Bem-vindo ao Blog Celso Branicio -

Pesquisar dentro deste blog

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Parceria APEOESP e Cartão Olé Consignado: mais vantagens para você!

Parceria APEOESP e Cartão Olé Consignado: mais vantagens para você!

Para conhecimento

Parceria APEOESP e Cartão Olé Consignado: mais vantagens para você!

Ele não tem anuidade, é internacional, as taxas são pequenas e não precisa de consulta ao SPC/Serasa. Faça já o seu cartão! Atendimento exclusivo a associados APEOESP: Rua 7 de abril, 97, 7º andar, sala 78, Centro SP - Ligue agora: (11) 3214-0921



INTERMED REUNE UNIVERSITÁRIOS DE MEDICINA PARA O JOGOS EM BARRETOS (CULTURA FM DE GUAIRA-SP)




INTERMED REUNE UNIVERSITÁRIOS DE MEDICINA PARA O JOGOS EM BARRETOS (CULTURA FM DE GUAIRA-SP)


4 de setembro às 15:25





VERGONHA: MESMO COM ROMBO DE QUASE MEIO BILHÃO DE REAIS, VEREADORES DE BARRETOS VOLTAM A APROVAR AS CONTAS DO FUNDO DE PREVIDÊNCIA (CULTURA FM DE GUAIRA-SP)

A 25ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Barretos, realizada nesta segunda-feira, manteve a falta de respeito com a população, repetindo o atraso de quase uma hora no horário de início.


Depois de iniciada, a sessão acabou suspensa novamente por mais 40 minutos, para uma conversa fechada com representantes da Santa Casa.

Sem revelar o teor da conversa, os vereadores voltaram e, ignorando a situação de falência, com uma dívida de quase R$ meio bilhão, aprovaram as contas do Fundo Municipal de Previdência e encerraram a sessão, que teve cerca de 30 minutos de duração. Depois de 20 dias de férias remuneradas, a “Ilha da Fantasia” está de volta.


VERGONHA: MESMO COM ROMBO DE QUASE MEIO BILHÃO DE REAIS, VEREADORES DE BARRETOS VOLTAM A APROVAR AS CONTAS DO FUNDO DE PREVIDÊNCIA (CULTURA FM DE GUAIRA-SP)


Fonte: Facebook Página da Cultura Fm Guaíra Sp


05/06/2016   23hs46



PREFEITO GUILHERME ÁVILA É NOVAMENTE DERROTADA NA JUSTIÇA POR SUSPENSÃO INJUSTA AO VEREADOR PROFESSOR ADILSON (CULTURA FM DE GUAIRA-SP)

O prefeito de Barretos, Guilherme Ávila, sofreu, na semana passada, mais uma derrota na justiça, ao ver seu recurso no processo da suspensão do vereador Professor Adilson negado pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.
Num ato considerado de perseguição política, o prefeito determinou a suspensão do professor por 30 dias, alegando que ele faltara sem justificativa. O professor, que é vereador, estava, na verdade, em visita a gabinetes oficiais em busca de verbas para o município.
O vereador entrou na justiça e o prefeito já perdeu em primeira e segunda instâncias, o que poderá configurar perseguição política.

PREFEITO GUILHERME ÁVILA É NOVAMENTE DERROTADA NA JUSTIÇA POR SUSPENSÃO INJUSTA AO VEREADOR PROFESSOR ADILSON (CULTURA FM DE GUAIRA-SP)



Fonte: Facebook Página da Rádio Cultura Fm Guaíra Sp
05/06/2016  23hs46



CANDIDATOS A PREFEITO DE BARRETOS COM CANDIDATURA DEFERIDAS E INDEFERIDAS


http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2016/divulgacao-de-candidaturas-e-contas-eleitorais



Até hoje 09/09/2016 só o candidato José Jesus Aparecido de Faria ainda está aguardando julgamento de sua candidatura e no momento não está deferido.

Fica claro que esta candidatura é uma candidatura fake só para atrapalhar a oposição, tirar votos principalmente da candidata Maria da Graça Oliveira Lemos e facilitar a vitória de Guilherme assim como fizeram com Mussa na última eleição, puro jogo sujo destes prefeitinho Guilherme de Ávila que de novo só tem a idade, usa de métodos antigos e sujos da política brasileira, na verdade politicagem pura.

Tomara que o TSE indefira em definitivo a infeliz candidatura do Faria, aí seria mano a mano Guilherme e Graça.




Vice prefeito na chapa de José faria é assessor do prefeito Guilherme, e os dois outros partidos que apóiam sua candidatura PSDC e PEM também são de assessores do prefeito Guilherme




Vice prefeito na chapa de José faria é assessor do prefeito Guilherme, e os dois outros partidos que apóiam sua candidatura PSDC e PEM também são de assessores do prefeito Guilherme

Fonte: Facebook perfil do Vereador Juninho Leite
6 de agosto às 23:01






CANDIDATOS A PREFEITO DE BARRETOS COM CANDIDATURA DEFERIDAS E INDEFERIDAS



http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2016/divulgacao-de-candidaturas-e-contas-eleitorais



Até hoje 09/09/2016 o candidato José Jesus Aparecido de Faria ainda está aguardando julgamento de sua candidatura e no momento não está deferido.

Fica claro que esta candidatura é uma candidatura fake só para atrapalhar a oposição, tirar votos principalmente da candidata Maria da Graça Oliveira Lemos e facilitar a vitória de Guilherme assim como fizeram com Mussa na última eleição, puro jogo sujo destes prefeitinho Guilherme de Ávila que de novo só tem a idade, usa de métodos antigos e sujos da política brasileira, na verdade politicagem pura.

Tomara que o TSE indefira em definitivo a infeliz candidatura do Faria, aí seria mano a mano Guilherme e Graça.





Tivemos acesso ao contrato de venda do plano Santa Casa Saúde. Assistam e vejam o absurdo que o prefeito fez na venda do nosso plano!


Tivemos acesso ao contrato de venda do plano Santa Casa Saúde.  Assistam e vejam o absurdo que o prefeito fez na venda do nosso plano!

Fonte: Vídeo no Facebook perfil do Vereador Juninho Leite

2 de setembro às 10:57 · Barretos

https://www.facebook.com/Juninho-Leite-610488625747005/




Prefeito e Eduardo Petrov manda candidatos a vereador e seguranças pra querer me intimidar e barrar CPI da Santa Casa




Prefeito e Eduardo Petrov manda candidatos a vereador e seguranças pra querer me intimidar e barrar CPI da Santa Casa

Fonte: Perfil no Facebook do Vereador Juninho Leite
05/09/2016 10 h · Barretos · 
3,2 mil visualizações


Relembre dois casos da Máfia do SAAE de Barretos, Sorocaba e outras cidades e que ainda estão sendo investigados pelo Ministério Público e GAECCO (Diário de Sorocaba-SP e O Diário de Barretos-SP)

Relembre dois casos da Máfia do SAAE de Barretos, Sorocaba e outras cidades e que ainda estão sendo investigados pelo Ministério Público e GAECCO (Diário de Sorocaba-SP e O Diário de Barretos-SP)



Diário de Sorocaba

Ex-diretor do Saae é preso em operação por suspeita de fraudes em contratos


Publicada em 12/11/2012 às 22:38


O ex-diretor do Saae de Sorocaba, Pedro Dal Pian Flores, é um dos 16 presos da Operação “Águas Claras”, deflagrada pela Polícia Civil e o Ministério Público em quatro Estados e no Distrito Federal. Ele foi detido em seu apartamento às 6 horas, suspeito de participar de uma quadrilha que armou um sistema para fraudar licitações de contratos de empresas de saneamento (água e esgoto) em inúmeras cidades brasileiras. 

Em Sorocaba, o contrato de aproximadamente R$ 8 milhões, que teria lesado diretamente aos consumidores, foi renovado neste ano e as investigações não descartam participação da atual direção da autarquia. Os cidadãos podem ter pagado de 10 a 20% a mais em suas contas por causa da fraude. Pedro Dal Pian atuou no Saae na década de 1970 e voltou às funções por indicação do ex-prefeito Renato Amary em 1997, tendo permanecido no cargo no primeiro mandato do prefeito Vitor Lippi, quando ocorreu a assinatura do contrato questionado. 

A investigação teve início em Sorocaba, após um depoimento mantido em sigilo que teria revelado detalhes importantes do esquema; mas foi descoberto depois que as empresas envolvidas no esquema praticavam a fraude em outros municípios do País. Foram expedidos 18 mandados de prisão em Sorocaba, Assis (SP) e nos Estados de Goiás e Santa Catarina. Dois suspeitos estavam em viagem internacional. Uma pessoa foi presa em Goiás e outra em Santa Catarina, e prestariam depoimento através de carta precatória. Os outros detidos foram todos ouvidos na sede do Grupo Antissequestro (GAS), em Sorocaba. Quatro deles foram liberados por colaborarem de forma efetiva e eficaz com as investigações. Entre eles, está o dono da empresa Allsan Engenharia, líder do esquema, Reginaldo Costa Filho, que foi preso na capital logo pela manhã. Os outros - incluindo Dal Pian - foram encaminhados no início da noite para a cadeia pública de Pilar do Sul. 

A operação conjunta uniu forças da Polícia Civil e do Ministério Público, por meio do Grupo de Ações Especiais e Combate ao Crime Organizado (Gaeco). O trabalho de investigações já duravam por volta de um ano e dois meses; os trabalhos da operação tiveram início às 3h30 da madrugada de domingo para segunda-feira. Além dos pedidos de prisão, foram expedidos 25 mandados de busca e apreensão em documentos. A Polícia Civil esteve no Saae de Sorocaba ontem recolhendo provas. 

O esquema criminoso tinha como sua matriz a Associação Brasil Medição, com sede em São Paulo, que se tratava de uma quadrilha formada por empresas como a Enorsul, Job Strategos, Sanear e SCS, de São Paulo; TCM e HR, de Assis; Construtora Santa Tereza, de Goiânia (GO); Floripark e RDN de Florianópolis (SC). As mesmas empresas sempre competiam nos mesmos pregões eletrônicos, com lances combinados e o acordo de quem seria a vencedora, após pagamento de propina a funcionários do poder público. A quadrilha teria agido nas cidades de Barretos, Jardinópolis, Caraguatatuba, Ubatuba, São Sebastião, Ilhabela, Botucatu, Diadema, Sertãozinho e Jundiaí e São Leopoldo (RS), além de empresas de saneamento no Distrito Federal e Piauí. Todos os contratos somam cerca de R$ 1 bilhão, dos quais R$ 150 milhões representam o valor de propina. 

O promotor do Gaeco, Wellington Veloso, disse que Pedro Dal Pian Flores era o contato direto da quadrilha em Sorocaba, em 2007, quando o esquema teria infiltrado-se na cidade. “O superfaturamento é repassado para o consumidor. Os contratos não saem mais baratos em razão do superfaturamento. E quem paga é o cidadão.” O delegado do GAS, Wilson Negrão, disse que as empresas faziam imposição dos preços, impedindo a livre concorrência. “Houve situações em que não conseguiram impor o esquema, como na região de Ribeirão Preto. Por outro lado, em um dos casos, uma cidade com a Sabesp assinou contrato pagando R$ 1,48 por leitura, em valor que poderia ser de R$ 0,88”. A também promotora do Gaeco, Maria Aparecida Castanho, ainda contou sobre uma das artimanhas. “Uma passagem nos autos dá conta de que, em um dos pregões eletrônicos, em que cada empresa deveria estar pela internet dando seus lances separadamente, todos estavam reunidos na mesma mesa, combinando os lances, para antever o vencedor.” 

Em relação ao contrato de Sorocaba, que foi renovado no início deste ano com uma das empresas participantes do esquema, Wilson Negrão disse que os primeiros indícios levam a acreditar que esta renovação também tem origem fraudulenta e que podem surgir novos nomes que serão investigados, incluindo membros da atual direção do Saae. Ele adiantou que já há outras pessoas envolvidas, mas que ainda é prematuro revelar o número de funcionários ou suas funções. A Allsan tem contrato com o Saae de Sorocaba desde abril de 2008, realizando leitura de hidrômetros e distribuição das contas de água. A autarquia distribuiu nota informando que a licitação “a exemplo de todas as demais promovidas pela autarquia, obedeceu rigorosamente a todas as normas da legislação vigente”.

Segundo as investigações, a autarquia remunerava a empresa fraudulenta e, mensal ou bimestralmente, um representante entregava pessoalmente o dinheiro vivo em ruas próximas ou em uma padaria perto da sede do Saae, no Jardim Santa Rosália. “Este é um exemplo de como o crime organizado se infiltra no poder público se utilizando de funcionários públicos corruptos, que aproveitam das informações privilegiadas de seus cargos”, disse Veloso. 


Publicada em 12/11/2012 às 22:38



VEJA  OUTRO CASO DE CORRUPÇÃO QUE ENVOLVEU O SAAE BARRETOS.


30/03/2012 | Política / Política

Investigação começou em agosto de 2011


Relembre o caso da Máfia do SAAE de Barretos que ainda está na ativa - Promotor apura caso de corrupção e pede prisões - Jornal O Diário de Barretos _agosto de 2011 - Fonte: Jornal O Diário de Barretos - 30/03/2012 | Política / Política - Título Original: Promotor apura caso de corrupção e pede prisões - http://www.odiarioonline.com.br/noticia/578/PROMOTOR-APURA-CASO-DE-CORRUPCAO-E-PEDE-PRISOES-
O promotor de justiça Aluisio Maciel Neto revelou ontem que pediu ao Judiciário a prisão preventiva de quatro pessoas que teriam participação num esquema de corrupção que envolveria o SAAE, uma empreiteira e dirigentes da associação Os Independentes. Em entrevista coletiva, o dr. Aluisio contou que a investigação começou em agosto de 2011 e apurou que áreas do Parque do Peão foram asfaltadas pela empresa “Carmo Ferreira”, que era contratada do SAAE, mas o serviço teria sido realizado em troca de credenciais para a Festa do Peão e a cessão do espaço Berrantão para uma festa particular de casamento.
 
Na denúncia, o promotor de justiça apontou como envolvidos Luiz Carlos Anastácio, o Paçoca, que seria o gestor indireto do SAAE, o servidor da autarquia Leone Wilman, além de Marcos Murta, ex-presidente de Os Independentes, e Gleidson Vedovato, funcionário da associação. Segundo o dr. Aluisio, no procedimento de investigação da Promotoria foram constatadas situações “de corrupção ativa, passiva e peculato dessas quatro pessoas”. O promotor Aluísio Maciel Neto confirmou também sua remoção por merecimento para Santa Bárbara D´ Oeste. 


Fonte: Jornal O Diário de Barretos
30/03/2012 | Política / Política
Título Original: Promotor apura caso de corrupção e pede prisões
http://www.odiarioonline.com.br/noticia/578/PROMOTOR-APURA-CASO-DE-CORRUPCAO-E-PEDE-PRISOES-






POSTAGEM DE DESTAQUE

UnBHoje - 6 a 12 de novembro de 2020 (Universidade de Brasília)

  06 A 12 DE NOVEMBRO 2020 ANO 35 Nº 6212 ...