembro de 2015 utilizou este banco de horas em alguns meses, o que caracteriza que quem é protegido pode faltar e chegar atrasado quando quiser e nada é descontado, agora os desafetos e outros que não fazem parte do esquema, aí estes são penalizados e não podem usar deste banco de horas que segundo o SAAE não existe oficialmente e de fato não existe, mas na prática ficou provado que é usado para proteger os apaniguados e a maioria ligados a padrinhos vereadores que conhecem servidores poderosos dentro do SAAE, só me deixaram fazer porque não iria adiantar mais eu já estava demitido e de fato algumas semanas depois fui exonerado.

Se eles tivessem me permitido fazer isto antes e legalizassem este sistema eu não teria sido reprovado, apesar das notas baixas que me deram injustamente sem nunca terem me visto trabalhar o que também é grave e poderiam compensar abaixando ainda mais, mas aí tecnicamente ficaria mais difícil para eles.

Eu nunca vi em lugar nenhum do mundo algo assim, alguém te dar nota sem nunca ter te visto trabalhar e nenhum membro da Comissão me viu trabalhar um dia inteiro sequer, alguns certamente nem sabiam quem eu era e eu raramente encontrava eles, pois, ficávamos pouco tempo dentro da Sede por trabalharmos nas ruas.

Lutar não é crime - Perseguição Política contra Servidor PúblicoExiste lá dentro preconceito contra homossexuais, eu nunca fui e nem sou homossexual, não tenho nada contra quem é, mas plantaram um falso boato na "rádio peão" de que eu era gay e passaram a me discriminar e me isolar socialmente como se eu fosse um leproso até atrapalhando a execução de serviços; minha amiga de equipe por ser a mais jovem e tida como uma musa, entrou lá com 18 anos e hoje está com 22 anos alegaram que por sermos muito ligados que eu seria um pedófilo, quer dizer aí eu virei um super macho e tarado; havia também preconceito religioso, nada contra pessoas se aproximarem mais por serem da mesma religião protestante e terem mais afinidades, mas isto não pode atrapalhar o serviço e de fato houve momentos em que isto ocorreu e eu fui prejudicado por não ser crente como se isto me colocasse como uma criatura e um ser inferior; sem contar o uso de drogas e bebidas alcoólicas por parte de alguns servidores e alguns chegavam para trabalhar drogados, o que não tem sido combatido pela Autarquia que faz vistas grossas para tudo isto ao invés de exigir tratamento químico de forma compulsória conforme diz a lei e o próprio plano de carreiras e ao contrário faziam vistas grossas e até usavam estas pessoas como arma política para perseguir e excluir socialmente seus desafetos e eu fui atacado por tais pessoas.

Um problema grave que ocorreu lá foi que não fizeram provas práticas para atividades que dependem da força física o que é de praxe em vários concursos públicos. Auxiliar de Serviços Operacionais é um serviço que você tem de furar buraco, cortar placas de asfalto e usar picaretas, pás, enxadas, etc e dependem muito da força física e muitas mulheres e até alguns homens sem aptidão e preparo físico não conseguem executar com eficiência que o serviço exige e sem provas práticas não tem como apurar isto e assim baseado apenas na parte teórica várias pessoas foram aprovadas e não conseguiam trabalhar direito e não se adaptaram e a maioria das mulheres não conseguiram e aí colocavam elas mais para o serviço de anotações de cada tarefa, pegar ferramentas e atividades que não exigiam a parte física, atrapalhando assim a maioria das equipes que estavam com apenas 2 ou 3 pessoas e aí para resolver o problema resolveram promover todas as mulheres que estavam habilitadas para dirigir motos com carta habilitação "A" para trabalharem nas equipes de motoqueiros como encanadoras e ganhando por dirigir motos 35% a mais no salário de forma injusta com os demais servidores principalmente os homens e até algumas mulheres excluídas por não terem habilitação para dirigir motos e que são fortes e tem aptidão para atividades com força física, eles tem um serviço mais pesado e ganham menos, sem contar o desvio de função em uma espécie de promoção que é ilegal antes de cinco anos de serviço e que nenhuma delas e dos apaniguados homens que estão lá tem, pois, entraram à partir de abril 2014 e somente em abril de 2019 ou posterior terão.

Os Auxiliares auxiliam e dependem de um encanador por perto e no caso delas, ainda que fazendo serviços mais simples mas são serviços de manutenção em registros e hidrômetros de residências, teria de ser um encanador ou ter um por perto e não um auxiliar, pois, auxiliares legalmente dependem de supervisão que neste caso não existe. 

Temos também os caminhões e todos os servidores designados na base do QI ganhando percentuais a mais para dirigir e que também não tem critério claro para escolha, por lei todos que entram deveria estar habilitados, mas aí deveriam pagar a todos e dirigir quem tivesse mais experiência, mas não nem todos os aprovados tem habilitação "D" e alguns nem "C" e quem tem mais experiência nem sempre dirige os caminhões e sim apenas os peixinhos "costinhas quentes", por fim temos o problema de promoções ilegais para encanador ganhando bem mais e principalmente para chefe de equipe que ganha bem mais e as promoções só podem ocorrer depois de 5 anos, são os 3 anos do estágio probatório e mais 2 anos, quem entrou em 2014 só poderia chegar a ser promovido internamente em 2019 e muitos estão lá em claro desvio de funções ocupando cargos de chefia e ganhando o dobro dos colegas injustamente. 

Promoção IlegalNa minha equipe de reparos em encanações de água entrou um Auxiliar que é filho de um funcionário altamente graduado do sindicato da alimentação do Paçoca, quando ele entrou ficou claro que o projeto seria transformar ele em chefe de equipe em 6 meses, deram todas as chances para ele aprender rapidamente todos os serviços e ficava ainda mais contrastante comigo que faziam exatamente o oposto, só me deixavam fazer buraco e mais nada de forma a me humilhar, lamentável a atitude mesquinha deste meu chefe "Raimundo Donizete de Macedo" , bem o servidor Fabiano Aparecido da Costa entrou no final de 2014 e no começo de 2015 antes da minha exoneração ele já estava dirigindo caminhões e comandando equipes injustamente em claro desvio de função, ele é um servidor com aptidão para o serviço e que tinha tudo para depois de 5 anos conseguir a promoção de forma honesta, eu e várias pessoas o orientamos a isto, mas depois da promoção de vários colegas para chefe de equipes ele por fim se rendeu e aceitou o cargo, lamentável a forma amadora como administram esta autarquia como se fosse uma empresa familiar e medieval, pois, só promovem quem eles querem e na base do QI e não da capacidade técnica, por lei as promoções não podem ser baseado na pessoalidade e lá são feitas em sua maioria assim, aliás neste caso nem deveria haver promoção por não terem tempo hábil.

Um outro exemplo disto foi minha colega de equipe que está cursando hoje o último ano de Engenharia Química na UNIFEB, existe um cargo que agora deve entrar neste concurso que é exigido nível médio e conhecimento em química, fica claro que ela seria a pessoa adequada e seria bom para a Autarquia e para ela, só que não, e eu avisei ela para não entrar nesta fria, pelo menos não antes do tempo legal, pois, por lei promoções internas só podem ser feitas depois de 5 anos de serviço e na época em 2015 ela só tinha um ano de serviço, pois, meu chefe insistiu e mexeu os pauzinhos até ela ser promovida e desfalcando a equipe, e aí passaram se alguns meses e com várias reclamações de servidores veteranos que ficaram indignados com isto e horários especiais que eles e ela faziam lá, saindo mais cedo, resumindo acabaram retirando ela de lá e a humilhando, sendo que quem a colocou lá indevidamente foi co-responsável pela presepada toda, depois de tudo isto a promoveram para as motos junto com a maioria das mulheres, mas ela teve de sair e de forma justa da Estação de Tratamento do Pereira, pois, ainda não era a hora e depois numa promoção interna tem de ser feito um concurso interno e muitas vezes tem mais de um candidato por vaga e fica com a vaga o mais qualificado, mas tem de ser no tempo certo.

Estas vagas devem ser colocadas no concurso que vai regularizar estes problemas pontuais que estão alimentando o sistema de promoções ilegais baseados na pessoalidade e certamente estas promoções não são de graça na maioria delas se exige algo em troca é o velho fisiologismo desta política velha, suja e arcaica do toma lá dá cá e assim, Prefeito e seus Vereadores aliados se perpetuam no poder e alguns com 4 ou mais mandatos.

Plano de Carreiras do SAAE Barretos de 2010
Existe um outro problema que ocorreu quando o paçoca criou o Plano de carreiras em 2010, pois, havia na época uma gratificação de produtividade de 40% que era usada como arma política dando a seus apaniguados e retirando de quem os chefes não gostavam, muito bom e justo a atitude do Paçoca em tentar regularizar e estender a todos este benefício, só que não, pois, ele ao invés de fazer como o Guilherme fez dando aumento a algumas categorias e reajustando o salário base inicial da categoria, só que aumentando o padrão da categoria proporcional ao aumento dado, para que todos hoje e no futuro usufruem deste aumento valorizando as categorias.

No caso do Paçoca ele deu aumento para os servidores da época e mudaram o padrão deles para vários padrões acima do normal que conseguiriam seguindo a legislação e os tempos legais para promoção, mas manteve congelado o padrão inicial da categoria de forma injusta e hoje quem entrou em 2014 tem um salário 40% menor que quem entrou a menos de 5 anos antes e que deveria a priori ter o mesmo salário base, já reclamei e até hoje nada fizeram, o saudoso Sávio Baston ex Secretário do Prefeito nesta gestão antes de morrer conseguiu em inicio de 2016 criar uma comissão no SAAE para analisar o Plano de carreira e mudar a legislação, bem como dar a gratificação de R$ 200,00 para servidores que trabalham nas ruas, que os servidores da Prefeitura já recebem, mas até hoje não saiu do papel.

Não quero desanimar ninguém com este meu desabafo ao falar do que eu vivencie e verifiquei nos cerca de um ano e meio que trabalhei lá, o edital ainda não saiu, só quero que entrem na luta para mudar o plano de carreiras do SAAE que é diferente do plano de carreiras da Prefeitura, não pelas peculiaridades de cada cargo e profissão o que é normal, mas pelas injustiças e artigos inconstitucionais criados pelo Paçoca quando esteve lá e que até hoje não foram revogados ou alterados e nem feito outro Plano de carreira.

Temos de pedir a Defensoria Pública que já conhece os problemas do SAAE até pelo meu caso do qual tiveram que estudar e analisar muitos problemas pontuais lá que me afetaram, que a Defensoria possa exija mudanças de acordo com a Constituição e se corrija os graves problemas trabalhistas lá dentro.

Os salários são muito bons, cargos hierarquicamente mais baixos como os Auxiliares ganhando menos de R$ 2.000,00 mensais são pequenos, mas existem a possibilidade de horas extras nos finais de semana, insalubridade, serviços extraordinários eventuais e lá se paga as horas extras certinho e em dia diferente da Prefeitura, mas ainda que o salário não seja tão bom nos cargos mais baixos, ainda assim estão bem acima da média salarial da Prefeitura e se tem muito mais chances de promoção lá dentro e mesmo sem "costas quentes" é possível depois de 5 anos se conseguir promoções e temos servidores se aposentando com salários na faixa de R$ 6.000,00 ou mais, acima até do teto da previdência, ou seja, para se aposentar você é muito mais valorizado do que na maioria das Secretárias da Prefeitura. 

Temos agora a opção de ofertas de cargos na parte administrativa onde muitos cargos são raro se fazerem horas extras, não tem insalubridades, mas existe a possibilidade de 10% se participar de Comissões internas como licitações, promoções, CIPA, dirigir veículos, ser promovido a cargos superiores em concursos internos, etc., e em cascata isto tem dado salários astronômicos em alguns casos e na média pelo menos um salário digno.

Eu publiquei a média salarial do SAAE de 2015 divulgada pela Câmara Municipal após eu ter pedido ao vereador Adilson Ventura de Mello e na época era de cerca de R$ 9.000,00 mensais dos 150 servidores mais antigos e se considerasse os servidores mais jovens cerca de 50 totalizando cerca de 200 servidores no geral, a média era de R$ 6.000,00 e hoje com os aumentos de 2016 e 2017 e depois do concurso já estará em vigor o aumento de 2018, teremos de acrescentar a isto mais de 20% de aumento sobre estes valores.

Eu só espero que com o fim dos cargos de assessores com indicações políticas e até possível caixa dois como muitos desconfiavam e duvidavam desta média salarial, que sobre ainda mais dinheiro para pagar a pessoas que realmente trabalham e profissionais qualificados para a profissão.

Veja que existe uma chance muito boa da pessoa pelo menos se aposentar bem, fica claro que temos alguns exageros pela realidade dos servidores públicos em geral com uma turma de mais de 10 servidores ganhando bem acima de R$ 10 mil reais, mas mesmo dentro da legalidade e depois de tudo acertado e ficando dentro da lei, ainda assim se paga muito melhor que a Prefeitura de Barretos e um salário digno, principalmente nos cargos que se exige nível médio e superior, sem contar as possibilidades de promoções internas.


Temos de pedir ao Ministério Público ou Defensoria Pública que exijam algumas correções no Plano de Carreiras DO SAAEB antes que façam os Editais com as 79 vagas: 

1 - Comissão de avaliação de estágio probatório com a participação de chefe imediato ou pelo menos relatório do chefe imediato do servidor e devidamente regulamentado na forma como o fazer;

2 - Acabar com todos os cargos comissionados e vedar a indicação política de tais cargos e que os mesmos se forem necessários sejam ocupados por servidores efetivos e de carreira e com concurso interno devidamente regulamentado e com regras claras e justas, exigindo profissionais devidamente qualificados para tais cargos; 

3 - Reposição dos 40% no salário base de todas as categorias reajustando o padrão inicial devido a injustiça causada quando da criação do Plano de Carreira em 2010 quando foi incorporado a Gratificação de Produtividade a quem estava na ativa na época sem mudar o padrão inicial;

4 - Criar um projeto junto a CIPA para acabar com o assédio moral, perseguições políticas, discriminações de opção sexual, religiosas e qualquer tipo de preconceito e exclusão social atrapalhando o serviço e o atendimento a população e que vem diminuindo a produtividade e saúde mental e física dos servidores;

5 - Critérios claros para quem vai poder dirigir veículos como motos que hoje se ganha por lei 35% a mais no salário e os motoristas de caminhões. Que se exija habilitação para todos que vão entrar nestes cargos e aí todos ganham estes valores incorporados no salário ou como gratificação ou se for pagar só para quem de fato dirigir veículos, que seja criado regras claras quanto a escolha destes motoristas de forma técnica e justa analisando experiência anterior na função, tempo de carteira, etc e não baseado na pessoalidade como hoje com indicações nada técnicas e baseadas apenas nas indicações pessoais, políticas e de chefes e servidores altamente graduados;

6 - Acabar com todas as promoções indevidas e desvios de funções em todos os setores, principalmente de quem tem menos de 5 anos de serviços prestados e que nem deveria ter sido promovido e liberar tais cargos para o concurso ou fazer concurso interno e liberar as vagas restantes para o concurso depois dos realocamentos internos;

7 - Instituir regras claras de impessoalidade nas promoções e punição a chefes que não respeitar esta regra;

8 - Colocar provas de concursos e títulos com até 10% de pontos para quem tem tempo de serviço e títulos como Especialização, Mestrado ou Doutorado.

9 - Exigir provas práticas para cargos que exigem tais requisitos como os cargos que dependem de força física;

10 - Criação de um banco de horas, visto que hoje legalmente ele não existe, porém é feito por alguns servidores privilegiados ferindo a legislação que diz que não se pode haver pessoalidade no serviço público;



Considerações Finais

Lembrem-se o SAAEB é uma Autarquia e tem certa liberdade e autonomia na área administrativa e financeira em relação a Prefeitura, mas é um serviço público e segue as legislações públicas e não a CLT, são servidores estatutários e como tal devem seguir um estatuto que esteja em acordo com a Legislação do Setor Público e prevendo e corrigindo todos os problemas e distorções em todos os cargos. 

O SAAEB é de todos, as pessoas passam mas as instituições ficam, se hoje não é uma autarquia ideal, podemos conseguir que o seja da forma como o povo quer, com servidores e serviços de alta qualidade e a entrada de novos funcionários e novas idéias vai oxigenar esta Autarquia e podemos sim eliminar as máfias e problemas criados por vícios do serviço público e principalmente pela politicagem e uso político por partidos e alguns vereadores que a anos vinham segundo denúncias dos servidores mais antigos de lá e de alguns populares colocando assessores por indicações políticas por brechas no estatuto criado em 2010, principalmente nos cargos de assessores e felizmente resolvido depois da Autarquia atender a deliberação do Judiciário, foi uma feliz iniciativa a criação deste concurso e só espero que saibam fazer um edital correto e de acordo com a lei, ainda bem que pelo menos será feito pela VUNESP altamente honesta, mas precisamos exigir algumas mudanças no Plano de Carreiras para melhorar ainda mais o SAAEB para o futuro próximo.


Barretos, 28 de janeiro de 2018.



Pauta de Reivindicações do Concurso do SAAE de Barretos-SP 2018

Celso Rodrigo Branicio
Auxiliar de Serviços Operacionais do SAAEB (abril/2014 a setembro/2015 caso Sub Judice)
Licenciado em Educação Física pela UnB - Universidade de Brasília
Graduado em Processamento de Dados pela FISO (Faculdades Integradas Soares de Oliveira de Barretos-SP)
Pós Graduado com Especialização em Análise de Sistema pela Universidade Federal de Uberlândia-MG
Diretor de Eventos da APPP (Associação de Participação Popular na Política)
Ex Conselheiro Municipal de Saúde de Barretos-SP de 2006 a 2012 representando o segmento Usuários SUS pela AFUSE (Sindicato dos Funcionários e Servidores da Educação do Estado de São Paulo)





Tags: Barretos, SAAE, SAAEB, Política, Trabalho, Celso Branicio, Branicio, Politicagem, Exclusão, Promoção Ilegal, Isolamento, Assédio Moral, Sindicato, Sindicalismo, Prefeitura de Barretos, Guilherme de Ávila, Leone Wilman, Sílvio de Ávila,  Administração Pública, Marmitex, Homofobia, Justiça Trabalhista, Justiça Comum, Ministério Público, Defensoria Pública, Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Barretos, Barretos-SP, Judiciário, SAMU, Horas Extras, Leis Trabalhistas, Exclusão Social, Desvio de Função, Pessoabilidade, Costas Quentes, QI, Plano de Carreira, Abuso de Poder, Estatuto dos Servidores do SAAE Barretos, Auxiliar de Serviços Operacionais.




SAIBA MAIS:



Fonte: Vídeo da Vale Tv antiga Tv Barretos no Youtube - Canal da TVBARRETOS TVB

https://youtu.be/OF17Pfd-g7Y


Fonte das Ilustrações:
Assédio Moral - Sintfub
Lutar Não é Crime - Perseguição Política Contra Servidor Público - Contra Privatização



Lista dos atuais servidores do SAAEB:

Concurso SAAEB de 2013 - SAAEB BARRETOS-SP - HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES - EDITAL Nº 003/2013 - CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2013
https://celsorodrigobranicio.blogspot.com.br/2014/01/saaeb-barretos-sp-homologacao-das.html


SAAE - Portaria Nº 2.843 de 28/03/2014 - Nomeação de 3 Auxiliares de Serviços Gerais e 17 Auxiliares de Serviços Operacionais
https://celsorodrigobranicio.blogspot.com.br/2014/03/saae-portaria-n-2843-de-28032014.html




REQUERIMENTO Nº 629/2017 - REQUER OFICIAR AO SR. PREFEITO DE BARRETOS ENVIO DE PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR VISANDO INCLUIR NO SAAEB GRATIFICAÇÃO DE R$ 200,00 AOS SERVIDORES QUE ESPECIFICA


REQUERIMENTO Nº 629/2017 
 - RAPHAEL APARECIDO DE OLIVEIRA
REQUER OFICIAR AO SR. PREFEITO MUNICIPAL, SOLICITANDO INFORMAR SE É POSSÍVEL ENVIAR PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR VISANDO INCLUIR NO PLANO  DE  CARREIRA   DO  SAAEB  GRATIFICAÇÃO   DE   R$ 200,00 AOS SERVIDORES QUE ESPECIFICA.


REQUERIMENTO Nº 813/2017 - Vereador Raphael  Aparecido de Oliveira requer estudo para aumento salarial dos Auxiliares do SAAE passando do padrão 2 para 15 com 40% no salário base
http://celsorodrigobranicio.blogspot.com/2017/06/requerimento-n-8132017-vereador-raphael.html



42. REQUERIMENTO Nº 813/2017 - RAPHAEL APARECIDO DE OLIVEIRA

ATENÇÃO: o arquivo havia sumido misteriosamente da listagem de requerimentos logo depois da sessão da Câmara na madrugada de 06/06/2017, mesmo tendo sido todos requerimento aprovados e ninguém citou antes ou depois da votação de que este requerimento havia sido retirado, ou seja, estava na relação a ser votada e de conhecimento de todos vereadores e todos foram aprovados inclusive este, então reclamei junto ao Vereador Raphael Oliveira e agora já está disponível:

http://consulta.camarabarretos.sp.gov.br/Sessoes/Documento/306662

Link para baixar o arquivo no formato PDF no Google Drive:
https://drive.google.com/file/d/0B7OtVX9Y3N4kNDc1NU16WVRSX2RXUFhUVHBWZXoyR2ktODd3/view?usp=sharing



Ministro do Trabalho responde - A Dignidade do Trabalhador - Veja meu caso Celso Branicio no SAAE exonerado injustamente usaram de assédio moral e exclusão social.


Página curtida · 4 h ·

#TVTST Você já sentiu que teve sua dignidade ferida no ambiente de trabalho? Quais condutas podem afetar a moral do trabalhador? Quais são as punições cabíveis? Se você tem uma dúvida sobre o tema, envie sua pergunta nos comentários. As melhores perguntas serão respondidas por um ministro do TST. Participe!

Fonte: TST (Página no Facebook)




VEJA ABAIXO MEU RELATO PESSOAL ENVIADO AO MINISTRO:

EU SOFRI PERSEGUIÇÃO POLÍTICA, ME IMPEDIRAM DE APRENDER A PARTE TÉCNICA DE ENCANADOR, FORAM HUMILHAÇÕES DIÁRIAS, EXCLUSÕES E ATÉ BOATOS DE HOMOFOBIA, TUDO PARA ME HUMILHAR NO SAAE DE BARRETOS-SP E ME EXONERAREM, O CASO ESTÁ NA JUSTIÇA COMUM AGUARDANDO SENTENÇA.

Eu trabalhei de abril de 2014 até a setembro de 2015 no SAAE - Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Barretos-SP no cargo de Auxiliar de Serviços Operacionais (Auxiliar de Encanador) trabalhando em equipes de água e esgoto. Eu passei em concurso público em sétimo lugar e estava no estágio probatório de 3 anos, só que por ter perfil de sindicalista e reclamar de várias irregularidades na autarquia municipal do SAAE eles me reprovaram injustamente em três das seis avaliações do estágio probatório e me exoneraram. 

Eu era impedido de aprender as funções de encanador, meu chefe era um servidor veterano em final de carreira e que estava quase se aposentando e para não prejudicar a sua aposentadoria ele aceitou me perseguir e fazer assédio moral todos os dias e assim deixava todos aprenderem a função menos eu e assim me senti perseguido, humilhado e excluído, pessoas que entraram depois de mim ele ensinava e a mim não, só para humilhar. As perseguições políticas se devem ao fato de ter reclamado das marmitas que vinham com carne com bigato, aqueles vermes e nas saladas com caramujo e lagartas verdes, tudo porque as licitações estavam sobre suspeita de irregularidades, eu e vários servidores reclamamos e fiz requerimento reclamando daí me deram uma advertência só para descontar pontos da minha avaliação, reclamei do fato de que quem faz horas extras no final de semana tem de trabalhar 5 dias, mais 2 dias do final de semana e mais 5 dias da outra semana, ou seja, 12 dias direto sem nenhuma folga semanal. 

Ficou comprovado também em holerites reivindicados por vereadores de que havia servidores que injustamente faziam 130 horas extras por mês, enquanto quem não fazia parte da máfia de protegidos raramente conseguia fazer uma hora extra por mês. As promoções só podem ser feitas depois de 5 anos e com um ano já tínhamos pessoas trabalhando como chefes de equipe, encanadores, outros nas motos ganhando mais 35% em relação aos demais, alguns com esta estratégia chegaram a ganhar o dobro dos demais colegas e tudo apenas para quem tinha costinhas quentes e nada disto era oferecido a mim e alguns outros colegas que eles não gostavam, tudo pessoal, mesmo eu tendo sido um dos primeiros colocados no concurso e com duas faculdades e uma pós graduação, pura injustiça e exclusão social, chegaram a plantar boatos de que eu era gay e aí isto chegou a atrapalhar o trabalho, tinha servidor que tinha medo de trabalhar comigo como se eu fosse um gay tarado, tudo visando humilhar e me excluir. 

O caso está na justiça comum e estou aguardando uma sentença que deve sair dentro de um mês, ainda não foi requisitado pelo juiz a oitiva de testemunha e por causa disto estão pressionando e na prática coagindo minhas testemunhas, para que desistam de testemunhar a meu favor e para não repassarem informações atuais do serviço que continua com várias irregularidades trabalhistas e com um Plano de Carreira com várias regras inconstitucionais, como salário base 40% menor em relação a última turma de Auxiliares que entram antes de nós. 

Estão hackeando meu computador implantaram programas no meu computador no HD e também no roteador, já formatei várias vezes e agora estou tentando achar um técnico neutro e acredito que só em outra cidade para poder fazer uma perícia no meu computador e verificar o IP e MAC dos invasores, estão sempre tentando saber quais são meus passos para se anteciparem e anularem minha defesa. 

Eu fui demitido por causa principalmente de atrasos, só que repus e provei isto com os relatórios do livro de ponto eletrônico e não aceitaram com clara intenção de me reprovar na avaliação.

Existe na prática um banco de horas informal que todos os protegidos fazem e podem faltar e chegar atrasado quando querem é só descontar do saldo credor de horas extras, quando eu já estava reprovado 3 vezes e só aguardando publicação no Diário Oficial sobre a exoneração eu descobri no RH este esquema de compensação quando um servidor novato da minha turma estava negociando a entrada nesta máfia e proteção deles que alegaram na minha frente para ele que de fato poderia ser feito 20 horas extras no final de semana e descontar o dia destas horas extras proporcionalmente e assim foi feito para ele e eu pedi e permitiram para mim também, pois, já tinham conseguido o objetivo de me exonerara era questão de dias apenas, isto ficou claro no meu relatório do livro de ponto, requisitamos os relatórios dos servidores tidos como protegidos e aí até hoje nada. 

Descontaram até falta por ter sido ouvido em processo no Fórum, mesmo com atestado do Juiz de ter ido lá depor em processo e com o objeto e pé mesmo assim descontaram até um dia de nojo quando minha esposa faleceu, ela morreu as 18hs00 do dia 01/09/2014 e eu trabalhei o dia todo e fiz 2 horas extras na hora do almoço, não fui em casa almoçar e ela estava com problemas de saúde, havia vomitado de noite e não foi trabalhar e segundo o SAMU a hora da morte dela deve ter sido na hora do almoço e se eu tivesse ido almoçar em casa sem horas extras talvez ela ainda estivesse viva, só que consideraram este dia como sendo de nojo e seria 8 dias contando com este, sendo que trabalhei as 8hs e ainda fiz 2 horas extras (10 ao todo), fizeram este desconto só para me prejudicar e descontar pontos suficientes para me exonerarem e assim conseguiram me exonerar, tudo porque tem um engenheiro que comanda tudo e ele e seus amiguinhos na cúpula do poder se sentiram incomodados comigo, certamente deve haver muito mais irregularidades do que imaginamos, devido a esta reação, pois, só estava lá para trabalhar e me humilharam durante cerca de um ano e meio até me exonerarem.


Barretos, 13 de fevereiro de 2017


Celso Rodrigo Branicio
Ex Servidor do SAAE Barretos (abril/2014 a agosto/2015)
Cargo: Auxiliar de Serviços Operacionais



SAAE Barretos-SP necessita de novo Plano de Carreira, Comissão de Avaliação julga e exonera servidores sem ter um só membro que tenha visto tais servidores trabalhando, pura perseguição política e caça as bruxas.
http://celsorodrigobranicio.blogspot.com.br/p/saae-barretos-sp-necessita-de-novo.html


Relação dos holerites de todos os servidores do SAAE no mês de Outubro de 2015 - Com alguns dos maiores marajás do serviço público municipal de Barretos-SP e a maior média salarial 



Link direto para visualizar os arquivos no ISSUU: 
http://issuu.com/celsorodrigobranicio/docs/rela____o_dos_comprovantes_de_pagam?e=11297995/34443322 

Fonte: Informações dadas pelo SAAE para a Câmara Municipal de Barretos em resposta a requerimento do Vereador Professor Adilson Ventura de Mello. 

Link para baixar o arquivo com todos holerites dos servidores do SAAE em outubro-2015 em PDF:
https://drive.google.com/file/d/0B7OtVX9Y3N4kUE1oYkRQM0R6NFE/view?usp=sharing


Resposta do SAAE Barretos ao Requerimento 288/2016 do Vereador Euripinho (Câmara Municipal) sobre gratificação de R$ 200,00 extensivo aos servidores do SAAE  (terça-feira, 12 de abril de 2016) 
http://celsorodrigobranicio.blogspot.com.br/2016/04/resposta-do-saae-barretos-ao.html


DISPÕE SOBRE A REESTRUTURAÇÃO ADMINISTRATIVA DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE BARRETOS - SAAEB E DÁ PROVIDÊNCIAS CORRELATAS. 
http://legislacao.barretos.sp.gov.br/camver/leicom/00125.doc

Estatuto dos Funcionários Municipais da Prefeitura de Barretos


Lei Complementar Nº 68/2006. Dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do município de Barretos e dá outras providências. 


Lei Orgânica do Município de Barretos.
Disponível em: http://barretos.sp.gov.br/legislacoes


Lei Nº 1.300, de 23 de dezembro de 1971. Cria o Serviço Autônomo de Água e Esgoto e dá outras providências.
Disponível em: http://www.saaeb.com.br/legislacao.htm


Lei Complementar N.º 73, de 10 de outubro de 2006. Institui o Plano Diretor do município de Barretos e dá outras providências.
Disponível em:  http://www.saaeb.com.br/legislacao.htm


Lei Complementar N.º 125, de 08 de março de 2010. Dispõe sobre a reestruturação administrativa, institui novo plano de carreiras, cargos e salários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Barretos - SAAEB e dá providências correlatas. 


REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA
RESOLUÇÃO N.º 295, DE 29 DE JANEIRO DE 1991 


LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO
(com as alterações impostas pelas Emendas n.ºs 01, de 04/12/1990; 02, de 14/04/1992; 03, de 04/08/1992; 04, de 02/02/1993; 05, de 23/03/1993; 06, de 06/04/1993; 07, de 04/05/1993; 08, de 28/09/1993; 09, de 17/11/1993; 10, de 28/12/1993; 11, de 08/03/1994; 12, de 28/06/1994; 13, de 10/09/1996; 14, de 24/09/1996 (sofreu ADIN); 15, de 10/12/1996; 16, de 05/08/1997; 17, de 19/08/1997; 18, de 16/09/1997; 19, de 07/04/1998; 20, de 21/09/1999; 21, de 06/02/2001; 22, de 27/03/2001; 23, de 29/05/2001; 24, de 24/09/2002; 25, de 30/04/2009; 26, de 27/05/2010; 27, de 08/11/2010; 28, de 29/02/2012; 29, de 24/04/2012; 30 de 21/05/2015; 31, de 11/05/2017 e 32, de 27 de outubro de 2017).


PLANO DIRETOR
LEI COMPLEMENTAR N.º 73, DE 10 DE OUTUBRO DE 2006


CÓDIGO DE POSTURAS
LEI N.º 2.109, DE 23 DE JULHO DE 1987


ESTATUTO DO FUNCIONÁRIO PÚBLICO
LEI COMPLEMENTAR Nº. 68, DE 03 DE JULHO DE 2006.


PLANO DE CARREIRA DO MAGISTÉRIO
LEI COMPLEMENTAR N.º 300, DE 23 DE MAIO DE 2016


PLANO DE CARREIRA DA PREFEITURA
LEI COMPLEMENTAR N.º 156, DE 20 DE JUNHO DE 2011


Leis e Projeto na Câmara Municipal de Barretos


Pesquisar Projetos, Requerimentos e Indicações na Câmara Municipal de Barretos


Pesquisar as Leis Municipais e Outras Propostas já Aprovadas na Câmara Municipal de Barretos



Folha de Barretos-SP - Diário Oficial do Município de Barretos-SP
2018 - 2017 - 2016 - 2015 - 2014 - 2013 - 2012 - 2011 - 2010 - 2009 - 2008




Nenhum comentário:

Postar um comentário

POSTAGEM DE DESTAQUE

UnBHoje - 6 a 12 de novembro de 2020 (Universidade de Brasília)

  06 A 12 DE NOVEMBRO 2020 ANO 35 Nº 6212 ...