Bem-vindo ao Blog Celso Branicio -

Pesquisar dentro deste blog

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Orçamento estadual 2017 é debatido na Câmara de Barretos (Assembléia Legislativa de SP)

27/06/2016 17:31


Entre as reivindicações, destaque para atendimento à mulher vítima de violência


Da Redação: Marisa Mello Fotos: José A. Teixeira



Orçamento estadual 2017 é debatido na Câmara de Barretos (Assembléia Legislativa de SP)
A Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento (CFOP) debateu nesta sexta-feira, 24/6, na Câmara de Barretos, o Orçamento estadual 2017. A reunião foi conduzida pelo deputado Orlando Bolçone (PSB) e teve o objetivo de colher as sugestões de emendas ao projeto orçamentário. O deputado Sebastião Santos(PRB), o presidente da Câmara de Barretos, André Rezeck, e as vereadoras de Barretos Paula Lemos e Gláucia Simões também compuseram a mesa de trabalhos.


"Esse modelo de o Legislativo promover audiências em todas as regiões do Estado colheu demandas importantes. No caso de Barretos, algumas já resultaram em atendimento, como recursos para a Santa Casa", explicou Bolçone. O deputado disse que Barretos tem importância histórica para o Estado e para o país. "Os colonizadores partiam de Minas rumo ao interior do Brasil e utilizavam Barretos como parada de descanso. Muitos acabaram ficando e desenvolvendo a região".


Violência doméstica

Glaucia Simões abordou o tema da violência doméstica, pedindo a criação de uma casa-abrigo em Barretos. Ela também reivindicou investimentos no centro de referência de atendimento à mulher, como um veículo próprio para esse centro. Sua colega de Câmara, Paula Lemos pleiteou a conclusão das obras de Emei (creche) em Barretos, mais segurança nas escolas, criação de centro de referência da mulher e descentralização do sistema disque 190 da Polícia Militar. Reforçou as palavras de Glaucia e ainda requereu a instalação de uma casa-adolescente, que dá orientação a jovens, inclusive às gestantes.

Rezeck abordou o problema do Serviço de Verificação de Óbito que necessita de solução urgente, pois as famílias ficam 24 horas aguardando a liberação do corpo de um parente. Ele falou também da extensão de rodovia que passa por Jaborandi até Barretos, num trecho de 15 km, a partir da ponte do Rio Pardo. A otimização do aeroporto de Barretos também foi proposta por Rezeck, bem como a construção de um centro de atendimento psicossocial e de unidade da Fatec em Barretos.

O deputado Sebastião Santos destacou que cada região do Estado tem sua especificidade e daí a importância de se percorrer o território paulista para ouvir demandas tão distintas. "Nas audiências surgem as propostas que acabam inclusive se tornando indicações de deputados, que conseguem recursos para atividades que beneficiam a população". Ele ainda ressaltou a necessidade da duplicação da rodovia que liga Barretos a Colômbia e da ligação até a rodovia Anhanguera; da instalação de unidade da Polícia Técnico-Científica; criação de incentivo para o programa Jovem Aprendiz em órgãos públicos; e verbas para o turismo regional de Barretos.


Ensino, esporte e cultura

José Geraldo Resende, presidente em exercício do Conselho Municipal de Cultura, tratou do Proac Editais, solicitando aporte de R$ 100 milhões a este programa cultural para atender as atividades culturais do interior voltadas principalmente para a juventude.


Uelder Motta, professor de artes marciais, sugeriu programas de inclusão social baseados no esporte. "Aproveito para contestar critérios na concessão do bolsa-talento que, apesar de ser um incentivo ao esportista iniciante, só é concedida se o beneficiário já tiver um título nacional, ou seja, para alguém que já não está no início de carreira".

A professora Elizete Luciano pleiteou reajuste salarial para a categoria que integra e mais segurança nas escolas. Lembrou que a escola de tempo integral deveria ser implementada pelo governo do Estado, pois é uma boa medida para afastar os jovens das ruas.

Margarete Angli, do Sindicato dos Trabalhadores do Centro Paula Souza, propôs aumento do número de funcionários do centro e melhor infraestrutura nas Etecs e Fatecs, além de reajuste salarial.


Demandas variadas

Já a supervisora de ensino Maria Graça Lemos pediu a instalação em Barretos de um centro de recuperação de dependentes químicos, criação de um parque tecnológico para geração de empregos e atendimento pleno na educação infantil.

Celso Branício, da Associação de Participação Popular na Política, pediu mais segurança nas escolas, capacitação dos funcionários da educação, isenção de impostos para entidades sociais, reforma do terminal rodoviário de Barretos, criação de centro de zoonoses, instalação de centro de referência do idoso e implantação de restaurante Bom Prato nas imediações do Hospital do Câncer, entre outros.

Vereadora Olga Paro trouxe os pedidos de Severínia: construção de passarelas na cidade e incentivos ao Programa Melhor Caminho.

Os principais temas indicados pelos participantes em plenária foram educação, saúde e segurança.


Orlando Bolçone - Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017 em Barretos 24/06/2016

Mesa Diretora com Deputado Orlando Bolçone, Sebastião Santos, Glaucia Simões e André Rezeck na tribuna - Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017 em Barretos 24/06/2016

Celso Rodrigo Branicio da APPP - Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017 em Barretos 24/06/2016


Olga Paro de Severinia - Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017 em Barretos 24/06/2016

Elisete Luciano - Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017 em Barretos 24/06/2016

Glaucia Simões - Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017 em Barretos 24/06/2016

Huelder Mota - Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017 em Barretos 24/06/2016

José Geraldo Rezende - Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017 em Barretos 24/06/2016

Margareti Angeli - Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017 em Barretos 24/06/2016

Maria da Graça Oliveira Lemos - Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017 em Barretos 24/06/2016

Paula Lemos - Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017 em Barretos 24/06/2016

Cidadãos Barretenses e da região acompanhando a Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017  em Barretos 24/06/2016

Publico acompanhando a Audiência Pública do Orçamento estadual de SP 2017  em Barretos 24/06/2016









Estado tem 719 vagas em concursos públicos (Agora SP)

Estado tem 719 vagas em concursos públicos (Agora SP)

Quem quer entrar na área pública encontra, pelo menos, 719 oportunidades em concursos públicos nesta semana em São Paulo.
Em São José do Rio Preto (438 km de SP), a prefeitura abre hoje inscrições para preencher 55 vagas na Secretaria de Assistência Social. Do total, 15 chances são para Educador Social, com exigência de ensino médio completo e salário de R$ 1.839,04.
Os interessados têm até 28 de julho para se inscrever no site www.vunesp.com.br. A inscrição custa R$ 69,41 para educador social e R$ 89,87 para cargos de nível superior.
A Prefeitura de Rio Claro (173 km de SP) inscreve para 43 oportunidades. Do total, há 30 vagas para professor de educação básica 1 separadas em dois editais. O salário chega a R$ 14,93 por hora-aula, para quem tem habilitação em pedagogia.
As inscrições vão até o dia 15 de julho pelo site www.vunesp.com.br.
A Câmara de Osasco (Grande SP) tem 138 vagas. Há chances para todos os níveis de escolaridade. Quem tem ensino médio completo pode concorrer a 30 vagas como secretário parlamentar. Para o cargo é exigido conhecimento em informática e o salário é de R$ 3.003,28. O cadastro deve ser feito até o dia 7 de julho pelo site www.institutomais.org.br.
Os interessados em fazer o curso para formação de cadetes do Exército devem se apressar, pois as inscrições terminam amanhã. São 440 oportunidades que exigem nível médio. O cadastro deve ser preenchido pelo site www.espcex.ensino.eb.br. A taxa é de R$ 90.


LISTA DE CONCURSOS 
Agora São Paulo 

ÓRGÃO - INSCRIÇÃO ATÉ  - VAGAS - EDITAL 

Câmara de Avaí 11 de julho 2 5.052,11 www.duxconcursos.com.br 
Câmara de Colômbia 14 de julho 4 3.836,82 www.magnusconcursos.com.br 
Câmara de Osasco 7 de julho 138 6.478,74 www.institutomais.org.br 
Exército – Cadetes 28 de junho 440 Não informado www.espcex.ensino.eb.br 
Exército – Sargentos 4 de julho 1205 Não informado www.esa.ensino.eb.br 
Prefeitura de Cotia 28 de julho 20 5.896,80 www.cetroconcursos.org.br 
Prefeitura de Rio Claro 15 de julho 43 3.940,46 www.vunesp.com.br
Prefeitura de Santa Rita do Passa Quatro 8 de julho 7 11.415,20 www.rboconcursos.com.br Prefeitura de São José do Rio Preto 28 de julho 55 4.339,01 www.vunesp.com.br SBCPREV (Instituto de Previdência do Município de São Bernardo do Campo) 30 de junho 10 + CR 7.687,20 www.ibamsp-concursos.org.br


Fonte: Jornal Agora São Paulo
Seção: Trabalho - 27/06/2016
Vanessa Sarzedas do Agora


Sai o resultado final do concurso do INSS (Agora SP)

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) publicou ontem o resultado final do concurso com 950 vagas.

Os gabaritos oficiais definitivos e os editais com o resultado final das provas objetivas estão no site da organizadora (www.cespe.unb.br/concursos/inss– 2015 2015).

Os editais, divididos por Estado da vaga, também convocam os candidatos para a etapa de perícia médica e para a verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas aos candidatos negros ou pardos.

Sai o resultado final do concurso do INSS

Fonte: Jorna Agora São paulo
Seção: Trabalho - 21/06/2016
Leda Antunes e Vanessa Sarzedas do Agora





Saiba como concorrer aos prêmios da Nota Fiscal (Agora SP)

O governo estadual irá reduzir, a partir de julho, a quantidade e o valor gasto com os prêmios mensais da Nota Fiscal Paulista. Agora, serão sorteados R$ 4,7 milhões em prêmios por mês. A novidade é que haverá sorteio de R$ 1 milhão a cada mês. Até então, esse valor era liberado só em datas especiais, como o Natal.
Para concorrer, o consumidor que pede a inclusão do CPF na nota fiscal deve se cadastrar no site do programa (www.nfp.fazenda.sp.gov.br) e aderir ao regulamento dos sorteios.
As adesões até o dia 25 de cada mês permitem a participação já no mês seguinte.

Saiba como concorrer aos prêmios da Nota Fiscal (Agora SP)

Fonte: Agora São Paulo
Seção: Grana - 27/06/2016
Leda Antunes do Agora




Chile bate Argentina na decisão da Copa América pelo segundo ano consecutivo (Agora SP)

Pela segunda vez em apenas um ano, o Chile se sagrou campeão continental em cima da Argentina. Depois de conquistar em casa o primeiro título da sua história, em 2015, a Roja conseguiu o repeteco ontem e, novamente nos pênaltis, bateu a alviceleste na final da Copa América Centenário, em Nova Jersey, nos Estados Unidos.

A final disputada na América do Norte lembrou muito a do ano passado: empate sem gols no tempo normal, manutenção do 0 a 0 na prorrogação e vitória chilena na marca da cal, desta vez por 4 a 2 –na Copa América-15, o time então comandado pelo argentino Jorge Samapoli ganhou por 4 a 1.

Outra grande diferença, fundamental para o titulo chileno, foi o erro de Messi na decisão por pênaltis. Primeiro argentino a bater, logo após o erro de Vidal, ele isolou a cobrança e assistiu atônito ao restante dos penais. 

Chile bate Argentina na decisão da Copa América pelo segundo ano consecutivo (Agora SP)


Fonte: Jornal Agora São Paulo
Seção: Vencer - 27/06/2016
Felipe Cerqueira do Agora
www.agora.uol.com.br
 




Prima de Eduardo Campos diz que Polícia Civil não tem autonomia para investigar morte de empresário

PUBLICADO EM 26/06/2016 ÀS 17:35 POR  EM NOTÍCIAS

Prima de Eduardo Campos diz que Polícia Civil não tem autonomia para investigar morte de empresário




A vereadora do Recife Marília Arraes (PT), prima do ex-governador Eduardo Campos e antes filiada ao PSB, afirmou em nota que a Polícia Civil sofre interferência do governo Paulo Câmara (PSB) nas investigações da morte do empresário Paulo César de Barros Morato. Ele foi encontrado sem vida em um motel de Olinda após ser alvo de prisão preventiva por ser apontado pela Polícia Federal como ‘laranja’ em esquema de lavagem de dinheiro supostamente para campanhas de Campos. A petista criticou também o fato de o pedido de inquérito sobre a denúncia de um suposto esquema de pedido de propina a artistas para shows ter sido feito à Civil.
Marília Arraes cita o questionamento do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE), que vai denunciar uma suposta influência no caso. A entidade afirma que peritos foram impedidos de fazer a apuração papiloscópica na manhã da última quinta-feira (23). A Secretaria de Defesa Social (SDS) negou interferência e disse que os trabalhos haviam sido concluídos na noite em que o corpo foi encontrado, na quarta (22).
“O caso é gravíssimo. E é esta mesma polícia, sem autonomia que vai investigar as denúncias de nossos artistas?”, questionou a vereadora na nota. “O tempo dos coronéis acabou. A sociedade exige respostas. E não são respostas rasas e discursos publicitários”, atacou Marília Arraes.
PROPINA DE ARTISTAS – Na mesma nota, a petista defendeu também a investigação da denúncia de que haveria um esquema de cobrança de propinas para que artistas fizessem shows e disse que a suposta organização não seria denunciada por artistas por medo de represálias.
A polêmica veio a tona depois do vazamento de um áudio enviado pelo cantor André Rio para um grupo de artistas no WhatsApp, em que afirma ter recebido a proposta de entregar metade do cachê de seis shows, quatro com recursos da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) e dois com verba repassada pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). O músico explicou que propostas assim são feitas por empresários principalmente para apresentações no interior do Estado e corresponsabilizou a Empetur e a Fundarpe.
“Há muito tempo ouvimos, nos bastidores, queixas relativas a este tipo de prática em gestões sob o comando deste mesmo grupo que hoje controla o Executivo (estadual e da capital). Mas infelizmente, em função das pressões e do medo constante de represálias, a maior parte dos artistas opta por não dar prosseguimento as denúncias. Afinal, eles só têm o seu próprio testemunho contra um poder hegemônico e perseguidor”, afirmou Marília Arraes na nota.
O secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, saiu em defesa dos gestores e pediu à Polícia Civil a abertura de um inquérito sobre o caso, o que deve ser feito nesta segunda (27). “Carreras apressou-se em ir aos veículos de imprensa não para apresentar medidas efetivas contra a corrupção, mas sim para ameaçar o artista denunciante e outros que a ele se solidarizaram”, disse a vereadora. A petista ainda questionou a investigação. “Ressalto, a mesma Polícia Civil que há dois dias foi impedida de cumprir seu papel, graças a interferência política deste governo do qual o secretário faz parte”, atacou.





Sinpol denunciará ao MPPE suposta interferência em perícia de morte de foragido da Operação Turbulência


PUBLICADO EM 26/06/2016 ÀS 16:38 POR  EM NOTÍCIAS
Sinpol denunciará ao MPPE suposta interferência em perícia de morte de foragido da Operação Turbulência
Com informações do Jornal do Commercio
O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol) afirmou que vai acionar o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) pedindo ao órgão para investigar uma denúncia de que papiloscopistas teriam sido impedidos de fazer perícia no quarto do motel onde foi encontrado o corpo do empresário Paulo César de Barros Morato, único foragido da Operação Turbulência. A Secretaria de Defesa Social (SDS) negou a acusação do sindicato.
“Os peritos foram ao motel quinta-feira (23) pela manhã colher impressões digitais, procedimento de rotina em todo crime para definir quantas pessoas estavam no local, mas disseram que havia ordem da SDS para eles recuarem, sem nenhuma justificativa”, afirmou ao Jornal do Commercio o presidente do sindicato, Áureo Cisneiros. De acordo com ele, a polícia tinha realizado apenas a perícia criminal no quarto, que é diferente da papiloscopia. O Sinpol também publicou uma nota com questionamentos políticos napágina da entidade no Facebook.
Em nota, a SDS rebateu o Sinpol afirmando que todas as perícias necessárias foram feitas na noite da última quarta-feira (22), quando o corpo foi encontrado no quarto de um motel em Olinda. A Secretaria disse ainda que a equipe de peritos foi ao local na manhã seguinte “espontaneamente e sem ordem superior”, “a pretexto de realizar uma perícia complementar no local, razão pela qual recebeu ordem para retorno.”
A Polícia Civil acredita que o empresário tenha morrido ainda na terça (21), no mesmo dia em que a Polícia Federal deflagrou a Operação Turbulência, em que ele era alvo de um mandado de prisão preventiva. Morato era dono de uma empresa de terraplanagem que recebeu da OAS R$ 18,8 milhões, supostamente desviados de verbas das obras da Transposição do Rio São Francisco para a campanha do ex-governador Eduardo Campos (PSB) em 2014.






Após confusão e mesmo sem vistoria, Prefeitura de Caruaru garante shows neste domingo


PUBLICADO EM 26/06/2016 ÀS 14:37 POR  EM NOTÍCIAS
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Com brigas, tumulto e até tiros, a noite de shows desse sábado (25) no Pátio de Eventos Luiz Lua Gonzaga, em Caruaru, no Agreste pernambucano, terminou com mais de 170 feridos e estrutura danificada. Diante do clima de insegurança, foi cogitada a suspensão da festa, que pode ser confirmada ou não após uma vistoria na tarde deste domingo (26). Mesmo sem a inspeção do Corpo de Bombeiros, a prefeitura enviou uma nota à imprensa garantindo a realização da festa à noite. As apresentações marcadas são de Erisson Porto, Amigos Sertanejos, Márcia Felipe.
» Leia a nota na íntegra:
“A Prefeitura de Caruaru informa que apenas alguns portões e grades foram avariados na noite de ontem, não comprometendo nenhuma outra parte da estrutura. Os reparos necessários já foram realizados, o Corpo de Bombeiros fará uma vistoria de segurança e os show acontecerão normalmente na noite de hoje.”
O juiz Marupiraja Ramos Ribas, responsável pelo Juizado do Forró, classificou a noite desse sábado como “o pior plantão dos oito anos”.
A organização estima que mais de 120 mil pessoas estiveram no pátio para a festa, que incluiu o show de Wesley Safadão, liberado pela Justiça após polêmica sobre o cachê de R$ 575 mil. O cantor anunciou que vai doar o valor para insituições filantrópicas em Caruaru.


Governo Temer não quer renegociar dívidas dos estados com o BNDES, ao contrário do que deseja Paulo Câmara

PUBLICADO EM 26/06/2016 ÀS 12:35 POR  EM NOTÍCIAS
Foto: Dênio Simões/ Agência Brasília
A coluna Painel, da Folha de S. Paulo, publicou neste domingo (26) que a equipe econômica do governo Michel Temer (PMDB) não quer renegociar as dívidas dos estados com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), ao contrário do desejo do grupo político. O governador Paulo Câmara (PSB), ao sair de uma reunião com o presidente interino no início da semana, em que se discutiu a dívida com o Tesouro, manifestou a vontade de que fossem discutidas também as operações de crédito.
O socialista afirmou afirmou que a negociação da dívida dos estados atende ‘parcialmente’ Pernambuco. “A gente quer realmente ter um tratamento que inclua todas as operações de crédito, tanto do BNDES quanto do Tesouro, para que haja um equilíbrio entre os estados”, defendeu Câmara.
O governador do PSB afastou também, após a reunião, a possibilidade de o Estado decretar estado de calamidade pública como fez o Rio de Janeiro. “Pernambuco vai continuar trabalhando para manter suas contas em dia. A gente tem que ajudar o Brasil a sair da crise, a voltar a crescer, a gerar emprego, a gerar renda. Eu não vejo nenhuma perspectiva de Pernambuco tomar uma solução como o Rio de Janeiro tomou”, disse na última segunda-feira (20).






Pressionado, Waldir Maranhão cancela ampliação do feriado dos deputados

PUBLICADO EM 26/06/2016 ÀS 11:04 POR  EM NOTÍCIAS

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Estadão Conteúdo – Pressionado por integrantes do Palácio do Planalto e por representantes da Mesa Diretora da Câmara, o presidente interino da Casa, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), desistiu na noite desse sábado (25) de prolongar o “feriado junino” dos parlamentares da próxima semana.
Em comunicado, Maranhão informou aos colegas inicialmente que não haveria sessões deliberativas na Casa em razão dos festejos, mas diante dos desgastes políticos reviu a decisão ao longo do dia. Pela determinação prévia do presidente interino, na próxima semana teria apenas sessões solenes, de debates e audiências públicas. Informalmente, o motivo do cancelamento das sessões se deve ao Dia de São Pedro (29 de junho).
LEIA TAMBÉM

A previsão agora é que haja sessões deliberativas na segunda e terça-feira. Os deputados ficarão liberados, porém, dos demais dias da semana. “Fomos informados há pouco pela Secretaria-geral da Mesa. Maranhão recuou. Era um desgaste muito grande. Se a Casa parar para homenagear cada um dos Santos que existe, ela não terá mais nenhuma sessão de votação”, considerou ao Estado o primeiro secretário, Beto Mansur (PRB-SP).
A decisão de Maranhão também foi comemorada pelo ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, responsável pela articulação do governo com o Congresso. “Prevalece o bom senso, e a decisão de a Câmara não trabalhar próxima semana é revista. Vamos votar o que interessa ao País. O Brasil agradece”, postou ministro em seu perfil no Twitter.

Se a gente não rir, amigo, adoece


PUBLICADO EM 26/06/2016 ÀS 10:52 POR  EM NOTÍCIAS

Veja a charge publicada na edição deste domingo (26) do Jornal do Commercio:



Se a gente não rir, amigo, adoece
Charge: Ronaldo/JC
LEIA TAMBÉM




POSTAGEM DE DESTAQUE

UnBHoje - 6 a 12 de novembro de 2020 (Universidade de Brasília)

  06 A 12 DE NOVEMBRO 2020 ANO 35 Nº 6212 ...