Bem-vindo ao Blog Celso Branicio -

Pesquisar dentro deste blog

Crônica Dominical 25/05/2014 – O uso politiqueiro da Copa do Mundo de Futebol, a Copa das Manifestações

Crônica Dominical 25/05/2014 – O uso politiqueiro da Copa do Mundo de Futebol, a Copa das Manifestações - Foto da Memeful.com que circula nas redes sociais 

Caros colegas a Copa do Mundo se iniciará em 12/06/2014, ou seja, a menos de três semanas, portanto, estamos bem próximos e já estamos vivenciando na prática os balões de ensaios do que poderá ocorrer de fato durante este importante evento em nosso país e ao que tudo indica teremos inúmeras greves e principalmente passeatas agressivas e destrutivas organizadas entre outros pelo MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), black blocs e quem são estes black blocs senão pessoas basicamente contratadas e manipuladas por partidos políticos sem ética nenhuma que visam o caos total e a desordem em nosso país, com depredações e saques a lojas, se aproveitando da presença maciça da imprensa internacional e o fato de que neste período o Brasil será o foco do mundo em se tratando de noticiário internacional.

É verdade que se trata de uma estratégia de guerrilha a lá Arte da Guerra pura, no velho estilo de Sun Tzuo, só que o que tem por trás não é nada nobre e não tem nada de ético ou fair play, de guerreiro de verdade só fica o nome, lamentável que aqui não se preocupam com o desgaste da imagem do Brasil no exterior, no fundo só frisam desestruturar o PT (Partido do Trabalhador) e a candidatura da Dilma Rousseff, lamentável.

Esta turma quer a todo custo causar perda de votos da grande candidata a Presidente do Brasil, uma pena que claramente sem nenhum fair play, estão usando de jogo sujo mesmo, certamente temos como suspeito de estar por trás disto o PSDB e outros partidos interessados na derrota dela e há indícios de estarem por trás desta articulação toda e o duro é que sem nenhum cuidado com a imagem do país e os prejuízos que poderão causar a nação, ao patrimônio público e a empresários que investem no país, sem contar a manipulação clara da opinião pública que a curto e longo prazo só vai piorar a imagem dos políticos e da política em si na população, lamentável.

Eles querem passar a imagem de que a Copa do Mundo só deu prejuízos e que o país deveria usa estas verbas para a Saúde e Educação, discurso muito bonito e aparentemente politicamente correto, mas é só pensar um pouco, se tudo isto é verdade, porque só agora é que vão tomar atitude e lutar contra esta situação, afinal a construção dos estádios da copa do mundo e as licitações superfaturadas começaram há mais de cinco anos ainda na gestão do Lula, período este que aí sim deveriam ter lutado para não se gastar estas verbas na Copa como defendem hoje, mas não o fizeram naquela época, deixaram o bonde passar e simplesmente porque no fundo estão pouco se importando com isto, não existe nada de altruísmo na atitude deles, afinal, na época não existia os holofotes da imprensa internacional em cima do Brasil, no fundo só querem se aparecer e colocar em evidências a incompetência do governo Dilma do PT e se lançarem como solução e salvadores da pátria, quando no fundo só querem também explorar o povo.

O fenômeno que começa a ocorrer, já teve um grande balão de ensaio em junho de 2013 durante a realização da Copa das Confederações da Fifa, devido a grande presença da imprensa internacional. Na verdade o que querem é fazer com que a popularidade da Dilma caia drasticamente a poucos meses antes da eleição e no ano passado após os inúmeros protestos de fato causaram a diminuição rápida dos índices de popularidade dela que despencaram após os protestos, houve de fato uma pequena recuperação cerca de um ano depois, mas se tiver uma grande queda novamente isto pode ser fatal as pretensões dela e do PT de haver uma reeleição, estão se preparando, prometendo o Exército nas ruas, a Polícia Federal e cogita-se até parceria com o FBI a Polícia Federal Americana para tentar conter a prometida tsunami de protestos e greves durante a Copa, pelo menos nas cidades sedes da Copa do Mundo. O pior é que se houver mortes e repreensão violenta as coisas tendem a piorar para o lado da Dilma politicamente falando, devido aos Direitos Humanos e impedimento da livre expressão e com a imprensa internacional registrando e documentando tudo.

Ficou claro que em 2013 muitas das reivindicações eram justas, eu mesmo até saí nas ruas, mas poderiam ter sido feitas em outros períodos e muito antes, eu sempre participei todos os anos de protestos e passeatas da Afuse e Apeoesp (sindicatos da Educação da rede estadual de educação de SP) em eventos em Barretos, São Paulo e muitos colegas até em Brasília lutando pela Educação.

A questão é que nem todos participantes eram em junho/2013 black blocs e não existia um comando central nestas reivindicações, mas ficou claro que quem as estimula e organiza de forma indireta são pessoas ligadas a partidos políticos, isto ficou bem nítido meses depois com a morte de um cinegrafista da Band recentemente atingido com um rojão numa manifestação.

Eu não votei na Dilma, antes havia sim votado no Lula como a maioria da população, mas já sabia que ela não tinha competência para governar o país e não votarei nela para ser reeleita, pois está afundando o país, mas nossas opções atuais de prováveis candidatos a Presidente da República com Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), são péssimos e não mudarão o atual quadro do país com corrupção, subida da inflação e piora da qualidade de vida do brasileiro, porém, ainda assim, mesmo torcendo para a popularidade da Dilma cair e o PT trocar ela pelo Lula, ou ver ela amargar uma grande derrota, provavelmente no segundo turno para um provável candidato melhor que estas possíveis candidaturas ventiladas hoje, a verdade é que temos sempre de sermos honestos e justos, o fair play o famoso jogo limpo tem de existir sempre, nem todo fim justifica os meios desonestos e perigosos a nação que estão pretendendo usar e até já começaram a colocar em prática.

A argumentação principal desta turma de que estes recursos da Copa deveriam ser usados na Saúde e Educação, não são argumentos fortes e foram derrubados na semana passada com a divulgação de pesquisa séria que deixa claro que tudo que se gastará com a Copa equivale aos gastos em educação pública de apenas um mês, então fica claro que não se justifica toda esta revolta em torno disto, pelo menos não agora, onde o dinheiro até já foi gasto.

O que temos de lutar é contra a mania de se fazer licitações superfaturadas com indícios claros de desvios de verbas e caixa dois de partidos ou deixar tudo para a última hora para se justificar a contratação emergencial e assim burlar as regras de licitação e contratar mais facilmente empresas de esquemas.

Nós temos de aumentar os recursos da Educação e Saúde, mas acima de tudo exigir mais seriedade no uso destas verbas públicas e mais transparência, afinal não adianta nada aumentar as verbas e elas saírem pelo ladrão e escorrerem pelo ralo da corrupção ainda muito forte em nosso país.

Se não fosse os desvios e se as verbas públicas de fato e de direito fossem bem administradas, na teoria não faltaria recursos para a Saúde e Educação ainda que mereçam percentuais maiores dos orçamentos, o problema maior é que na prática estes valores destinados a estes setores evaporam antes de chegar a seu destino final e aí faltam medicamentos, leitos em hospitais, remédios, sem contar que temos professores e servidores com péssimos salários, escolas sucateadas, etc.

É verdade que a Fifa é que será a grande beneficiada com a realização da Copa e as isenções fiscais que teve, mas teremos sim o legado de grandes obras como estádios que poderão ser usufruídos após a Copa do Mundo, melhorando a qualidade de vida dos torcedores e incrementando o futebol em nosso país, teremos ainda a herança de obras de infraestrutura, ainda que algumas como o tão esperado trem-bala e reformas de aeroportos e estradas não tenham sido finalizadas ou sequer iniciadas, mas se não tivermos a Copa do Mundo agora aí ficaremos apenas no prejuízo do dinheiro já gasto na construção dos estádios e olha que são bilhões.

Com a realização da Copa teremos o retorno financeiro de, pelo menos, em parte com a presença de turistas, usando as redes hoteleira, restaurantes, transportes, serviços, etc. e com o pagamento de impostos embutidos em tudo isto (ICMS, ISS, IPI, COFINS, etc.), teremos então até mesmo retorno em parte em impostos, ainda que pequenos, mas, pelo menos, o setor de turismo ganhará sim um retorno razoável com a realização da Copa do Mundo e recuperaremos parte dos valores já investidos nos estádios, só lamentamos a construção de verdadeiros elefantes brancos como o estádio feito em Manaus, escolhida politicamente e numa cidade onde fora da Copa do Mundo eles não terão público suficiente para encher este estádio, mas no geral a população dos grandes centros terão de herança modernos estádios de futebol.

A questão é que os gastos que reclamam sobre a realização da Copa do Mundo já foram feitos e não tem como evitar mais, por outro lado, com a realização da Copa ainda podemos recuperar pelo menos parte deles, se for cancelada ficaremos apenas no prejuízo, ou seja, péssimo negócio para a população e situação que só agrada a politiqueiros que usam a Copa como arma política, não existe nada de altruísmo nisto e sim a velha e suja forma de se fazer política, necessitamos urgente de uma reforma política e passarmos a exigir sempre do governo tanto Federal, como Estadual e Municipal um padrão Fifa de atendimento e que nos atendam da mesma forma que o fazem em relação as exigências da Fifa, ou seja, tudo de primeira qualidade aí sim poderemos um dia estarmos no primeiro mundo com Educação, Saúde, Infra Estrutura, etc. Tudo padrão Fifa. Nós teremos de lutar muito para chegar a este objetivo e não será uma luta travada apenas num curto período e sim no dia a dia durante anos até mudarmos este país.

Nós temos de acordar de verdade este gigante adormecido, mas sem engodos com a população ainda em sua maioria despolitizada, precisamos de uma verdadeira revolução bem organizada e com objetivos nobres e altruístas em prol da melhoria da qualidade de vida do povo e de uma verdadeira e completa emancipação humana com mais justiça social para todos e não atitudes mesquinhas para beneficiar politicamente grupinhos de politiqueiros.

Acorda Brasil! 
 

Barretos, 25 de maio de 2014


Celso Rodrigo Branicio
Conselheiro da APPP 
(Associação de Participação Popular na Política)




Fonte da Foto: Memeful.com, imagem que circula nas redes sociais

Tags: Copa do Mundo de Futebol, copa do Mundo do Brasil, Fifa, Black Blocks, Depredações, Patrimônio Público, Saqueamento,  Caos Social, Manifestações, passeatas, MTST, política, politicagem, filosofia, partidos políticos, emancipação humana, social, Eduardo Campos, Marina Silva, Aécio Neves, PSDB, PT, Dilma, Dilma Rousseff, Lula, Eleições2014, Reforma Política.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

POSTAGEM DE DESTAQUE

UnBHoje - 6 a 12 de novembro de 2020 (Universidade de Brasília)

  06 A 12 DE NOVEMBRO 2020 ANO 35 Nº 6212 ...