Bem-vindo ao Blog Celso Branicio -

Pesquisar dentro deste blog

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Barretos 3 x 2 Velo Clube - Barretos vence mas morre abraço com o Velo Clube rebaixados para a A3

Jogo Barretos 3 x 2 Velo Clube - Campeonato Paulista de Futebol da A2

O Barretos começou o jogo precisando vencer por três ou mais gols para poder ter chances de evitar o rebaixamento, mas apesar de entrar jogando bem e com fome de gol, acabou cometendo um deslize na defesa no começo do jogo e Flávio Carioca marcou um zero para o Velo Clube aos quatro minutos do primeiro tempo numa sobra após rebote do goleiro Wanderson Tigrão do Barretos e aí quando todos pensavam que o Barretos iria desanimar ocorreu a reação quase que instantanea com o empate saindo aos sete minutos do primeiro tempo com Diego Araújo.

O Barretos continuou pressionando e dominando a partida e PC do Velo clube após ter cometido falta e receber amarelo fez uma outra falta dura em Silvio aos quatorze minutos do primeiro tempo e levou o segundo amarelo e o vermelho daí pareceu que ficaria tudo fácil para o Barretos e poderia finalmente fazer os três gols com naturalidade e aos 28 minutos Silvio fez o segundo gol do Barretos e o jogo seguiu com uma cera enorme do time do Velo Clube que até então estava se salvando com este resultado de dois a um para o Barretos e o primeiro tempo terminou com este placar.

No segundo tempo o time do Barretos veio com tudo para fazer mais gols, mas a retranca do adversário era grande e apesar  da grande partida do Marlon no meio de campo, um dos melhores jogos dele no ano, bem ele sempre fazia grandes lançamentos aos atacantes, mas o gol não saia e o time afunilava muito e vivia de chuveirinho na área não aproveitando a vantagem numérica em campo ao invés de fazer inversões de um lado para outro e botar pressão e velocidade no jogo e aí  eles sentiriam a ausência de um jogador.

O goleiro do Velo Clube fazia tanta cera que acabou recebendo um cartão amarelo e aos 30 minutos o jogador Melk do Velo Clube que já tinha cartão amarelo cometeu outra falta grave e recebeu o segundo cartão amarelo e o vermelho e assim o Velo passou a jogar com dois jogadores a menos e o Barretos passou a ter no mínimo 15 minutos mais os descontos, dando tudo cerca de vinte minutos para fazer mais dois gols e se livrar do rebaixamento, mas com o time jogando desesperado e desorganizado afunilando e chuveirando bolas na área nada ocorreu, pois,  apesar da entrada de mais atacantes Chuck no lugar de Dionizio, Marcelo Soares no lugar de Silvio e Vitinho no lugar de Rafael Martins estes dois últimos foram trocas de atacante por atacante, mas não produziram efeito, até porque nenhum deles é matador, nem mesmo Chuck o melhor atacante do Barretos em 2017, ele joga muito mas quase não marca gols e neste jogo mesmo com  vários cruzamentos na área não conseguiu colocar a bola nas redes.

O gol só foi sair aos quarenta e sete minutos com Diego Araújo novamente botando a bola na rede e fazendo três a um para o Barretos, só que o time precisaria de mais um gol e como no outro jogo o time do XV de Piracicaba  passou a frente da Portuguesa com dois a um, a única chance do Barretos seria superar o time da Votuporanguense que estava perdendo de três a um para o Bragantino e ficando com saldo de menos três gols e o Barretos com saldo de menos cinco gols, então precisaria em dois minutos de marcar mais dois gols, mas isto  seria praticamente impossível, o time não só deixou de fazer os dois gols como tomou outro gol do Velo já no fim o jogo em descuido da zaga e do goleiro  aos quarenta e nove minutos do segundo tempo com Leandro Costa em lance aparentemente impedido e este foi o resultado final, Barrretos três a dois no Velo Clube e ambos os times foram rebaixados para a terceira divisão a A3, porque o XV de Piracicaba confirmou a vitória de dois a um sobre a Portuguesa de Desportos.

Este importante jogo a Federação Paulista de futebol finalmente mandou um excelente árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza que diferente da maioria que veio aqui sempre pendente para os times visitantes, principalmente os times da capital ou próximo a capital, desta feita as coisas foram diferentes, ele até deixou de dar um penalti claro para o Barretos e o último gol do Velo Clube a impresão que dá é que o jogador estava impedido no lançamento e o goleiro do Barretos reclamou mas o gol foi confirmado, mas fora estes detalhes no resto ele apitou certinho inclusive nos cartões amarelos e vermelhos para o time do Velo Clube com estas duas expulsões o Barretos jogando com um a mais boa parte do primeiro tempo e quase a metade do segundo tempo jogando com dois a mais o time só não goleou porque não teve competência e tranquilidade e também porque não tem um centroavante matador.


PROJETO LUGAR DE CRIANÇA É NO ESTÁDIO

É lamentável a palhaçada deste projeto de pegar dinheiro público para levar crianças ao estádio, até acho importante levar crianças e famílias ao estádio, mas não se justifica fazer isto cobrando da Prefeitura repasses financeiros para o futebol profissional, se fosse para o futebol amador e as divisões de base até daria para entender, mas estas categorias estão abandonadas.

O incrível é fazer o projeto no final do campeonato e apenas nos dois últimos jogos e o pior levaram pouquíssimas crianças e pais e os ingressos eram sorteados, muitas que queriam não conseguiram e outras que foram sorteadas não queriam ir. 

Um outro detalhe grave é que conforme foi citado pelo Vereador Dr. Otávio existe lei que ampara a entrada de graça de crianças no estádio. Outro detalhe é que o Barretos pelo atual ranking no futebol paulista, recebe em torno de R$ 330 mil reais de repasses da Federação para gastos com arbitragens e outros mais e as arrecadações este ano foram baixas pela péssima campanha do time e poucos torcedores presentes no jogos, mas mesmo assim com quinhentas a mil pessoas por jogo dava para arrecadar em torno de R$ 10 mil reais ou mais por jogo, ainda assim precisaram pedir dinheiro para o Barretos não ficar no vermelho.

A questão é que ao distribuir os ingressos dos repasse de R$ 60 mil reais que deu R$ 30 mil por jogo e se basearam no valor mais caro de ingresso R$ 50,00 da arquibancada coberta, (600 pais e seus filhos num total 1.200 pessoas) se fosse baseada em R$ 10,00 o valor da geral adiantado caberia cinco vezes mais, ou seja, com este valor daria para colocar cerca de 6 mil pessoas (R$ 30 mil /R$10 reais por pai = 3.000 pais + 3.000 crianças = 6.000 torcedores) e mais cerca de mil torcedores que iriam lá daria mais de 7 mil pessoas num estádio de cerca de 9 mil lugares o estádio ficaria quase lotado cerca de 80% da capacidade ou mais e ajudaria muito o time em campo dando mais pressão no adversário, poderia até não sair mais gols, mas as chances seriam maiores.

Agora do jeito que ficou a imagem que tem passado a sociedade é que pegaram estes R$ 60.000,00 só para desviar boa parte para o próprio bolso de alguns Diretores da turminha do Prefeito que estão lá infiltrados, ficou tudo sem tranparência, muito suspeitos e precisa ser bem explicado e investigado.  

Agora existem muitas coisas errradas e estranhas no futebol atual, como pode o Mogi Mirim e Capivariano times que ficaram muitos anos na primeira divisão e que no ranking do futebol paulista estão a frente do Barretos e recebem R$ 3 milhões de reais cada  um, quase 10 vezes a mais que o Barretos e já estavam rebaixados em posições abaixo do Barretos, o Capivariano na rodada anterior e o Mogi Mirim  ainda a mais tempo, se eles estão com um time pior que o Barretos, seus jogadores não devem ganhar em média quase dez vezes a mais que os do Barretos, então aí deve ter algum desvio, lamentável a falta de transparêsncia e desvios que vemos no futebol paulista e nacional, sem contar os truques que usam para enganar o INSS, como alegar público menor que o real.



MALA PRETA NO FUTEBOL PAULISTA

Um problema grave é a suspeita de mala preta no futebol, pelo que vimos dificilmente houve mala branca, ou seja, time pagando para reforçar o bicho por vitória de times que vão jogar contra seus adversários direto na luta por vaga ou fugo do rebaixamento. Na verdade o que ficou na dúvida é se houve mesmo a mala preta, ou seja, time pagando para adversário entregar o jogo.

O jogo do Votuporanguense 2 x 0 Mogi Mirim em 01/04/2017 realizado em Votuporanga  ficou muito estranho, foi vencido pelo Votuporaguense, mas um jogador do Mogi que tinha jogado na Votuporanguense no ano passado reclamou que tentaram comprar ele com proposta enviada via celular e fizeram um Boletim de Ocorrência na Polícia Civil pelo assédio ao jogador e poderia ter outros, mas até hoje não se descobriu nada, mas fica claro que podem ter facilitado para a vitória do Votuporanguense que venceu o jogo e com a mesma pontuação do Barretos (23 pontos), mas por ter um saldo melhor de gol  não caiu.

Este jogo foi apenas o mais suspeito e se for investigado e de fato o Votuporanguense tiver comprado o resultado perderia os 3 pontos e o Barretos ganharia uma posição.

Se analisarmos que nas últimas 5 rodadas o Barretos disputou 15 pontos e ganhou 10 deles (3 vitórias, 1 empate e 1 derrota) significa que fizemos 66% de aproveitamento, para se ter uma idéia após o término desta fase o líder geral Água Santa teve em média 61,4% de aproveitamento, os demais ficaram acima de 50% e o último classificado entre os 4 melhores o Bragantino fez 56,1%.

O Barretos e os times da zona do rebaixamento e mais uns 4 times imediatamente acima e que estava disputando para não serem rebaixados tiveram nestas últimas 5 rodadas uma média de aproveitamento igual ou superior ao Barretos, que mesmo com toda esta arrancada e jogando contra 3 times que até então estavam no G4 e mesmo assim o time não saiu da zona do rebaixamento, porque todos acima e até alguns abaixo estavam vencendo quase tudo e raramente empatavam ou perdiam, ou seja, índice de aproveitamento acima de 50% e desta forma entramos e não conseguimos sair da zona do rebaixamento até sermos rebaixados.

Todo campeonato defutebol no final nas últimas rodadas alguns times de fato reagem, só que eu nunca vi um campeoanto assim, os times que até a metade do campeonato estavam com apenas 20% a 40% de aproveitamento inverteu a ordem natural e passaram  a maioria deles a ter índice de aproveitamento acima de 50% e alguns até acima de 60%, muito estranho e muito suspeito, principalmente pela queda de rendimento dos times que disputavam o G4, por exemplo, o Água Santa perdeu para o Barretos, porque o time jogou muito e o adversário só entregou o jogo depois que estava perdendo por 2 x 0 para não se desgastar muito para os próximos jogos e a fase seguinte  do campeonato, mas só no final faltando alguns minutos e depois  a  questão é que mesmo se reagisse dificilmente empataria o jogo, tudo normal,  agora no jogo seguinte eles foram jogar no campo do Velo Clube em Rio Claro e perderam para eles também, duas derrotas seguidas mesmo estando disputando o primeiro lugar com o São Caetano e no final desta fase o São Caetano também diminuiu a pressão e perdeu o primeiro lugar desta fase para o Água Santa, devido a  derrotas inesperadas.

A verdade é que ficou muito estranho estes times do G4 e que estavam disputando vagas para a classificação perderem tantos jogos assim contra times da zona do rebaixamento ou próximo a ela, precisava ser melhor investigado, é verdade que em alguns casos seria normal, bem como alguns times como a Portuguesa de Desportos, Sertãozinho e Juventus que ficaram várias rodadas na zona de rebaixamento no início do campeonato reagiram bem mais cedo que o Barretos, mas aparenta ter tido algo errado, como alguns times tidos como favoritos a classificação terem entregado jogos, colocado times reservas de propósito, neste país onde reina a corrupção é lamentável, deveria haver regras nos regulamentos para obrigar os times a colocar o que tem de melhor em campo em todas as rodadas.

Espero que seja investigado se houve algum time que tenha facilitado de propósito ou vendido o jogo para times que estavam tentando fugir deste grupo de equipes de rebaixados de onde acabamos sucumbindo.

Uma outra possibilidade é o Barretos e os demais times reivindicarem o rebaixamento do time do Batatais que desde o ano passado insiste em atrasar o pagamento de salários por meses seguido e repetitivamente, muitos times atrasam salários  até mesmo o Barretos houve algumas acusações de  atraso de salários, com jogadores se recusando a viajar se não os pagasse este tipod e problema foi informado por dois técnicos que foram demitidos por isto, aliás este foi outro problema tivemos ao todo quatro técnicos do BEC neste curto campeonato, mas o Batatais tem sido recorrente nesta prática criminosa de atrasar salários e existe lei que proibe isto e o sindicato dos atletas tem cobrado  e alega que vai a justiça, só que a Federação Paulista nada faz e os times que tem mais força política e são os mais tradicionais e recebe cota de 3 milhões da Federação,  jamais vão peitá-la ou contrariá-la.

Veja que se o Barretos fosse atrás deste direito poderia ter disputado a primeira divisão este ano, pois, o Santo André também atrasou salários no ano passado e deveria ter perdido a vaga, mesmo tendo sido campeão, porque atrasou salários, já o Batatais este ano passou uma grande vergonha ao ir jogar em Taubaté e chegar em cima da hora para entrar no campo, porque o time ficou preso no hotel durante um bom tempo porque a Diretoria não tinha pagado a conta, nem com estes escandalos a Federação resolveu punir o clube pelos atrasos no pagamento de salários.

A questão é que se conseguisse provar a mala preta por parte de algum clube ou pelo menos um deles ser identificado e rebaixado e juntando ao caso do Batatais que existem provas de que atrasou o pagamento de salários e este time poderia ser rebaixado e aí caindo dois, sobraria duas vagas e aí tanto o Barretos como o Velo Clube, ambos injustiçados poderiam ficar com estas vagas com a queda destas equipes sujas.

É por isto que muita gente não joga mais na loteria esportiva, muitas vezes não se consegue provas líquidas e certas, mas tem muita sujeira no futebol hoje em dia.

A questão é que pelo que conhecemos do futebol paulista e brasileiro, podem até fazer barulho, mas no final vai acabar ficando do jeito que está e o Barretos terá mesmo que disputar a Série A3 ou terceira divisão em 2018.


FUTURO DO BARRETOS ESPORTE CLUBE

O time agora vai disputar a A3 a terceira divisão do futebol paulista, é uma divisão com jogadores e folha de pagamento menores e segundo foi dito por Diretores do Barretos a cota do Barretos recebida da Federação será basicamente a mesma deste ano, ou seja uma cota de A2 na A3, o time deve receber de novo em torno de R$ 300 mil reais e terá um aporte finaceiro melhor que os demais, mas diferente da A2 que vai voltar a ter apenas dois times descendo no ano que vem, já a A3 continua o mesmo esquema difícil de subir apenas 2 e descer 6 times e teremos o Mogi Mirim e Capivariano que se nada mudar deve receber cota de R$ 3 milhões de reais novamente aí se conseguirem montar grandes times  e der liga disputaremos estas duas vagas com eles para voltar a A2.

Alguns torcedores acham que o time do Batatais pipocou novamente, nadou nadou e morreu na praia e acabou ficando em quinto lugar, sendo que se classificava apenas quatro, no ano passado eles ficaram em quarto lugar e subia só dois times e  também nos anos anteriores a equipe sempre fez boas campanhas e apenas bateu na trave, parece que o time não quer subir para a primeira divisão por falta de estrutura e pelos altos custos.

Em relação ao BEC alguns torcedores alegam que o Barretos não quis se classificar para as quartas de finais e que queria apenas se manter nesta divisão e deu azar que o time não deu liga e acabaram caindo para a A3 e alguns acreditam que no fundo talvez alguns Diretores queriam mesmo ver o time na terceira divisão que tecnicamente é mais fácil de jogar e conttratar jogadores e formar bons times dentro desta divisão bem mais barata, mas para a maioria dos torcedores nós queremos é chegar na primeira divisão.

O Presidente de honra Miltão está doente e se recuperando, ele sempre fez excelentes times e muito competitivos, já subiu nestes últimos anos o Barretos da quarta divisão até chegar a segunda, mas desta vez o time acaqbou sendo rebaixado com ele na Diretoria mas no final de 2016 além da doença ele enfrentou na eleição do Rio das Pedras Country Club um adversário forete e armaram para ele até  perder a eleição para um pau mandado da turma do vereador Rafael Dutra e do Prefeito, está certo que o Rio das Pedras é um clube particular, nada de errado juridicamente, envolve muita grana e certamente resolveram tirar o  Miltão de lá por causa da grana que podem ganhar neste clube, mas apesar do acerto com o Prefeito para Miltão continuar comandando o Barretos através de seu filho o atual presidente, na prática ele foi prejudicado e não pode ajudar na formação do time deste ano.

O problema além da doença foi impedir que o Miltão tivesse paz e tranquilidade para fazer as contratações e assim no período de formação do time até por falta de tempo e paz ele entregou a formação do time ao técnico Márcio Ribeiro que contratou tudo errado e o time com vários jogadores medalhões bichados e média de idade alta, apesar da experiência maior a maioria acabou ficando mais  no Departamento Médico do que jogando e o padrão dos reservas era bem abaixo dos titulares e o time acabou sendo rebaixado.

É claro que o problema não foi só este, muitos tem culpa, eu sempre que pude foi assistir o time jogar, mas boa parte da torcida deixou de comparecer por causa das derrotas e péssima campanha, muitos Diretores foram omissos, sem contar a quantidade grande de políticos ligados ao grupo do Prefeito e que pelo visto estavam lá muito mais por segundas intenções, os únicos que de fato conhecem futebol e militam no futebol varzeano e já estiveram em categoria de base do Barretos em anos anteriores é o Vereador Cipriano e seu assessor Hernandes, pena que ficaram omissos com a turminha que só pensa em ganhar dinheiro fácil e mesmo gostando muito do Barretos e colaborado de graça durante anos, fizeram vistas grossas e não tentaram impedir a omissão destes Diretores e malandragem de outros.

Nós tivemos um time cujo maior problema foi o ataque, veja que chegamos a ser o pior ataque do campeonato e agora no final ficamos em penúltimo lugar  com o 19ª lugar fazendo apenas 17 gols e média de 0,74 gols por aprtida, já a defesa sempre esteve entre as 13 melhores e até entre as 10 melhores defesas do campeonato e terminamos em 9ª lugar tomando 23 gols em 23 jogos e média de 1 gol por jogo.

Se comparamos o nível da defesa com o ataque, o nono melhor ataque do campeonato fez 26 gols ou seja 11 gols a mais que nosso ataque, teríamos um saldo melhor, mais vitórias e pontos e na pior das hipótese estaríamos entre as dez melhores equipes e disputando vaga no G4, mais ou menos na posição do Batatais que no ano passado tinha um time do mesmo nível do Barretos e ficou em quarto uma posição atrás de nós, ou seja, bastaria ter contratado um atque melhor, é verdade que a defesa até teve alguns péssimos resultados como o jogo contra o Mogi Mirim em SP em campo neutro onde perdeu de quatro a zero, perdemos bisonhamente de três a zero em casa para o Batatais, mas no geral ficamos entre as nove melhores defesas do campeonato e só fomos rebaixados por causa do saldo de gols -6 que foi o terceiro pior saldo de gols do campeonato, mas que só ocorreu não ppor causa da defesa, mas por causa do ataque ridículo que só fez um gol fora de casa e várias vezes não fazia gol até mesmo dentro de casa, para se ter uma idéia até este último jogo o maior placar tinha sido dois gols numa só partida e só fez três neste último jogo.

Faltou um atacante matador, um centroavante com aptidão para fazer gols estilo Romário que fazia gol até de barriga ou de bicuda e era o rei da área, principalmente a pequena, se bobeava ele colocava a bola na rede, faltou um jogador assim e  no ano passado mesmo com contusões tínhamos sempre pelo menos um artilheiro jogando.

Segundo me disse meu amigo Paulo Maia repórter da TVB, no programa de Esporte da TV Barretos, quando da contratação de cinco jogadoes no meio do campeonato, eu perguntei porque não haviam comprado um centroavante matador, ele disse que a Diretoria até tentou trazer e naquela época a diferença para o G4 era de 3 pontos apenas, poderia dar certo e hojeestarmos livre do rebaixametno e até classificado no G4 ou chegado perto mas o jogador pediu muito caro para os padrões do Barretos, como só tinha mais dois meses de campeonato e era A2, ele pediu R$ 20 mil reais por mês e acharam caro, agora com o rebaixamento perdemos muito mais, capitalismo é isto muitas vezes temos de nos arriscar, pena que não temos um grupo de empesários para ajudar o Miltão.

O incrível é que no país do futebol onde a maioria das crianças querem ser atacantes e goleadores, não se conseguir um jogador bom de área e barato, ainda que jovem, mas com aptidão por fazer gols, lamentável mas formamos certamente um dos piores ataques de toda a história do Barretos e sem ataque não se vai a lugar nenhum, sem defesa no futebol moderno fica difícil também, mas sem fazer gols até para empatar fica difícil, se toma um gol a derrota é certa e até a torcida não comparece, o melhor de um jogo de futebol é comemorar os gols que dá muita emoção é sempre muito legal e alegre ver a torcida comemorar o gol e este time ficou devendo demais neste setor.

O meio de campo se não criava muito pelo menos ajudou bastante a defesa, no ano que vem temos de fazer pelo menos o básico que é ter um bom goleiro que tivemos este ano e deveria ser feito um pre contrato com ele para o ano que vem, Wanderson Tigrão foi o cara, se não fosse ele o Barretos teria sido rebaixado a muitas rodadas atrás.

Temos de ir atrás de um centroavante matador que este ano não tivemos, mas felizmente tivemos um excelente atacante o Chuck remanescente do timaço de 2016 e que ficou boa parte do tempo no Departamento Médico, mas quando entrou detonou e sofria penaltis, marcou gols que não é bem seu forte, e botou correria em cima das defesas adversárias estilo pontas antigos, sempre indo na linha de fundo e abusando de fintas e assistências aos atacantes, certamente foi o segundo melhor jogador do time neste ano e deveria também ter um pré contrato para 2018, já o meio de campo o melhorzinho foi Marlon, mas precisamos de um grande jogador, um maestro para organizar o time no ano que vem,


AGRADECIMENTOS
Apesar da péssima campanha, o time mesmo experiente com alguns bons jogadores, não deu liga, ainda assim,  eu quero parabenizar o Miltão pelo trabalho incansável e grande esforço, pois, mesmo doente e com problemas na família e sacanagens políticas que fizeram com ele na eleição do Rio das Pedras Country Club, ainda assim ele  não desistiu do Barretos Esporte Clube.

A chegada do preparador físico Cleber Augusto e do Diretor de Futebol Vilson Tadei foi maravilhoso, eles recuperaram a auto estima do time que vinha já nocauteado e caindo pelas tabelas e virtualmente rebaixado e deu novo ânimo e se tivesse mais uma rodada ou se o time tivesse um ataque um pouco melhor e a equipe conseguisse empatar com o Guarani ou vencer o São Caetano fora de casa poderíamos ter evitado o rebaixamento, no ano passado esta dupla foi a responsável por uma das melhores campanhas de todos os tempos do Barretos, com o time ficando uma posição apenas para subir para a priemria divisão, certamente são os mesmo culpados pelo descenso. No ano passado a diferença foi que Vilson Tadei era o técnico e Cleber o preparador físico e este ano depois que ele veio o time melhorou muito o preparo físico e os atletas se recuperaram mais rápido.

O incrível é que Vilson Tadei esperou a confirmação dele como técnico e na indefinição da Diretoria acabou assumindo o Oeste que não vinha fazendo boa campanha e ele foi demitido, a Federação visando evitar a demissão sistemática de técnicos criou a regra de que se demitir um técnico ele não pode ser contratao por outra equipe desta divisão que aí teria de buscar em outro estado, mas pelo visto não surtiu efeito e o Barretos acabou demitindo três técnicos e ao todo foram quatro técnicos.

A única forma de driblar o regulamento foi colocando o Vilson Tadei como Diretor de Futebol e existe legalmente este cargo, que no início do campeonato era ocupado por Pinho e coloacr o Cleber como Técnico, pois, os dois tem muito entrosanmanto e deu certo, pena que fizeram isto tarde de mais, o aproveitametno nas últimas cinco partidas foi de 66% acima do líder do campeonato que ficou na casa de 61%, mas acabou não sendo suficiente, ams foi um belo trabalho, mostrou a capacidade da dupla e o erro de não ter começado o campeonato com eles que já estavam ambientados aqui.

E se tivesse entrado no começo do campeonato o time seria bem melhor com a permanência da base do ano passado e jogadores mais rápidos e jovens e principalmente um ataque muito mais qualificado e com matadores só isto já resolveria nosso problema.

Quero também parabenizar o excelente Diretor José Reinaldo dono da Drogaria Drogamix, que a anos tem sido um dos principais alicerces do Barretos, um dos poucos que sempre dá a cara a bater, nas vitórias e nas derrotas, ele anda meio desanimado, mas espero que esta dupla Miltão e José Reinando não desistam do Barretos que até o final do ano segundo ele disse o clube deve se manter apenas com as equipes de base sub 15, sub 17 e sub 20 e não deve disputar a Copa São Paulo, só espero que tenhamos no ano que vem futebol profissional na cidade e que mais empresários abrace o time e apoie durante todo o campeonato e mais pessoas se tornem sócio torcedores para ajudar o time e que a nova equipe começe a ser formada a partir de novembro deste ano.


Barretos, 23 de abril de 2017.


Celso Rodrigo Branicio
Licenciado em Educação Física pela UnB





SAIBA MAIS:


Gols - Barretos 3x2 Velo Clube - Campeonato Paulista Série A2 2017 - 19ª Rodada




Publicado em 24 de abr de 2017


Gols, Barretos-SP 3x2 Velo Clube -SP | Paulista Série A2 2017


Gols, Barretos-SP 3x2 Velo Clube -SP | 19ª Rodada

Inscreva-se: https://goo.gl/OncKZg

Mais gols do Paulistão Série A2: https://goo.gl/x7b8lP


Fonte: Vídeo no Youtube - Canal do WPA SPORTS








CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CAMPEONATO PAULISTA DE FUTEBOL DA A2 DE 2017

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CAMPEONATO PAULISTA DE FUTEBOL DA A2 DE 2017




Barretos 3 x 2 Velo Clube - Touro e Galo morrem abraçados
Mesmo a vitória não foi suficiente para o Touro escapar da degola


Publicado em 23/04/2017 por Agência Futebol Interior 







Mesmo tendo comandado o time apenas nas últimas cinco rodadas, Cléber Augusto não fugiu da responsabilidade

Publicado em 24/04/2017 por Agência Futebol Interior




BEC encerra A-2 com dívida que pode chegar a R$ 200 mil

Tesoureiro diz que despesa total na competição gira em torno de R$ 1 milhão

O tesoureiro Rodrigo Martinelli afirmou que o Barretos Esporte Clube encerra a série A-2 com um deficit que varia entre R$ 150 mil e R$ 200 mil. Segundo ele, os maiores custos estão nos pagamentos a atletas e comissão técnica, que têm folha salarial que atinge R$ 170 mil.

“Tivemos muita dificuldade durante o campeonato inteiro. Já no começo, quando se contrata a equipe, jogadores e comissão técnica, os contratos foram fechados em dezembro. Naquele mês não entrou nenhuma receita para o clube e em janeiro também não. E mesmo assim fizemos frente às despesas”, explicou.

DESPESAS: De acordo com o diretor, a despesa total estimada na série A-2 gira em torno de R$ 900 mil e R$ 1 milhão, enquanto a receita líquida da verba repassada pela Federação Paulista de Futebol chegou a R$ 330 mil. Somente nos jogos em casa, Rodrigo Martinelli aponta despesa fixa de R$ 7 mil, que envolvem os profissionais da Federação Paulista, equipe de antidoping, Polícia Militar e profissionais que atuam no estádio.

RECEITAS: Martinelli avaliou que os patrocínios, envolvendo marcas na camisa e placas de publicidade no estádio Fortaleza, superaram os números de 2016, mas ainda foram abaixo do esperado. No entanto, como alguns apoiadores parcelaram o pagamento de suas cotas, haverá receita através de patrocínio até junho deste ano.

SÓCIOS: Outro ponto ressaltado pelo tesoureiro foi o programa de sócios torcedores, que registrou 370 adesões, número que configura quase o dobro em relação ao ano passado. Segundo Rodrigo Martinelli, a instalação do programa com o formato atual permite à diretoria continuar com a ação, pois o cartão fornecido ao torcedor tem validade de três anos.

RENDA: A arrecadação via bilheteria ficou abaixo do esperado, que seria em torno de R$ 40 mil para os jogos em casa, uma média de 2 mil torcedores por partida. No entanto, no maior público do ano, na vitória sobre o União Barbarense na 2a rodada, o público foi de 1.632 e a renda de R$ 25.500.





FICHA TÉCNICA DE BARRETOS 3 X 2 VELO CLUBE
CAMPEONATO DE FUTEBOL PAULISTA DA A2 DE 2017


FICHA TÉCNICA DE BARRETOS 3 X 2 VELO CLUBE CAMPEONATO DE FUTEBOL PAULISTA DA A2 DE 2017




RESULTADOS DOS JOGOS DA 19ª RODADA 
CAMPEONATO PAULISTA DA A2 DE 2017
RESULTADOS DOS JOGOS DA 19ª RODADA DO CAMPEONATO PAULISTA DA A2 DE 2017



POSTAGEM DE DESTAQUE

UnBHoje - 6 a 12 de novembro de 2020 (Universidade de Brasília)

  06 A 12 DE NOVEMBRO 2020 ANO 35 Nº 6212 ...