Bem-vindo ao Blog Celso Branicio -

Pesquisar dentro deste blog

Barretos perde a primeira em casa e de goleada com uma defesa sonolenta e um ataque ineficiente contra o forte time do Batatais


O Barretos até que começou bem a partida com uma boa movimentação mas o Batatais também mostrou que estava afim de vencer e voltar ao G4 e até o juiz mais uma vez mostrou que estava a fim de proteger os visitantes, mais uma vez. O jogo estava zero a zero até que a defesa do Barretos marcou bobeira na marcação e um jogador do Batatais saiu na cara do gol e iria fazer o gol e aí o jogador Vitinho do Barretos fez a falta para parar a jogada e iria receber um cartão amarelo só que entrou numa roda de confusão com jogadores do Batatais e do Barretos e o sr. Vitinho como uma criança fez mais uma falta desta vez sem bola dando uma rasteira num jogador do Batatais aí não teve jeito e o juiz o expulsou de forma justa  e o jogo que seria difícil passou a ser uma missão impossível e a derrota quase que inevitável.

Na cobrança de falta a bola foi retirada em cima da linha, alguns jogadores do Batatais reclamaram de gol, o juiz nada deu e o jogo seguiu mas era questão de tempo até tomarmos um gol e ocorreu com a nova falha da zaga onde um jogador do Barretos dominou a bola de forma tão displicente dentro da área que agiu como matador de aluguel, matando para outros, ele  deu um grande passe para o atacante Paulinho  do Batatais estufar a rede aos 34 minutos do segundo tempo, o zagueiro deveria chegar chutando a bola para escanteio, mas preferiu dominar a bola para depois fazer a jogada como se estivesse no meio de campo e não dentro da área e de frente para o gol.

A partida seguiu com o domínio total do Batatais e era questão de tempo até o Batatais fazer outro gol e ocorreu ainda no primeiro tempo com Flávio Carvalho aos 47 minutos em outra falha da zaga em  que o zagueiro barretense permitiu a antecipação do atacante Batataense dentro da área em mais um descuido infantil típico de time desmotivado e sem concentração, erros inaceitáveis para um time que jogava dentro de casa e precisava vencer ou ao menos empatar. 

O time tinha parado de tomar gol após os 40 minutos e muitas vezes até nos descontos, mas novamente voltou a tomar gol aos 47 minutos do primeiro tempo.

No segundo tempo o Barretos partiu para o ataque mais na base do bumba meu boi, tentando na raça compensar a falta de técnica e organização só que com um dos piores ataques de todos os tempos fica difícil e depois a coisa que eles menos fazem é marcar gols, pois, não temos um matador e se quer um meio de campo articulador, daqueles que são o cérebro da equipe  e arma grandes jogadas.

O time até teve chance no começodo segundo tempo em chute de Eusébio a bola para mim entrou, mas o juiz entendeu que o zagueiro do Batatais tirou a bola em cima da linha.

O Batatais por outro lado só não deu uma goleada histórica porque ficou com dó do Barretos e dentro desta ética boleira de jogador, eles resolveram tirar o pé do acelerador ainda assim aos 48 minutos do segundo tempo, Ítalo  já nos descontos  fez o terceiro encerrando o placar e logo em seguida terminou a partida.

Este terceiro gol mostra o quanto o time e a defesa estavam perdidos, tinha vários jogadores atrás se defendendo, havia um grupinho de 3 jogadores bem perto e deram espaço para o jogador do Batatais dominar a bola sem marcação na entrada da grande área e levantar a cabeça e tocar para o atacante Ìtalo que recebeu a bola e fuzilou o goleiro Barretense sem marcação nenhuma. 
Veja que mais uma vez  tomamos gol  no finalzinho do jogo e desta vez aos 48 minutos dosegundo tempo já nos descontos.

O Barretos jogou mal, sem motivação e mais uma vez com um jogador expulso dentro de casa oque piorou ainda mais e o time não só perdeu como foi goleado dentro de casa e ficou barato, pois,o goleiro do Barretos Wanderson Tigrão fez três grandes defesas sem contar que o time do Batatais vencendo fácil e dominando o jogo e colocando o Barretos na roda, resolveu apenas cozinhar o galo e manter o resultado de vitória, se precisassem de saldo de gols, teriam metido seis ou até dez a zero ou mais  facilmente, lamentável e mais uma vez além de perder o jogo aumentamos o saldo de gols negativo o que vai prejudicar muito o time para as próximas rodadas na uta contra o rebaixamento.

O ataque mais uma vez se movimentou mas não conseguiu nem fazer o gol de honra, é verdade que até teve oportunidade e para mim a bola entrou, mas o juiz julgou que num lance do primeiro tempo que o zagueiro do Batatais tirou a bola em cima da linha, mas fora isto quase não chutou a gol, claramente o pior ataque do Barretos nos últimos anos, dois jogos sem marcar gols, nenhum gol fora de casa e oito gols feitos no campeonato em 11 jogos e média de menos de um gol por jogo.

É bem verdade que o time teve vários jogadores machucados e que não puderam jogar, principalmente no ataque onde até nosso principal atacante o Chuck não pode jogar e nem os dois centroavantes do time que também estão no Departamento Médico. Entraram vários jogadores contratados recentemente e ainda sem entrosamento com o time, ainda assim faltou raça e responsabilidade, coisa que sobra no time do Batatais que ainda não receberam salários em 2017, desde o ano passado que a Diretoria deles atrasa salários, aqui no Barretos a folha de pagamento é muito maior e não tem sido atrasado os salários com tantos meses assim é claro que pela reação do time com falta de raça e determinação, sem adrenalina mesmo jogando em casa e diante de um grande adversário e clássico regional fica parecendo que existe de fato algum atraso ou problema com a Diretoria.

A torcida não acredita mais no time e tivemos apenas 570 pagantes com renda de R$10.000,00.


ANÁLISE DO JOGO E EXTRA CAMPO

O que dá para se perceber é que deve estar havendo algum problema de relacionamento da Diretoria com a Comissão Técnica e Jogadores, devido a infraestrutura ou até mesmo algum atraso de salário, o time claramente não está unido em prol do Barretos, não agem como uma família unida por um objetivo comum, falta profissionalismo que sobra aos jogadoes do Batatais que mesmo com salários atrasados e com folha de pagamento menor que a do Barretos, tem um time mais eficiente e menos experiente e com a  média de idade menor e mesmo assim estão hoje em segundo no campeonato e grandes chances de se classificar dentro do G4 como fez no ano passado e o Barretos lutando para não entrar no G6 (zona de rebaixamento) e cair para a terceira divisão.

O Batatais venceu e mereceu a vitória e claramente é mais time que o Barretos, não só na tabela como dentro de campo, o time deu liga e diferente do Barretos que ficou em terceiro em 2016 a frente do Batatais o quarto colocado, mas o Barretos aproveitou apenas dois jogadores do excelente time do ano passado e o Batatais manteve a base e se reforçou e o pior o Barretos só manteve o Chuck no ataque e não chamou mais nenhum dos matadores do ano passado e nas novas contratações ninguém com perfil de atacante matador. 


A Diretoria do Batatais pode até ser irresponsável pelos atrasos de salários, mas fizeram certinho nas contratações e bom relacionamento na Federação Paulista de Futebol. Já o Barretos a Diretoria deixou tudo por conta de um técnico em péssima fase na carreira e deu nisto, ele trouxe jogadores de confiança dele e a maioria vindo de graves contusões, sem ritmo de jogo, veteranos em péssima forma física e técnica e  ninguém para fazer gol no ataque, nenhum artilheiro e deu no que deu. 



O PROBLEMA DAS ARBITRAGENS


Sem querer arrumar desculpas, pois, o time do Batatais mereceu a vitória, mas ficou claro que a arbitragem ajudou e muito o time deles, se o Barretos estivesse jogando onze contra onze mesmo assim dificilmente conseguiria vencer, mesmo se estivesse jogado motivado e em seus melhores dias, o arbitro estava mal intencionado, invertendo faltas, marcando impedimentos só para o time do Barretos, a expulsão doVitinho doBarretos foi justa mas se fosse jogador do Batatais ele provavelmente alegaria que nada viu e daria no máximo cartão amarelo, o Barretos fez um gol e na dúvida ele preferiu não dar, enfim foi uma arbitragem tendenciosa e ninguém da diretoria está observando estas escalações na Federação, temos de exigir punição para quem rouba o Barretos dentro de casa principalmente e observar quem está sendo escalado para os jogos do Barretosesefor ocaso vetar alguns nomes.


O Manolinho Diretor do Barretos reclamou na transmissão de rádio alegando que o juiz teve de fato uma péssima arbitragem, na verdade só não foi pior porque o Batatais não precisou desta ajuda devido as graves  falhas infantis  da defesa Barretense, mas se precisasse ele teria conseguido a vitória deles a qualquer custo pelo visto.  Estava tudo  armado para o Barretos perder nem que fosse na marra  e temos de ficar de olho no próximo jogo em casa contra o Rio Claro que está sempre no G4 ou próximo e isto desde o início do campeonato, ou seja, mais um  dos cabeças do campeonato e em oriundo de cidade próxima  a capital e os times grandes não gostam de jogar em cidades distantes do interior e Rio Claro sesubrir fica bem perto da capital, se nada for feito,  seremos garfados mais uma vez  e teremos de jogar concentrados e jogando tudo que sabemos contra o forte time do Rio claro e contra a arbitragem.

Lamentável, mas mesmo fora das quatro linhas do gramado a Diretoria está falhando neste ítem que parece não ser importante, mas claramente nos fez perder quatro pontos em casa e estes pontos podem nos levar de volta a terceira divisão, fora os riscos que tivemos nas poucas vitóriascomoacontra o Taubaté, foram poucas partidas em que podemos dizer que houve boa arbitragem, se há algum esquema contra o Barretos ou para ajudar times próximo a capital eu não sei, bem como se estes arbitros estão sendo comprados ou não pelos adversários, a única coisa certa é que o Barretos está sendo prejudicado dentro de casa isto está claro e tem de parar.

O estranho é o Batatais que desde o ano passado esta atrasando os salários e pela legislação atual cobrada pelo sindicato dos jogadores eles nem deveriam estar disputando o campeonato, mas pelo visto a Federação não liga muito para isto e não só os manteve na competição como claramente estão protegendo eles. A questão é que neste país da corrupção tudo pode e mesmo um time distante quase 400 km da capital e com salários atrasados, ainda assim consegue articular junto a Federeção Paulista e conseguem total proteção e até ajuda em jogos fora de casa com a arbitragem no estilo apito amigo.

É verdade que a vários anos o time do Batatais tem feito boas participações e ainda não chegou a primeira divisão, mas tem ajudado muito a fortalecer o campeonato da A2, mas o Barretos até pelo retrospecto dos últimos anos e do excelente trabalho do Miltão com vários acessos no passado recente, merecia mais respeito, mas temos de lutar pelo nosso reconhecimento, o que mais tem neste mundo é ingratidão, temos de lutar pelo que merecemos e pelo visto ninguém tem feito isto com vontade e não queremos juizes roubando a favor do Barretos, mas sim tendo excelentes arbitragens imparciais apitando o que tem de ser apitado doa a aquem doer.


PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima rodada o Batatais vai jogar contra a Votuporanguense dia 22/03/2017 quarta-feira às 20hs no estádio Scatenão em Batatais.
O Barretos vai a Barueri em campo neutro jogar contra o Oeste de Itápolis na terça-feira dia 21/03/2017 às 19hs30 precisando da vitória ou pelo menos um empate ou voltará para zona de rebaixamento.


Barretos, 21 de março de 2017.


Celso Rodrigo Branicio
Licenciado em Educação Física pela UnB



SAIBA MAIS:

Gols - Barretos 0 x 3 Batatais - Campeonato Paulista Série A2 2017 - 11ª Rodada

Fonte: Vídeo noYoutube - Canal do WPA SPORTS

https://youtu.be/k6tqCvBO5zg





Com a vitória, o time batatense não corre nenhum risco de deixar a zona de classificação ao fim da rodadaPublicado em 17/03/2017por Agência Futebol Interior.




FICHA TÉCNICA






RESULTADOS DA 11a. RODADA





PRÓXIMOS JOGOS DA 12a. RODADA





CLASSIFICAÇÃO





Nenhum comentário:

Postar um comentário

POSTAGEM DE DESTAQUE

UnBHoje - 6 a 12 de novembro de 2020 (Universidade de Brasília)

  06 A 12 DE NOVEMBRO 2020 ANO 35 Nº 6212 ...