Bem-vindo ao Blog Celso Branicio -

Pesquisar dentro deste blog

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

ROUBO E HOMICÍDIO EM GUAÍRA (TV BARRETOS)



https://youtu.be/UdUWATDbknI

JOGOS ABERTOS DO INTERIOR EM BARRETOS BOLETIM 30/11/2015 (TV BARRETOS)



https://youtu.be/T2CyFfB-U7E

SORTEIO DOS ENDEREÇOS DO LEDA AMÊNDOLA EM BARRETOS (TV BARRETOS)



https://youtu.be/HAaqHcQwZnI

VESTIBULAR FUVEST 2015 EM BARRETOS (TV BARRETOS)



Publicado em 30 de nov de 2015


VESTIBULAR FUVEST 2015 EM BARRETOS (TV BARRETOS)


https://youtu.be/icOfv54AMLg


 

AÇÃO DA CRIMINALIDADE: videos mostram exatamente a ação dos assaltantes na Padaria Pão de Queijo em Guaira-SP


Vídeo 4 - em outro ângulo, o Policial Aposentado identifica a ação dos ASSALTANTES e reage ao crime, ao disparar contra um dos ENVOLVIDOS (que espera para a FUGA na moto), o outro MELIANTE sai da Padaria Pão de QUEIJO atirando e foge a pé...mas momentos depois é preso pela PM.
Policial Aposentado detêm um dos assaltantes que é morto no local, o outro meliante foi preso em uma ação rápida da Policia Militar de Guaíra.




AÇÃO DA CRIMINALIDADE: videos mostram exatamente a ação dos assaltantes na Padaria Pão de Queijo em Guaira-SP



Clique no link abaixo para ver o vídeo:

https://www.facebook.com/jornalismoradiocultura/videos/425775534282371/







Minha gatinha Safira e a importância de um animal de estimação, as responsabilidades e o projeto de chipagem de gatos e cachorrros em Barretos-SP

Minha gatinha Safira e a importância de um animal de estimação, as responsabilidades e o projeto de chipagem de gatos e cachorrros em Barretos-SP - Gata Safira na Jabuticabeira
Gata Safira da Adriana Conceição Ananias na Jabuticabeira, ainda viva até hoje e 
com muita saúde, estou cuidando muito bem dela que continua fofa e carinhosa, minha 
  amiguinha inseparável.


Esta é minha gatinha Safira na jabuticabeira, minha esposa Adriana Conceição Ananias faleceu em 01/09/2014 mas me deixou ela e estou cuidando muito bem desta gatinha, que goza de muita saúde e vitalidade e continua mesmo depois de castrada, subindo em árvores, telhados, correndo e caçando passarinhos, até mesmo beija flores, borboletas, calangos e outros insetos no quintal de casa. Safira é minha companheira fiél e inseparável, continua muito fofa e carinhosa. 

Minha gatinha Safira e a importância de um animal de estimação, as responsabilidades e o projeto de chipagem de gatos e cachorrros em Barretos-SP - Gata Safira no jardim bocejando
Eu e minha saudosa esposa adotamos a Safira ainda filhotinha e foi algo maravilhoso e nunca nos arrependemos, pelo contrário ela ainda proporcionou alguns momentos de alegria no final da vida de minha esposa que tinha depressão profunda e no nosso caso que não tivemos filhos, ela chegou pouco antes de morrer até mesmo a despertar o interesse materno e passou a programar ter um filho em breve e acabou não sendo possível, mas todo este interesse foi devido aos cuidados de uma verdadeira mãe que ela dedicava a gatinha, ainda que nunca a humanizamos como muitos fazem, se bem que gatos sempre preservam uma parte de seus instintos selvagens, diferente dos cachorros.

Minha gatinha Safira e a importância de um animal de estimação, as responsabilidades e o projeto de chipagem de gatos e cachorrros em Barretos-SP - Gata Safira no gramado de perfilA Safira foi além de castrada, vacinada de todo tipo de vacinas necessárias e medicamentos, agora pretendo em breve levar ela para ser chipada neste projeto da Prefeitura de Barretos-SP, espero que este projeto faça sucesso e sirva de exemplo para o estado de SP e o Brasil e que funcione de verdade, afinal pelo menos de animais nosso Prefeito Guilherme de Ávila entende e gosta.


Minha gatinha Safira e a importância de um animal de estimação, as responsabilidades e o projeto de chipagem de gatos e cachorrros em Barretos-SP - Gata Safira no jardim de perfil Com a chipagem vai ficar mais fácil identificar as vacinações, medicações tomadas, cirurgias e principalmente vai dar para se saber no caso de abandono de animais, quem são seus responsáveis, onde mora, qual o nome, endereço, telefone, etc. e ser assim identificados e punidos.

Espero que um dia possamos ver as ruas livres de gatos e cachorros abandonados e que todos que criam animais de estimação que o façam como de "estimação" de fato e de direito e que possam fazer isto com amor e responsabilidade semelhante ao que dedicam a seus filhos.






Barretos, 29/11/2015.

Celso Rodrigo Branicio






Saiba mais sobre o projeto de microchipagem de Barretos-SP:



MUTIRÃO MICROCHIP EM BARRETOS (TV BARRETOS)



Publicado em 9 de nov de 2015


Fonte: TVB - TV Barretos no Youtube - Canal da TVBARRETOS TVB

https://youtu.be/EfLAKvaieA8







Clínicas veterinárias aderem a Campanha de Microchipagem de Barretos

04/11/2015

Lançada no mês de outubro/15, a Campanha de Microchipagem de cães e gatos, a maior do País, uma iniciativa da Prefeitura de Barretos, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, conta com o apoio de 17 clínicas veterinárias de Barretos, além do Centro Veterinário e Castramóvel.

https://www.barretos.sp.gov.br/arquivosNoticiasInterna/0528f5e2b8252aa9377fba092bd52e14.jpgA microchipagem é gratuita e basta que os proprietários de cães e gatos se dirijam à clínica veterinária mais próxima de sua residência, ou então que procurem o Centro Veterinário da Secretaria Municipal de Saúde, localizado na Avenida Ibirapuera, 177.
No próximo sábado, 7 de novembro/15, a Secretaria de Saúde, através da Vigilância Sanitária, promove o Mutirão de Microchipagem, no CEMEPE Bairro Nova Barretos, das 8h as 13h.

Fonte: Portal da Prefeitura de Barretos-SP


www.barretos.sp.gov.br





Barretos conta com o maior programa de Microchipagem do Brasil

19/10/2015

Lançada na última sexta, 16 outubro/15, a Campanha de Microchipagem de cães e gatos, a maior do País, faz parte do Programa Amigo Bicho instituído pela Lei Municipal nº 5.000/2014. A Capacitação contou com a participação de cerca de 20 veterinários da cidade, proprietários de clínicas veterinária.

https://www.barretos.sp.gov.br/arquivosNoticiasInterna/33cde8f3c29aa40e78fa4e544a26a79b.jpgNa ocasião estavam presentes, o prefeito de Barretos, Guilherme Ávila; o secretário municipal de saúde, Alexander Stafy Franco; a diretora de Vigilância em Saúde, Suely Vieira; o coordenador da Vigilância Sanitária de Barretos, Marco Rocha; e o representante da Empresa Animal Tag, fornecedora dos 10.000 microchips, que serão utilizados na Campanha, Carlos Gustavo Camargo.

A partir desta terça feira, 20 de outubro, a microchipagem estará disponível gratuitamente. Basta que os proprietários de cães e gatos se dirijam à clínica veterinária mais próxima de sua residência, ou então que procurem o Centro Veterinário da Secretaria Municipal de Saúde, localizado na Avenida Ibirapuera, nº 177.
Os animais já agendados para a castração que neste mês acontece no bairro Derby Clube serão microchipados, depois serão realizados mutirões nas áreas por onde o Castramóvel já passou como os bairros: Nova Barretos, Santa Cecília e Zequinha Amêndola. Posteriormente, os demais bairros da cidade, até atingir o máximo de população animal microchipada em Barretos.

De acordo com o prefeito Guilherme Àvila, Barretos será referência na questão da proteção animal no país. O programa de proteção animal Amigo Bicho instituiu uma série de ações com o objetivo de promover o controle da população animal (cães e gatos), bem como assegurar a guarda responsável dos animais de pequeno, médio e grande porte.

“Precisamos continuar com o avanço do controle da população de animais de rua. Enviaremos para a Câmara Municipal nos próximos dias um projeto de lei que instituirá um desconto do IPTU de 5% durante cinco anos para quem adotar um animal doméstico através da ABA. Assim vamos estimular a população na questão da retirada de animais em situação de abandono e risco e também reduzir o risco da proliferação e transmissão de doenças para as pessoas, já que teremos animais tratados, vacinados e monitorados através de microchips” salientou o Prefeito.


Fonte: Portal da Prefeitura de Barretos-SP


www.barretos.sp.gov.br





Capacitação em Microchipagem acontece na próxima sexta feira, 16 de outubro/15

14/10/2015

Na próxima sexta feira, 16 de outubro, das 14h às 16h, na sede da Secretaria Municipal de Educação, localizada na Rua 04 n 510, Bairro São José ( Avenidas 31 x 33), acontece a Capacitação de Médicos Veterinários e Clínicas Veterinárias do município em microchipagem de animais, que faz parte do Programa Amigo Bicho, da Prefeitura de Barretos. 

https://www.barretos.sp.gov.br/arquivosNoticiasInterna/0e5a773a6422edc890c323865fbd2f47.jpgA reunião contará com a presença do prefeito Guilherme Ávila e do secretário municipal de Saúde, Alexander Stafy Franco. A ação tem como objetivo a apresentação do planejamento, capacitação dos profissionais veterinários com a distribuição de equipamentos.

O secretario Alexander Franco, ressalta que este sistema possibilitará que os veterinários do município tenham acesso aos dados dos animais garantindo assim seu bem - estar e cuidados básicos, fornecendo um histórico sobre tratamentos realizados, enfermidades adquiridas, proporcionando para esses profissionais informações necessárias para a prática da medicina veterinária preventiva.

MICROCHIPAGEM - Os animais domésticos do município serão cadastrados com dados sobre sua saúde, vacinas aplicadas, nome do responsável, tudo por meio de um microchip implantado.

O Microchip é um micro circuito eletrônico contendo um código único e inalterável, inserido em uma cápsula de biovidro cirúrgico e revestido de substâncias de propriedades antimigratórias, possibilitando a implantação em animais. O microchip não contém bateria e está inerte. Ao receber as ondas emitidas pelo leitor (scanner), retorna a informação na forma de um número. Esse número é composto por quinze algarismos o que impossibilita a duplicidade.


Fonte: Portal da Prefeitura de Barretos-SP
 
www.barretos.sp.gov.br




BLACK FRIDAY 2015 EM BARRETOS (TV BARRETOS)



Publicado em 29 de nov de 2015




BLACK FRIDAY 2015 EM BARRETOS (TV BARRETOS)

Fonte: Vídeo da TVB - TV Barretos no Youtube - Canal da

https://youtu.be/W2g1TILf4AE


Castigo, punição e consequência (ROSELY SAYÃO)


Castigo, punição, consequência. Essas palavras não saem da cabeça e do vocabulário de mães e de pais. Por que será que sempre pensamos nelas quando algumas de nossas atitudes não funcionam com nossos filhos, ou sempre que eles desobedecem às ordens dos pais, transgridem as regras familiares ou da casa, fazem coisas que não deveriam ou não fazem as que deveriam?
Talvez porque, sem reconhecer isso com clareza, consideremos que o sofrimento imposto a eles seja educativo, quer dizer, que ensine algo. Por isso, vamos refletir a esse respeito e, principalmente, mostrar as diferenças entre as três palavras.
O conceito de castigo e de punição são semelhantes: o objetivo dessas ações dos pais são, sempre, fazer com que o filho -independentemente da idade- sofra e associe esse sofrimento ao ato que o antecedeu, para não repeti-lo.
O maior problema do castigo é que quase sempre ele é aplicado aos filhos justamente nos momentos em que os pais estão bem alterados pelo que o filho fez. Em clima de intensas emoções, o castigo pode ser exagerado e nem sempre os pais conseguem reverter a situação, por receio de perder a autoridade.
Dou um exemplo: a filha de 13 anos de uma jovem mulher abusou do uso do celular e estourou a conta. A mãe, então, decidiu proibir a ida à festa que a garota esperava ansiosamente. A mãe arrependeu-se depois, mas aí já era tarde. E, no mês seguinte, a garota extrapolou a conta novamente, além de cometer outras transgressões por ter ficado revoltada com a decisão da mãe.
Um outro problema do castigo é que, em geral, ele não é previamente combinado com o filho, o que o deixa um tanto quanto perdido. Imagine, caro leitor, você entrar em um jogo sem saber ao certo as regras dele, tampouco as faltas e as penalidades correspondentes. Difícil, não é? Pois é isso o que ocorre com os mais novos: eles podem até saber, em teoria, o que devem ou não devem fazer, mas sem conhecer o contexto das transgressões vão cometê-las sem considerar as possíveis consequências e sem avaliar se vale ou não a pena cometê-las.
Castigo e punição funcionam de vez em quando, mas pouco ensinam porque quase nunca têm relação com o ato anteriormente praticado. Já a consequência tem um sentido diferente, justamente porque mostra uma ligação estreita entre o ato e o que vem após ele. E isso, muitas vezes, é natural, ou seja, a própria vida se encarrega de aplicar.
Vou voltar ao esporte: quando um jogador comete uma falta que prejudica o adversário, a penalidade em geral oferece uma vantagem ao último, o que acaba por prejudicar também o time do jogador que cometeu a falta. Mas, de vez em quando, o jogador avalia o risco e comete a falta mesmo sabendo da consequência, por considerar que vale a pena pagar a penalidade.
A mesma coisa acontece com os filhos: se há jogo, é de se esperar a transgressão, mesmo tendo sido tudo previamente combinado.
A vida sempre ensina que, a cada escolha que fazemos, temos consequências: algumas delas são benéficas, outras prejudiciais e outras neutras. Os filhos precisam entender isso, e os pais, que os mais novos nem sempre fazem as melhores escolhas, porque há motivos e impossibilidades que os levam a fazer as escolhas possíveis ou desejadas naquele contexto, mesmo que elas tragam consequências ruins.
Educar é ensinar aos mais novos como a vida é, e não mostrar como vivê-la. É isso que os pais devem considerar ao aplicar um castigo, uma consequência ou, simplesmente, mostrar ao filho o que a escolha feita acarretou na vida dele.


Castigo, punição e consequência  (ROSELY SAYÃO)


ROSELY SAYÃO é psicóloga e autora de "Como Educar Meu Filho?" (Publifolha)


Matéria publicada na Folha de São Paulo, 19 de Maio de 2015.

Valores democráticos (ROSELY SAYÃO)

Os filhos da família Silva estudam em uma escola particular renomada de uma capital brasileira. Mensalidade caríssima! O mais novo frequenta o último ano da educação infantil e o mais velho já está no final dos anos iniciais do ensino fundamental.
A escola, como muitas outras, tem em seu projeto educativo o ensino do tema da sustentabilidade.

Em cada ano letivo, toda a escola se envolve em um tema comum, cada turma desenvolve um projeto adequado à série e, conduzidos pelos professores, os alunos aprendem muito com esse tipo de trabalho, além, é claro, de aos poucos ganharem mais consciência cidadã.
Neste ano, o tema foi a crise hídrica que nos afeta. As famílias dos alunos dão total apoio aos trabalhos, participam e alguns projetos se transformam em verdadeiras campanhas dirigidas à comunidade escolar.
Uma mãe, entretanto, ficou cismada com o comportamento do filho mais velho no decorrer do projeto do qual ele participou. O garoto, que tem 10 anos, passou a cronometrar o tempo que os pais gastam no banho. Passados cinco minutos, bate na porta e diz que é preciso desligar imediatamente o chuveiro. Depois, marca em uma tabela o tempo gasto no banho por todos da família e leva a informação para a escola.
A mãe, professora universitária, ficou preocupada porque, conhecedora de história universal, associou esse comportamento a práticas que já existiram em sistemas totalitários. Neles, as crianças eram doutrinadas pelas escolas a denunciar os pais, caso eles transgredissem os princípios adotados pelo governo. Lembra-se disso, caro leitor?
Os filhos da família Duarte frequentam uma escola pública, também de uma capital brasileira, que participa de eventos literários que a cidade promove, como "Encontro com o autor", por exemplo. Dia desses, uma gestora da escola procurou na internet uma obra de uma escritora e poeta para distribuir aos alunos que iriam ao encontro dela.
No encontro, a escritora deu-se conta, pela participação dos alunos, que eles haviam lido um poema destinado a adultos e que continha algumas palavras fortes (palavrões, para ser mais exata). Ela alertou-os a esse respeito, mas não deu importância ao fato. Os pais deram. Ficaram muito bravos, e levaram o caso para as redes sociais. A imprensa fez reportagens, criticando tanto a autora do texto quanto a gestora da escola, que teve seu emprego público ameaçado.
A escola errou? Errou, mas não foi um erro descomunal, tampouco insuperável, considerando o acesso que as crianças têm hoje ao mundo adulto. Um amigo, que mora nessa cidade e é professor de literatura, também ficou cismado e me escreveu a esse respeito.
Muitos pais têm censurado leituras que a escola indica aos alunos, pelos mais variados motivos. E a escola tem acatado os pais, na maior parte dos casos. O grande equívoco é o de aceitar esse tipo de intervenção de pais na atuação profissional da escola. Uma boa saída para resolver esse tipo de situação é o diálogo, com todas as partes envolvidas. Alunos inclusive, e principalmente.
Os nomes das famílias são fictícios, mas as histórias são reais. Os acontecimentos são díspares, mas com algo em comum: a transgressão, mesmo sem intenção, de princípios democráticos valiosos como o respeito à privacidade e o ensino do conhecimento com liberdade para aprender com os erros, por exemplo.
Precisamos ensinar na escola os valores democráticos. Não é difícil transmitir às crianças os cuidados que devemos ter para a manutenção da democracia. O futuro irá reconhecer nosso empenho nesse sentido.


Valores democráticos (ROSELY SAYÃO)

ROSELY SAYÃO é psicóloga e autora de "Como Educar Meu Filho?" (Publifolha)

Matéria publicada na Folha de São Paulo, 12 de Maio de 2015.

Publicado também na UDEMO





Lições da educação infantil (ROSELY SAYÃO)



De uns 15 anos para cá, passamos a ter boas escolas de educação infantil. Antes disso, já tínhamos algumas, aqui e acolá, que respeitavam a primeira infância, ouviam as crianças, reconheciam sua potência de aprendizagem no ato de brincar e não as separavam por idade ou data de fabricação, como diz Ken Robinson, britânico estudioso da educação e inovação.

Esse número passou a se multiplicar devido a influências teórico-metodológicas e de experiências em escolas pelo mundo. Por isso, hoje, já é possível encontrar uma escola para crianças com menos de seis anos em que o currículo não seja apenas um elenco de conteúdos, em que o ato de brincar seja a principal atividade para a criança, em que não haja uma profusão de brinquedos prontos e em que haja professores com formação contínua e em serviço.
Está certo que, em relação ao número de creches e de escolas de educação infantil que temos no país, essas ainda são minoria, mas já é uma boa notícia saber que elas existem.

Nessas escolas, as crianças aprendem a se concentrar porque a brincadeira exige isso e porque elas participam ativamente da escolha da brincadeira, seja em grupo, seja pessoalmente. Aprendem também a fazer perguntas e a pesquisar para buscar respostas, a exercitar sua criatividade, a colocar a mão na massa em tudo. Atenção: na massa e não, necessariamente, na massinha.

Os alunos aprendem, também, a conviver: os professores aproveitam todas as ocasiões para dar oportunidades de a criança aprender a ver e a considerar o seu par, a esperar a sua vez, a simbolizar em palavras o que sente e pensa, a viver em grupo e a ser solidária.

É uma pena que as escolas de ensino fundamental e médio não tenham humildade para olhar com atenção para as de educação infantil e aprender com elas. Há uma hierarquia escolar espantosa, caro leitor: as escolas de graduação pensam que praticam um ensino "superior"; as de ensino médio se consideram mais especializadas no conhecimento sistematizado do que a escola de ensino fundamental; e todas pensam que a de educação infantil não exige conhecimento científico.

Para você ter uma ideia de como isso se materializa, dou um exemplo: uma professora que trabalhava na educação infantil da rede pública que é comprometida, estudiosa e pesquisadora, ouviu, na avaliação final do ano passado, de sua diretora: "É um desperdício você ficar na educação infantil". Foi transferida para o ensino fundamental.

As escolas de ensino fundamental e médio precisam se inspirar nas de educação infantil e não deixar o aluno ser totalmente passivo em sua aprendizagem: ele precisa, para se motivar, fazer algumas escolhas.

O aluno que participou, de alguma maneira, da escolha do que deve estudar e aprender e do modo de fazer isso não se distrai com tanta facilidade. E é bom lembrar que uma das maiores queixas em relação aos alunos é exatamente a falta de atenção, de foco e de concentração.

Precisam também reconhecer que aprende mais quem pratica o que deve aprender. Como eu já disse: mão na massa! Ninguém merece ficar horas em aulas expositivas ou arremedos de trabalho em grupo.

O que as famílias têm a ver com isso? Tudo! Quando a sociedade questionar verdadeiramente a organização escolar atual, certamente teremos mudanças. Mas, até agora, vemos mais conformismo e adesão do que questionamentos, não é verdade? 

Lições da educação infantil (ROSELY SAYÃO)

Rosely Sayão - Foto na Folhinha de SP no UOL



ROSELY SAYÃO é psicóloga e autora de "Como Educar Meu Filho?" (Publifolha)








Lava Jato: Polícia brasileira prende Delcídio do Amaral e André Esteves (EuroNews-PT)


Publicado em 25 de nov de 2015
O líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral, foi detido preventivamente por ordem do Supremo Tribunal Federal brasileiro.

Amaral é acusado de tentar obstruir as investigações da Operação Lava Jato que investiga o mega caso de corrupção que envolve a Petrobras.

O Senado brasileiro manteve, por 59 votos a favor, 13 contra e uma abstenção, a prisão do senador Delcídio do Amaral. A Constituição Federal de 1988 prevê que o Senado se posicione sobre prisões de parlamentares detidos em flagrante…

LEIA MAIS: http://pt.euronews.com/2015/11/26/lav...

euronews: o canal de notícias mais visto na Europa
Subscreva! http://www.youtube.com/subscription_c...

euronews está disponível em 13 línguas: https://www.youtube.com/user/euronews...
Em português:
Site: http://pt.euronews.com
Facebook: https://www.facebook.com/euronews
Twitter: http://twitter.com/euronewspt



euronews (em português)

Fonte: Vídeo da Euro News Portugal no Youtube - Canal da euronews (em português)

https://youtu.be/fPtpD2hWuag

domingo, 29 de novembro de 2015

Jogos Vorazes chega ao fim com maestria (TV Diário de S. Paulo)


Publicado em 19 de nov de 2015
Em "Jogos Vorazes: A Esperança - O Final", Katniss é enviada ao distrito 2 para convencer os moradores a iniciarem uma guerra contra a Capital
Diário de S. Paulo

Fonte: Vídeo da Tv Diário de S. Paulo no Youtube - Canal do Diário de S. Paulo
 





Trilha sonora completa do filme: VICTOR FRANKENSTEIN (32 músicas) - Victor Frankenstein | Craig Armstrong (Full-Length OST)



Publicado em 20 de nov de 2015
 
Retro Disco and a happy day to you all!

What's up everybody? Jax Denic with another soundtrack for you all!
This time it's the retelling of Mary Shelley's VICTOR FRANKENSTEIN!
All credit, of course goes to Craig Armstrong for his brilliance!

I'm just the uploader, I don't own this!
Unless you count me buying it on Amazon. (Not sponsored either)

I really wanted to see this movie.
Daniel Radcliffe and James McAvoy are my two of many of my favorite actors.

If you've watched it....tell me your thoughts.
What'd you think of it? What'd you think of Radcliffe with hair longer than normal?

Hope you enjoy and Retro Disco!


Follow me on twitter: http://www.twitter.com/jaxdenic

Tracklist:

0:00 The Circus

2:35 Victor Arrives

3:20 Igor's Books

4:35 Escape

6:58 Never Been Out

7:50 The Hospital

11:06 Victor And Igor

13:19 Igor Transformed

14:40 Turpin Inspects

15:28 Lion's Foot

16:30 Dark Red Theme 3

18:18 Eyes Revealed

20:02 Getting To Work

20:59 Dark Red Theme 2

24:35 Body Parts

26:15 Lorelei

27:55 Card Trick

29:02 Gordon

32:21 Gordon Escapes

35:15 Igor And Lorelei

36:21 Victor's Father

39:30 A New Design

40:19 Basement Raid

44:17 Victor's Story

47:16 Prometheus Ascending

53:10 Turpin's Theme

55:22 Igor's Theme

57:11 Finale (Victor Frankenstein)

1:01:15 Dark Red Theme 1

1:02:32 Clown

1:03:24 Reunited

1:07:14 Fairground




Fonte: Vídeo no Youtube - Canal do Jax Denic  

https://youtu.be/u3UScVNw2Oc




Estreias dos filmes da semana (27/11/2015) - Veja os trailers e as sinopses dos lançamentos nos cinemas do Brasil (Opiniao e Notícia)


1 – Três Lembranças da Minha Juventude Drama. França, 2014. Direção: Arnaud Desplechin. Elenco: Quentin Dolmaire, Lou Roy Lecollinet, Mathieu Amalric. Duração: 2h Classificação: 18 anos.
Paul Dédalus (Mathieu Amalric) é questionado pela atual namorada sobre seu passado, e começar a lembrar dos três fatos que determinaram sua vida: 1. A infância, que deixou traumas por causa da péssima relação com a mãe, 2. A experiência na Rússia, quando o jovem militante aceitou ceder seu passaporte europeu para ajudar uma família local, 3. A paixão por Esther (Lou Roy Lecollinet), garota liberal e misteriosa que atravessa sua vida em diversos momentos, ora seduzindo-o, ora recusando a sua presença.






2 – Iván Documentário. Brasil, 2015. Direção: Guto Pasko. Elenco: Iván Bojko. Duração: 1:49h
O retrato de Iván Bojko, um ucraniano sobrevivente da Segunda Guerra Mundial. Em 1942, Bojko foi retirado à força de seu país pelos nazistas para que realizasse trabalhos forçados na Alemanha. Em 1948, ele conseguiu fugir para o Brasil. Desde então, não pôde mais encontrar seus familiares. Sessenta e oito anos depois, Iván retorna à sua pátria.










3 – Chico – Artista Brasileiro Documentário. Brasil, 2013. Direção: Miguel Faria Jr. Elenco: Chico Buarque de Hollanda, Maria Bethânia, Ney Matogrosso. Classificação: 10 anos.
O longa-metragem traz uma apresentação de Chico Buarque, organizada exclusivamente para a produção, mesclada com depoimentos dele e de outros nomes da música brasileira, além de encenações com personagens das canções mais famosas do artista. A direção é de Miguel Faria Jr., que também comandou um filme sobre o compositor Vinícius de Moraes.







4 – American Ultra: Armados e Alucinados Ação, Comédia. EUA, Suíça, 2015. Direção: Nima Nourizadeh. Elenco: Jesse Eisenberg, Kristen Stewart, Topher Grace. Duração: 1:36h Classificação: 16 anos.
O maconheiro Mike (Jesse Eisenberg) e sua namorada deprimida Phoebe (Kristen Stewart) tornam-se alvos de uma missão secreta do governo norte-americano.







5 – Victor Frankenstein Fantasia, Aventura, Terror. EUA, 2015. Direção: Paul McGuigan. Elenco: James McAvoy, Daniel Radcliffe, Jessica Brown Findlay. Duração: 1:50h Classificação: 12 anos.
Ao visitar um circo, o cientista Victor Frankenstein (James McAvoy) encontra um jovem corcunda (Daniel Radcliffe) que lá trabalha como palhaço. Após a bela Lorelei (Jessica Brown Findlay) cair do trapézio, o corcunda sem nome consegue salvar sua vida graças aos conhecimentos de anatomia humana que possui. Impressionado com o feito, Victor o resgata do circo e o leva para sua própria casa. Lá lhe dá um nome, Igor, e também uma vida que jamais sonhou, de forma que possa ajudá-lo no grande objetivo de sua vida: criar vida após a morte.






6 – A Visita Terror. EUA, 2015. Direção: M. Night Shyamalan. Elenco: livia DeJonge, Ed Oxenbould, Deanna Dunagan. Duração: 1:34h Classificação: 14 anos.
Um garoto (Ed Oxenbould) e sua irmã (Olivia DeJonge) são mandados pela mãe (Kathryn Hahn) para visitar seus avós que moram em uma remota fazenda. Não demora muito até que os irmãos descubram que os idosos estão envolvidos com coisas profundamente pertubadoras que colocam a vida dos netos em perigo.







7 – Ídolo Documentário. Brasil, 2014. Direção: Ricardo Calvet. Elenco: Nilton Santos. Duração: 1:30h Classificação: 12 anos.
Nilton Santos é um ídolo para qualquer botafoguense. Fiel ao seu time e com o apelido de “Enciclopédia”, tamanho conhecimento futebolístico que possuía, era considerado, por muitos, o melhor lateral esquerdo de todos os tempos. Até hoje, Nilton é lembrado dentro e fora dos gramados.






8 – Para o Outro Lado Romance, Drama. França, Japão, 2015. Direção: Kiyoshi Kurosawa. Elenco: Eri Fukatsu, Tadanobu Asano, Yû Aoi. Duração: 2:07h
Depois de três anos separados, Yusuke (Tadanobu Asano) volta, de repente, para a sua esposa Mizuki (Eri Fukatsu) e a convida para conhecer as pessoas com quem ele conviveu durante estes anos. Ao mesmo tempo em que Mizuki interage com os novos amigos, ela questiona a visão que tem do marido e a mudança que sofreu enquanto ele estava ausente.







9 – Ausência Drama. Brasil, Chile, França, 2014. Direção: Chico Teixeira. Elenco: Mtheus Fagundes, Irandhir Santos, Francisca Gavilán. Duração: 1:27h Classificação: 12 anos.
Serginho (Matheus Fagundes) é um menino de 14 anos muito mais maduro que os outros jovens de sua idade. Ele cuida de seu irmão mais novo, Wiliam, e de sua mãe ausente e alcoólatra, Luzia. Trabalhando em uma barraca de feira com seu tio Lazinho, ele só se diverte ao lado de Mudinho, um amigo com quem divide sua intimidade. O único adulto com quem Serginho tem um relacionamento de afeto é o professor Ney, que o ajuda com o dever de casa durante à noite. A confusão entre o despertar de sua sexualidade e a busca de uma figura paterna faz Serginho perceber que ele está sozinho no mundo.






Fonte: Opinião e Notícia



VITÓRIA DOS CREDORES DE PRECATÓRIOS ALIMENTARES NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL: JUROS MORATÓRIOS E ATUALIZAÇÃO ENTRE A DATA DO CÁLCULO E O DEPÓSITO (UDEMO)

Em recente julgamento no dia 29/10/2015 no Plenário do Supremo Tribunal Federal, por 6 votos a 0 "goleada constitucional", (o Ministro Dias Toffoli pediu vista apenas para retardar o julgamento), mas não vai alterar o resultado final, pois já foi obtida a maioria de votos, ficando decidido como Repercussão Geral para todas as entidades devedoras do Brasil, é que são devidos os juros moratórios, entre a data da conta e o depósito a ser efetuado.

As entidades devedores, especialmente o Estado do Rio Grande do Sul e União, queriam suprimir o período entre a data do cálculo e a expedição do precatório, o que evidentemente não é possível, pois dependendo do tempo decorrido entre essas duas fases diminui o crédito de 25 a 30%.

Fiz sustentação oral e defendi com ênfase a impossibilidade de qualquer supressão de crédito no precatório para que ele seja pago integralmente.

Cobrei do Ministro Teori Zavascki o mesmo posicionamento de outro julgamento também de Repercussão Geral, o ARE 638.195 em que sustentei oralmente e fomos vencedores, pois a questão era a mesma, mas tratava-se de requisição de pequeno valor. 

Lembrei ao Ministro Teori que por três vezes ele afirmou que não existe nenhuma interpretação ou período vago ou qualquer período na Constituição Federal, devendo ser cumprida nos termos do artigo 100 § 12º redação na Emenda Constitucional nº 62/2009, ADI 4357, ou seja, os juros e atualização monetária da data da expedição (significa data do cálculo final da conta) até a data do depósito.

Ao Ministro Luiz Fux reafirmei que ele é conhecedor de que a atualização é automática, eletrônica e administrativa e todos os Estados já praticam, apenas o Estado do Rio Grande do Sul (recorrente)  e algum outro ente devedor que procura pagar menos,  procedendo erroneamente, bem como, alertei a Ministra Rosa Weber  sobre o            que se praticava na Justiça do Trabalho, sua origem.
Fiz questão de explicar o sistema precatório nas suas diversas fases, que corresponde desde a elaboração da conta de liquidação até a determinada data atualizada no mês de atualização, seguindo-se as fases processuais, como: citação, embargos e outras, até a expedição do oficio requisitório, que retrata a data final da conta e o valor total, posteriormente a inclusão orçamentária, o depósito e levantamento, para que não restasse dúvida de que os juros moratórios e atualização monetária são devidos em continuação para compor a integralidade do crédito.

Destaquei ainda que deve ser cancelada a Súmula 17, a do (período da graça - 9% de juros) período de 01/07 de um determinado exercício até 31/12 do exercício seguinte, que não tem mais razão de existir com o texto do artigo 100, § 12º, redação atual da Constituição.

Comparei simbolicamente com um jardim repleto de rosas, em que um dia alguém subtraiu algumas rosas, acreditando que não faria falta e não seria percebido, nos dias seguintes sucessivamente foram sendo subtraídas outras rosas, a ponto de restar somente os espinhos, que nada mais é a situação dos credores de precatórios alimentares quando se suprime varias partes do credito, o que não pode se admitir, sob pena de total desmoralização do sistema de precatórios.

Finalmente cobrei o Ministro Relator Marco Aurélio, que em julgamento anterior disse que “os brasileiros têm que amar mais a Constituição Federal”, enfatizei que os credores de precatórios alimentares amam e acreditam Nela,  no Estado Democrático de Direito e Segurança Jurídica, mas é necessário que os Senhores Ministros do Supremo Tribunal Federal, como guardiães da Constituição devem fazer com que ela seja cumprida pelos devedores de precatórios, sob pena de punição.


Felizmente, fez-se Justiça nesse julgamento, pois ela  foi cumprida!

Veja o vídeo da sustentação oral na íntegra.



Publicado em 4 de nov de 2015

Sustentação oral realizada no Pleno do Supremo Tribunal Federal durante Sessão Plenária do dia 29/10/2015 em nome da CNSP (Confederação Nacional dos Servidores Públicos) e ANSJ (Associação Nacional dos Servidores do Poder Judiciário), defendendo a incidência de juros moratórios em precatórios alimentares.

Matéria publicada no Site ACORDAREAÇÃO, 5 de Novembro de 2015.




VITÓRIA DOS CREDORES DE PRECATÓRIOS ALIMENTARES NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL: JUROS MORATÓRIOS E ATUALIZAÇÃO ENTRE A DATA DO CÁLCULO E O DEPÓSITO (UDEMO)

 
Fonte: UDEMO







BÔNUS SARESP 2016 (UDEMO)

Bônus Saresp 2016 (UDEMO)
 
A SE informa que com relação às escolas onde as provas do Saresp não puderam ser aplicadas (invasão, ocupação etc) o pagamento do bônus por resultado está sendo estudado do ponto de vista legal e será comunicado posteriormente.

Bônus Saresp 2016 (UDEMO)







Fonte: UDEMO


-----------------------------------------------------------


Alckmin cancela bônus para os professores (Agora SP)


Alckmin cancela bônus para os professores (Agora SP)


Estado cancela bônus para os professores

Governo não pagará a bonificação neste ano, mas promete dar reajuste para todos os servidores.

A gestão Alckmin (PSDB) suspendeu o pagamento do Bônus da Educação para os profissionais do magistério.

A grana é paga aos servidores das escolas estaduais que melhoram o seu desempenho  no Idesp entre um ano e outro.

O Estado promete enviar à Assembleia Legislativa um projeto de lei que dá reajuste a todos os profissionais da pasta. Em nota, a Secretaria de Estado da Educação diz que o percentual de aumento não está definido.

Os profissionais estão sem reajuste desde 2015.

A nota diz ainda que o Estado irá "encaminhar à Assembleia Legislativa projeto de lei para reajuste do salário-base de cerca de 300 mil professores e demais servidores de escolas estaduais".

Os cerca de 100 mil aposentados da pasta também teriam o mesmo índice.

A Apeoesp (Sindicato dos professores do Estado) e o CPP (Centro do Professorado Paulista) são contra a decisão. Para o CPP, não se pode retroceder em conquistas, apenas se deve avançar.

Segundo os representantes dos trabalhadores, o reajuste seria de 2,5%, conforme apresentação feita ontem aos sindicatos. Em nota, a Apeoesp diz que recusou o percentual. "Este percentual está muito distante do necessário para a valorização de uma categoria tão importante como são os professores, sobretudo os professores estaduais paulistas, que estão há dois anos sem reajuste salarial, com grandes perdas acumuladas.

O CPP diz ainda que a prova de Valorização pelo Mérito, que dá reajuste aos professores aprovados, também deverá ser cancelada. O Estado não confirma.

(Criastiane Gercina e LSA)



ENTENDA COMO FUNCIONA

- O Bônus da Educação foi instituído pelo governo do Estado em 2008.


Quem teria direito

- Recebem a bonificação os servidores das escolas que melhoraram seu desempenho no Idesp entre um ano e outro.

- O Idesp é o índice que mede a qualidade do ensino no Estado.

- A grana começou a ser paga aos profissionais do magistério em 2009.

 
Como seria o pagamento
Além da nota no Idesp, o pagamento leva em conta a meta estabelecida para a escola e o número de faltas do profissional.

Se a escola atinge a meta em:
100% Os profissionais recebem 2,4 salários
50% Os funcionários recebem 1,2 salário
Ultrapassou em 20% Os servidores recebem 2,9 salários


Fonte: Lei. 1.078/2008, Secretaria de Estado da Educação e reportagem


Cristiane Gercina e Leda Antunes do Agora
Seção: Trabalho - 29/03/2016



Tags: Bônus, Bônus Mérito, Meritocracia, Apeoesp, Afuse, CPP, Udemo, Diretoria de Ensino, Secretaria da Educação do estado de São Paulo, Alckmin, Política, Sindicato, Sindicalismo, Bônus 2016, Bônus da educação 2016, Bônus mérito 2016, IDESP, Legislação, Lei, Lei. 1.078/2008, Agora, Agora SP, Trabalho, Economia, Professor, Teacher, Gratificação, aumento salarial,m reajuste salarial, reajuste salarial dos servidores estaduais de São Paulo, Inflação, Governo não pagará bônus, Gerldo Alckmin, PSDB, reajuste de 2,5%, reajuste salarial dos servidores estaduais de SP 2,5%, Projeto de Lei de aumento salarial, aposentados, blog celso branicio, branicio.


POSTAGEM DE DESTAQUE

UnBHoje - 6 a 12 de novembro de 2020 (Universidade de Brasília)

  06 A 12 DE NOVEMBRO 2020 ANO 35 Nº 6212 ...