Bem-vindo ao Blog Celso Branicio -

Pesquisar dentro deste blog

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Bom Dia Brasil – Edição de Terça-Feira, 05/12/2017










Jornal da Manhã - 05/12/17 - Jovem Pan




Concurso Público PEB II 2014 da rede estadual de SP - 5ª chamada dia 06/12/2017


Concurso Público PEB II 2014 da rede estadual - 5ª chamada dia 06/12/2017



RETIFICAÇÃO EM 04/12/2017








Se quiser baixar o arquivo no formato PDF para ler ou imprimir com mais facilidade clique no link abaixo:


https://midiasstoragesec.blob.core.windows.net/001/2017/12/convocao-para-ingresso-de-peb-ii-concurso-2014-5-etapa-retificado.pdf





PUBLICAÇÃO ORIGINAL

QM – PEB I / PEB II
​ INGRESSO – 3ª cha​mada
​Este é um espaço reservado para os Ingressantes da 3ª Chamada do concurso público realizado em 2013, com classificação final homologada em 2014.
Conforme vão surgindo novas orientações e finalização de cada etapa, atualizamos esta página afim de auxiliá-los até o exercício.
Última atualização da página: 16/12/2016.
Passo a Passo.png
​​Barra Sessão.pngSESSÃO DE ESCOLHA:
É o momento em que o candidado escolhe a vaga e escola que pretende assumir o cargo.
Nesta 3ª Chamada a data será dia: 06/​12/2016
Local: Diretora de Ensino de Barretos
Os documentos necessário são: RG e CPF originais. 
Clique aqui e veja a Instrução completa publicada no DOE de 29/11/2016.
Abaixo segue os horários das sessões, quantidades de vagas e lista de candidatos convocados a comparecerem.
SESSÃO ÀS 9:00hSESSÃO ÀS 10:00hS​ESSÃO ÀS 14:00h
LÍNGUA PORTUGUESA​
1 v​aga:
1 Jornada Reduzida na E.E. Dr. Elói Lopes Fer​​​raz (Olímpia/SP)
GEOGRAFIA
8 vagas:
1 Jornada Reduzida na ​E.E. Profª Alzira Tonelli Zaccarelli (Olímpia/SP)​​
2 Jornadas Iniciais na E.E.  Profª Dalva Lellis Garcia do Prado (Guaíra/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Enoch Garcia Leal (Guaíra/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. José Antônio Santana (Guarací/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Profª Lacy Bonilha de Souza (Barretos/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Ovídio de Souza Dias (Altair/SP)
1 Jornada Inicial na E.E. Zezinho Portugal (Guaíra/SP)​​
MATEMÁTICA
7 vagas:
2 Jornadas Reduzidas na E.E. Profª Alzira Tonelli Zaccarelli (Olímpia/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Profº Benedito Pereira Cardoso (Barretos/SP)
1 Jornada Inicial na E.E. Profº Darcy Silveira Vaz (Colina/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Dr. Elói Lopes Ferraz (Olímpia/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Mário Vieira Marcondes (Barretos/SP)
1 Jornada Inicial na E.E. Ovídio de Souza Dias (Altair/SP)​
1 Jornada Reduzida na E.E. Profª Alzira Tonelli Zaccarelli (Olímpia/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Dr. Elói Lopes Ferraz (Olímpia/SP)​
BIOLOGIA
5 vagas:
1 Jornada Reduzida na E.E. Dr. Antônio Augusto Reis Neves (Olímpia/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Profª Maria Helena Sccanavino (Barretos/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Ovídio de Souza Dias (Altair/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Cel. Silvestre de Lima (Barretos/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Zezinho Portugal (Guaíra/SP)
EDUCAÇÃO FÍSICA
​2 vagas:
1 Jornada Reduzida na E.E. Enoch Garcia Leal (Guaíra/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. José Antônio Santana (Guarací/SP)​​
FÍSICA
3 vagas:
1 Jornada Reduzida na E.E. Profº Benedito Pereira Cardoso
1 Jornada Reduzida na E.E. Darcy Silveira Vaz (Colina/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Ovídio de Souza Dias (Altair/SP)​
ARTES
1 vaga:
1 Jornada Inicial na E.E. Enoch Garcia Leal (Guaíra/SP)​
CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS
1 vaga:
1 Jornada Reduzida na E.E. Cel. Almeida Pinto (Barretos/SP)
SALA DE RECURSO (DEFICIÊ​NCIA INTELECTUAL)
3 vagas:
1 Jornada Reduzida na E.E. Profª Lacy Bonilha de Souza (Barretos/SP)
1 Jornada Inicial na E.E. Profº Benedito Pereira Cardoso (Barretos/SP)
1 Jornada Inicial na E.E. Profª Maria Ubaldina Barros Furquim (Olímpia/SP)​
QUÍMICA
3 vagas:
1 Jornada Reduzida na E.E. Dr. Antônio Augusto Reis Neves (Olímpia/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Ovídio de Souza Dias (Altair/SP)
1 Jornada Reduzida na E.E. Zezinho Portugal (Guaíra/SP)
​​* Não haverá sessão para as disciplinas Sociologia e Filosofia, por não possuir mais candidatos na lista de convocação.
* Todas as informações constantes no quadro estão disponíveis no DOE de 29/11/2016, Suplementos, nas páginas 1, 38 e 85.​
Barra Nomeação.pngNOMEAÇÃO:
Após a escolha, realizada na Sessão de Escolha, o ingressante deverá aguardar a publicação do Ato de Nomeação, constando os nomes dos ingressantes, escola e jornada escolhida.
É a partir desta data que iniciam-se todos os prazos (Perícia Médica, Posse e Exercício).
Para a 3ª chamada, o Ato de Nomeação foi publicado em 16/12/2016.
Desta forma, o ingressante deverá providenciar:
– Perícia Médica até dia 25/12/2016.
– Posse até dia 13/01/2016.
Caso o ingressante perca o prazo para o agendamento de Perícia Médica ou necessite de mais prazo para tomar posse, este deve entrar em contato com a Diretoria de Ensino até dia 13/01/2016.
Barra Perícia.png
PERÍCIA MÉDICA:

Após a nomeação do candidato, terá o prazo de 10 dias para solicitar o agendamento da Perícia Médica.
Para esta 3ª chamada, o prazo é até dia 25/12/2016.
Para solicitar o agendamento, conforme o Comunicado Conjunto CGRH de 06/12/2016, o docente deve estar munido de todos es exames clínicos e documentos relacionados abaixo.
IV – São documentos a serem apresentados pelo candidato nomeado para a realização da avaliação médica oficial, de acordo com as Instruções Especiais disciplinadoras do Concurso:
a) 01 foto 3×4 recente em fundo branco, com contraste adequado entre o fundo e a imagem do candidato com a proximidade do rosto de 80%, sem data, sem moldura e sem marcas;
b) Documento de identidade com fotografia recente;
c) Declaração de Antecedentes de Saúde para Ingresso(Esta declaração é encontrada no site da DPME e deve ser impressa, preenchida, assinada.)
V – Conforme consta nas Instruções Especiais, todos os candidatos, inclusive os declarados pessoa com deficiência e integrantes da Lista Especial, deverão apresentar, no dia e hora marcados para avaliação médica oficial, os seguintes exames médicos recentes:
a) Hemograma Completo – validade: 06 meses;
b) Glicemia de Jejum – validade: 06 meses;
c) PSA Prostático – para homens acima de 40 anos de idade – validade: 365 dias;
d) TGO, TGP e Gama GT – validade: 06 meses;
e) Uréia e Creatinina – validade: 06 meses;
f) Urina Tipo I – validade: 06 meses;
g) Eletrocardiograma (ECG), com laudo – validade: 06 meses;
h) Raio X de Tórax, com Laudo – validade: 06 meses;                                                                              
i) Colpocitologia oncótica – validade 365 dias;                                                                                              
j) Mamografia (mulheres acima de 40 anos)
k) Laringoscopia indireta ou videolaringoscopia – validade:180 dias; (exclusivo para os cargos de professor);
l) Audiometria Vocal e Tonal – validade: 180 dias. – (exclusivo para os cargos de professor).​
O ingressante deverá escanear todos os exames e documentos, acessar o site da DPME e solicitar o agendamento. Segue abaixo dois manuais de orientações:
Qualquer imprevisto sobre o agendamento de Perícia Médica, o ingressante deverá comunicar a Diretoria de Ensino no prazo máximo até 13/01/2016.
Posse.pngPOSSE:
Para a 3ª Chamada, o prazo para Posse é até 13/01/2016.
Caso necessite de prorrogação, o ingressante deverá solicitar, por escrito, à escola antes do dia 13/01/2016.
Conforme a Instrução CGRH 2, de 16/12/2016, que dispõe sobre a posse e ao exercício de candidatos nomeados para cargos efetivos do Quadro do Magistério​, seguem algumas orientações:
I – Compete ao superior imediato, ou seja, o Diretor de Escola, dar posse ao ingressante.
II – A posse do ingressante deverá se verificar no prazo de 30 dias, contados seqüencialmente da data da publicação do ato de nomeação.
III – O prazo inicial para posse poderá ser prorrogado por mais 30 dias, mediante requerimento prévio do nomeado, devendo a autorização ser publicada em Diário Oficial do Estado.
IV – A contagem dos 30 dias de prorrogação será imediatamente seqüencial ao 30º dia do prazo inicial de posse, sem qualquer interrupção.
VII – A contagem do prazo de posse, inicial ou em prorrogação, poderá ser suspensa por período de até 120 (cento e vinte) dias, cujo cômputo iniciar-se-á na data indicada na publicação em D.O, da suspensão concedida pelo órgão médico competente, e será encerrado na data da expedição do certificado de sanidade e capacidade física (laudo médico), sempre que a perícia assim o exigir, e/ou ao término do período de suspensão estipulado.
VIII – Caberá ao superior imediato do ingressan​te, na unidade/ órgão do ingresso, o acompanhamento das publicações em D.O. dos atos expedidos pelo órgão médico competente.
IX – No ato da posse do cargo, o ingressante deverá efetuar declaração expressa, de próprio punho, informando se possui, ou não, outro cargo ou função-atividade, no âmbito do serviço público federal, estadual, municipal ou, ainda, em autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista ou suas subsidiárias e sociedades controladas direta ou indiretamente pelo Poder Público, inclusive para os que apresentam a condição de aposentado.
X – Para tomar posse, o nomeado deverá apresentar ao superior imediato os seguintes documentos, em vias originais e cópias:
a) cédula de identidade (RG), comprovando ser brasileiro;
b) título de eleitor e prova de que votou na última eleição ou de que pagou a respectiva multa ou, ainda, de que se justificou perante a Justiça Eleitoral, ou Certidão de Quitação Eleitoral;
c) comprovante de estar em dia com as obrigações militares;
d) declaração, de próprio punho, de boa conduta e de não ter sofrido penalidades, dentre as previstas nos incisos IV, V e VI do artigo 251 da Lei 10.261/1968, ou nos §§ 1º e 2º do artigo 35 e no artigo 36 da Lei 500/1974 nos últimos 5 anos, com relação à demissão, cassação de aposentadoria por equivalência ou dispensa, e nos últimos 10 anos, quando se tratar de demissão a bem do serviço público, cassação de aposentadoria por equivalência, ou dispensa a bem do serviço público;
e) comprovação por pai/mãe ou responsável por criança em idade escolar, de que a mesma está matriculada em estabelecimento de ensino;
f) diploma devidamente registrado por órgão de competência, comprovando a habilitação para a investidura no cargo, rigorosamente de acordo com o previsto no Edital/Instruções Especiais do concurso correspondente.
h) Certificado de Sanidade e Capacidade Física (laudo médico) declarando-o apto ao exercício do cargo, expedido pelo Departamento de Perícias Médicas do Estado (DPME), conforme artigo 7º do Decreto 29.180/1988;
XI – Poderá haver posse por procuração exclusivamente nos casos de o ingressante ser funcionário público e se encontrar ausente do Estado, em missão do Governo.
XII – Cumpre ao superior imediato, sob pena de responsabilidade, verificar se todas as condições legalmente estabelecidas para a investidura em cargo foram satisfeitas, inclusive com referência a grau de parentesco, de acordo com o artigo 244 da Lei 10.261/68.
XIII – O termo de posse deverá ser lavrado em livro próprio, assinado pelo nomeado e pelo superior imediato, que abrirá o prontuário do ingressante, com toda a documentação pertinente.
Sobre os diplomas especificados no item f), segue abaixo reprodução do Capitulo II das Instruções SE 02/2013:
II – DOS REQUISITOS PARA PROVIMENTO DO CARGO
– De acordo com o Anexo III da Lei Complementar nº 836, de 30, publicada no DOE de 31-12-97, no que concerne à habilitação/qualificação dos profissionais de educação, para provimento de cargo de Professor Educação Básica II, o candidato deverá comprovar no ato da posse, conclusão de Curso Superior: licenciatura de graduação plena, com habilitação específica em área própria ou formação superior em área correspondente e complementação nos termos da legislação vigente conforme segue:
1.1 ARTE
1.1.1 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Educação Artística, ou
1.1.2 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Arte em qualquer das linguagens: Artes Visuais, Artes Plásticas, Design, Música, Teatro, Artes Cênicas e Dança, ou
1.1.3 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Educação Musical.
1.2 BIOLOGIA
1.2.1 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Ciências Biológicas ou História Natural; ou
1.2.2 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Ciências, com habilitação em Biologia; ou
1.2.3 ser portador de diploma de Licenciatura em Biologia; ou
1.2.4 ser portador de diploma de Licenciatura em Ciências da Natureza.
1.3 CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS
1.3.1 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Biologia ou Ciências Físicas e Biológicas, ou Ciências Biológicas, ou História Natural, ou Ciências da Natureza; ou
1.3.2 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Ciências, com habilitação em Biologia, ou em Química, ou em Matemática ou em Física.
1.4 EDUCAÇÃO FÍSICA
1.4.1 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Educação Física e comprovar credenciamento no Conselho Regional de Educação Física – CREF.
1.5 FILOSOFIA
1.5.1 ser portador diploma de Licenciatura Plena em Filosofia.
1.6 FÍSICA
1.6.1 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Física; ou
1.6.2 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Ciências ou Ciências Exatas, com habilitação em Física; ou
1.6.3 ser portador de diploma de Licenciatura em Ciências da Natureza.
1.7 GEOGRAFIA
1.7.1 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Geografia; ou
1.7.2 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Estudos Sociais ou Ciências Sociais com habilitação em Geografia.
​1.8 HISTÓRIA
1.8.1 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em História; ou
1.8.2 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Estudos Sociais ou Ciências Sociais com habilitação em História.
1.9 LÍNGUA INGLESA
1.9.1 ser portador de diploma de Licenciatura em Letras com habilitação em Inglês.
1.10 LÍNGUA PORTUGUESA
1.10.1 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Letras com habilitação em Língua Portuguesa.
1.11 LÍNGUA ESPANHOLA
1.11.1 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Letras com habilitação em Espanhol.
1.12 MATEMÁTICA
1.12.1 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Matemática; ou
1.12.2 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Ciências (ou Ciências Exatas), com habilitação em Matemática.
1.13 QUÍMICA
1.13.1 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Química; ou
1.13.2 ser portador de diploma de Licenciatura em Ciências ou Ciências Exatas, com habilitação em Química; ou
1.13.3 ser portador de diploma de Licenciatura em Ciências da Natureza.
1.14 SOCIOLOGIA
1.14.1 Ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Sociologia; ou
1.14.2 ser portador de diploma de Licenciatura Plena em Ciências Sociais.
1.15 EDUCAÇÃO ESPECIAL: Deficiências Auditiva, Física, Intelectual, Visual, Transtornos Globais do Desenvolvimento – TGD
1.15.1 ser portador de Licenciatura Plena em Pedagogia com habilitação específica na respectiva área da Educação Especial; ou
1.15.2 ser portador de Licenciatura Plena em Pedagogia com certificado de especialização ou de aperfeiçoamento na área da Educação Especial com, no mínimo, 360 horas; ou
1.15.3 ser portador de Licenciatura Plena em Pedagogia, com certificado de curso de atualização autorizado pela Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas – CENP, na área da Educação Especial; ou
1.15.4 ser portador de diploma de Curso Normal Superior ou Programa Especial de Formação Pedagógica Superior (Del. CEE 12/2001), qualquer que seja a nomenclatura adotada pelo programa, com habilitação específica ou certificado de cursos de especialização ou aperfeiçoamento – mínimo 360 horas ou atualização autorizada pela CENP, na área da Educação Especial; ou
1.15.5 ser portador de outras licenciaturas – Plena, com pós-graduação Strictu Sensu na área de Educação Especial.
Ou
1.16 Ser portador de Certificado equivalente à licenciatura plena, obtido em cursos regulares de programas especiais, nos termos previstos pelo Conselho Nacional de Educação, na Resolução CNE/CP nº 2 de 26, publicada a 27/06/1997, na disciplina objeto do concurso, obrigatoriamente acompanhado do diploma de curso de bacharelado ou de tecnologia de nível superior, que permitiu a formação docente.
Ou
1.17 Ser portador de licenciatura em Cursos Superiores de Formação de Professores de Disciplinas Especializadas no Ensino de 2º Grau, na forma prevista pela Portaria Ministerial nº 432 de 19, publicada a 20-07-71, Esquemas I e II, na disciplina objeto do concurso, conforme consta do diploma.
Barra Exercício.pngEXERCÍCIO:
É o momento em que o candidato inicia as atividades, ou seja, começa a trabalhar.
Em conformidade com a Instrução CGRH 2, de 16/12/2016, que dispõe sobre a posse e ao exercício de candidatos nomeados para cargos efetivos do Quadro do Magistério​, seguem algumas orientações:
I – O exercício do ingressante dar-se-á no prazo máximo de 30 dias, contados da data da posse, podendo este prazo ser prorrogado por igual período, mediante requerimento do interessado e com autorização do superior imediato, a ser publicada em Diário Oficial do Estado.
II – As ingressantes sem qualquer vínculo func​ional com a rede estadual ou as docentes que atuaram como contratadas, nos termos da Lei Complementar 1.093/2009, que no momento do exercício, tenham filhos nascidos a menos de 180 (cento e oitenta) dias, deverão entrar em exercício e, poderão requerer o saldo do período correspondente a licença-gestante, mediante apresentação da certidão de nascimento.
III – Somente poderá assumir o exercício por ofício o ingressante que se encontre:
a) provendo cargo em comissão, na área da Administração Estadual Centralizada, de acordo com o Despacho Normativo do Governador, de 16/03/77, ou
b) no exercício de cargo eletivo federal, estadual, municipal ou distrital, desde que o afastamento, a que se refere este inciso, comprove-se obrigatório.
IV – O ingressante que pretenda exercer o cargo em regime de acumulação, somente poderá assumir o exercício com prévia publicação em D.O. de ato decisório favorável, conforme dispõe o artigo 19 do Decreto 53.037/2008;
V – No âmbito desta Pasta, a acumulação de dois cargos docentes, ou de cargo docente com cargo de Suporte Pedagógico, somente poderá ocorrer se, atendidos os demais requisitos, a carga horária total da acumulação não ultrapassar o limite de 64 (sessenta e quatro) horas semanais.
VI – O ingressante, que possua outro cargo ou função pública na alçada estadual e se encontre em licença para tratar de interesses particulares, não poderá, nesta situação, assumir o exercício do novo cargo, tendo em vista o disposto no artigo 13 do Decreto 41.915/1997. 
VII – O ingressante que já exerce outro cargo ou função pública e não pretenda trabalhar em regime de acumulação, somente poderá assumir o exercício apresentando cópia do pedido de exoneração/dispensa do cargo/função precedente, protocolada na unidade de origem a ser publicada com vigência na mesma data do exercício no novo cargo.
VIII – O ingressante, que não tomar posse dentro dos prazos legalmente previstos, terá sua nomeação tornada sem efeito, ou será exonerado do cargo, se tomar posse, mas não assumir o exercício.
​​***********************​**********************************************************************************************************************************************************************
INSCRIÇÃO PARA ATRIBUIÇÃO DE AULAS 2017 (de 01/09 a 02/10):
Atenção! Esta inscrição é somente para docentes que já atuam na rede estadual de ensino (vide lista abaixo).
Para quem deseja abrir contrato, informamos que devido o Decreto 61.466/2015, não há previsão de abertura de novos ​contratos, por tempo indeterminado.​
  • ​Manuais de Instrução:
***********************​**********************************************************************************************************************************************************************CONCU​RSO DE REMOÇÃO​ 2016:
       Vídeo Informativo sobre Remoção:
​​


Fonte: Diretoria de Enino de Barretos

https://debarretos.educacao.sp.gov.br/qm-peb-i-peb-ii/



POSTAGEM DE DESTAQUE

UnBHoje - 6 a 12 de novembro de 2020 (Universidade de Brasília)

  06 A 12 DE NOVEMBRO 2020 ANO 35 Nº 6212 ...